✓ Resenha: O Estranho - Kristen Ashley

terça-feira, 4 de julho de 2017





Sinopse: Primeiro da série bestseller O Homem dos Meus Sonhos, da norte-americana Kristen Ashley, que chega ao Brasil pela coleção erótica Violeta, "O Estranho" conta a história de Gwen Kidd, uma mulher bonita, atraente e determinada, que se entrega a um relacionamento peculiar com um perfeito sedutor que aparece todas as noites em sua cama, envolvendo-a num excitante jogo de sensações, e a deixa sem que ela perceba, antes do amanhecer, sem que ela saiba ao menos o seu nome. Mas quando Gwen precisa ajudar a irmã, que se envolveu com uma gangue da pesada, e as duas passam a correr perigo, o lado protetor de seu amante misterioso vem à tona. Será que aquele louco relacionamento pode se revelar algo bem mais complexo?


Título: O Estranho (Skoob)
Autor: Kristen Ashley
Série: O Homem dos Meus Sonhos #1
Gênero: Romance / Hot
Editora: Rocco (Fábrica 231)
Páginas: 576
Onde comprar: Amazon / Saraiva
Classificação: 8,6 (Ótimo)
Livro