✓ Resenha: O Selvagem - Kristen Ashley

quarta-feira, 18 de outubro de 2017





Romance, aventura e uma boa dose de erotismo são os ingredientes que dão liga a O selvagem, segundo da série O Homem dos Meus Sonhos. Depois de O estranho, a norte-americana Kristen Ashley conta agora a história de Brock Lucas, um típico brutamontes que não mede esforços para conseguir o que quer, e Tessa O’Hara, uma mulher doce que esconde um grande segredo. Quando ele a convida para uma cerveja, Tess não imagina que Brock é um agente que se aproximou dela para investigar os crimes de seu ex-marido. Ao descobrir a verdade, ela tenta se convencer de que Brock não é o homem dos seus sonhos e tem certeza de que precisa pôr fim a este relacionamento. Mas ele não está disposto a deixá-la ir. Pelo contrário, Tess tornou-se um vício incontrolável para Brock. E o agente selvagem está mais disposto do que nunca a finalizar seu trabalho. E a conquistá-la de vez.

Título: O Selvagem (Skoob)
Autor: Kristen Ashley
Série: O Homem dos Meus Sonhos #2
Gênero: Romance Erótico
Editora: Fábrica231
Páginas: 462
Onde comprar: Amazon / Submarino
Classificação: 5,3 (Regular)
Livro cedido em parceria com a editora.




Olá, faz um tempão que eu não posto nada por aqui e hoje eu vim trazer para vocês uma resenha negativa 😡

É gente, eu li essa semana o livro O Selvagem da autora Kristen Ashley e infelizmente não gostei nem um pouco do que encontrei na leitura, eu vou explicar direitinho, mas primeiro deixa eu resumir um pouco do livro.

Tess O’Hara é a ex-mulher de Damian Heller, uma mulher na chamada meia-idade e que se descreve como pouco interessante, mas que mesmo surpresa, entrega-se a paixão quando o estonteante Jake Knox demonstra interesse por ela e eles passam a se relacionar, mesmo que ele demonstre ser dono de um temperamento um tanto quanto grosseiro (na verdade ele é estupidamente machista, mesmo), até que ela descobre que o seu novo namorado, não era quem ela pensava.

Jake Knox é na verdade Brock Lucas um agente infiltrado do FBI que se aproximou de Tess para investiga-la, uma vez que o seu nome apareceu nas contas do ex-marido em paraísos fiscais. Após descobrir que foi enganada pelo suposto namorado, Tess decide dar outro rumo em sua vida e está se saindo bem, até que Brock decide voltar e se tornar o “salvador” da mocinha indefesa.

Agora explico o porquê de eu não ter curtido a leitura.
Um dos primeiros fatos que me incomodaram na história foi a autora ter naturalizado o fato do cara ter mantido relações com a protagonista, se passando por outra pessoa e depois voltar como se nada demais tivesse acontecido, como se o que ele fez não fosse errado.

Aí de cara você simpatiza com a protagonista porque vê nela uma mulher fora dos padrões que foi abusada tentando mudar de vida, tomar as rédeas da sua existência. Porém no primeiro momento decisivo o cara não faz nada que demonstre arrependimento, muito pelo contrário, é extremamente tosco e abusivo, e a mulher vai lá e cede. Paralelamente temos um mocinho que não cativa, o cara só tem beleza e nada mais. O temperamento dele é de um homem que eu desejo o mais distante possível de mim. Violento, superprotetor, sem que a sua proteção seja necessária, ou tenha sido solicitada, que não sabe ouvir não como resposta e que faz várias observações machistas ao longo da narrativa.

Como se tudo isso que eu citei, não fosse suficiente, a autora vai lá e ainda nos coloca o ex-marido da Tess pra piorar a trama, e uma ex-namorada do Brock Lucas, um pior que o outro, ou seja definitivamente esse livro tem uma trama pra fazer a gente passar raiva, e eu sou do tipo de leitora que se é pra ler um livro perturbador, prefiro que esse acrescente em algo na minha vida, coisa que O Selvagem definitivamente não fez. 

Eu sempre busco absorver algo de bom das minhas leituras, por mais desagradáveis que elas sejam, mas esse livro infelizmente não me permitiu absorver nada. Enfim, dessa vez eu não recomendo a leitura, mas se você ainda ficou curioso, lhe desejo que a sua experiência seja mais agradável que a minha.

A Andréa leu o primeiro volume dessa série, O Estranho (confira aqui), ela gostou bem mais que eu, mas como não li o primeiro não consigo fazer um comparativo ou dizer se esse segundo apelou mais para o machismo que o anterior.

PS: Os livros possuem tramas independentes e podem ser lidos fora de ordem.

Beijos







Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

20 comentários:

  1. Oi Kris, Kristen Ashley comigo é aquela autora que amo alguns livros e que não consigo ler mais que poucas páginas de outros rsrs, esse parece se encaixar na segunda opção o que é uma pena pois eu curti muito o primeiro livro, achei engraçado e a protagonista apesar de ser "o último biscoito do pacote (todos os homens se interessaram por ela haha)" conseguiu me ganhar e assim tava querendo muito ler esse segundo livro, mas esse protagonista machista e essa mocinha sem força me desanimam :/ Gostei da sinceridade da resenha, como eu gostei do primeiro pode ser que ainda me arrisque com esse, mas isso vai demorar um pouquinho ;)

    ResponderExcluir
  2. Ainda não conhecia o livro, que pena que não curtiu a leitura!
    Amei conhecer seu blog, tudo lindo por aqui :D

    https://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Vi umas coisas legais sobre o livro, mas não acho que iria ler de qualquer forma. Não me chama muita atenção esse estilo e não fui lá muito com a cara da história. E ahh não tenho paciência pra homem machista e que se acha o tal, que trata mulher de qualquer forma. Se na vida real não tenho saco pra isso não vai ser com livro que vou ter né...
    Pode ser bom pra alguns, mas já não me chamou atenção e ver falando isso aí desanimou foi mais =/

    ResponderExcluir
  4. Menina não é meu tipo de leitura. Só se for pra tocar fogo porque sou muita chata lendo esse tipo de livro.
    Como você disse só leio se for pra acrescentar em algo.
    Obrigada pela sinceridade.

    ResponderExcluir
  5. Olhando essa resenha Tenho uma leve impressão de ja ter lido um livro assim( alguma fanfic)talvez.
    Nunca ouvir falar dessa autora. E tão ruim quando o livro não nos agrada. Ainda mais quando eu vou cheia de expectativas e me decepciono.

    ResponderExcluir
  6. Kris!
    Entendi perfeitamente todos os argumentos que usou para explicar do porque o livro não ter sido uma boa leitura e concordo com eles, afinal tanto abuso e ela ainda se entregar e depois, 'ressussitar' o ex dele e o dela para interferirem na história, é demais mesmo.
    “É melhor saber coisas inúteis do que não saber nada.” (Sêneca)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  7. Oi Kris,
    A sinopse e a capa me fez imaginar um romance erótico do tipo que já estou acostumada a ler, mas sua resenha apontou partes muitos interessantes desta trama. A autora tinha em mãos um enredo que renderia uma história de crescimento e superação, mas a forma como tudo foi abordado só fez com que o livro ficasse superficial e cheio de problemas. Confesso que não conhecia o livro, mas já ouvi falar muito bem de Kristen Ashley, então é uma pena que O Selvagem tenha deixado tanto a desejar.

    ResponderExcluir
  8. Uma pena você não ter gostado da história deste livro, mas lendo sobre os pontos negativos da história que não te agradaram, percebi que também não me agradariam na história, então não pretendo ler O Selvagem.

    ResponderExcluir
  9. Eu nunca li nada da autora, mas tenho bastante vontade de ler o primeiro livro, eu já ouvi falar que ele é bom mesmo. Mas é uma pena que esse segundo livro seja tão ruim assim. E eu acho que também não vou gostar dele! Deu pra perceber que esses protagonistas são bem fracos, e acho que vou me irritar muito com essas atitudes deles. E só isso já me faz desistir do livro. Mas ainda pretendo ler o primeiro livro dessa série =)
    Bjss ^^

    ResponderExcluir
  10. Oi Kris :)
    Nossa. Não esperava que fosse tão ruim assim. Não li nada da Kristin, mas não curti muito a história.
    Não curto personagens superprotetores, machistas e tals no livro. Isso detona a história. Me lembra um romance de banca em que o cara deveria ter sido preso por não aceitar a recusa da mulher.
    Não aguento mais ler sobre relacionamento abusivo, porque é algo que me irrita e me estressa muito.
    Não me animei pra ler agora. Sinto que não vou gostar, mas valeu pela indicação ;)
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Eu já vi bastante gente elogiar o primeiro livro, e tenho muito vontade de ler ele. Mas nunca tinha visto ninguém falando desse segundo livro, e ele realmente não parece ser muito bom não. Acho que não vou simpatizar muito com esses protagonistas, e parece que colocar esses ex na história foi bem desnecessário. Ainda quero ler o primeiro dessa série, mas vou ler só o primeiro mesmo.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oi Kris.
    Eu estou bem triste com o fato de que o livro foi uma decepção para você, eu confesso que gosto quando eles são super protetores, mas nesse livro isso não se encaixou bem, a coisa toda dos ex também não me conquistou e não acho que seja algo necessário a premissa, enfim não acho que leria.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  13. Não é o tipo de leitura que eu goste, então eu já passaria a leitura!
    AI lendo sua resenha junto, percebo que também não me acrescentaria em nada e me deixaria bem incomodada.
    è bem chato quando a leitura acaba sendo desagradável.

    beijos

    ResponderExcluir
  14. Oi Kris!
    Faz tempo que não leio resenhas suas, estava com sdds! Pena que vim com toda a expectativa nesse livro e me decepcionei!
    A história é bem clichê (não que eu não goste, pelo contrário, sou a favor dos clichês), mas bem que as autoras podiam pensar um pouco antes de montar esses personagens machistas! Não vou mentir, sou muito de romantizar as histórias para não passar raiva - como você passou - mas há coisas que realmente me incomodam, como essa "super proteção", mesmo sabendo que a mocinha não é tão indefesa assim!
    Eu ainda pretendo dar uma chance para a leitura para tirar as minhas conclusões, mas agora será com o pé atrás!
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Oi Kris,
    Ainda não li nenhum livro da Kristen Ashley, e apesar de ter certa curiosidade de conferir a escrita da autora, confesso que não sinto aquela animação em ler um livro logo.
    Já não curti muito a forma como a autora conduziu o relacionamento do livro O Estranho, mas convenhamos que dessa vez a autora se superou – e negativamente. Não consigo mais ler livros nesse estilo, com os mesmos personagens clichês de sempre, homens arrogantes e machistas. O desenvolvimento da trama não me agradou mesmo, é o tipo de história que não tem nada a acrescentar, pois não traz superação dos personagens e nem arrependimento por parte do protagonista. Com certeza não vou investir nesse livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Oi! Tudo bem?
    Olha não vou negar que adoro um romance erótico, mas esse não me fascinou.
    Tem tantas coisas que eu não gosto numa leitura neste livro, mas principalmente o modo que autora conduziu a historia e o modo que construiu os personagens.
    Bom ainda não li o primeiro livro, mas pra ser sincera não sei se eu leria um dia.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Oi, Kris!!
    Não conheço muito dessa autora e certamente nunca li nenhum dos livros dela, também não gostei dos pontos negativos do livro e sem dúvida não quero ler essa estória para não passar raiva.
    Bjos

    ResponderExcluir
  18. Confesso que este gênero é um tipo que não me agrada em nada, não é um tipo de livro que me prende, pelo aspecto hot mesmo. Nem a melhor das resenhas me estimula a ler, por gosto pessoal mesmo. Realmente a proposta deste livro não é nada animadora, uma pena ter sido uma leitura tão negativa para ti....

    ResponderExcluir
  19. Nunca me interessei pela leitura desta obra, só por um fator, imaginava que a obra fosse muito mais muito hot, só que vejo que ela aborda outros assuntos bastante polêmicos, mas que ao meu ver são bem reais. E fácil se deparar pela vida com mocinhos, e mocinhos como estes personagens, que são enganadas, tratadas mal, mas que acabam sedendo. Bom, eu também prefiro livros que me acrescentam algo, e este só nos transmite um sentimento de raiva, uma pena.

    ResponderExcluir
  20. Tem muito tempo que não leio um romance erótico. Não conhecia esse livro, mas curti bastante, a resenha ficou bem explicativa. Mais um livro para comprar.

    ResponderExcluir

Por Dentro


© Fundo Falso - 2016. Todos os direitos reservados | não responsivo, melhor visualizado no Google Chrome.
Design e programação por Andréa Bistafa | Ilustração original de Marciano Palácio | Tema base: Blogger | Versão 4.0 | Blog no ar desde 11.01.2011.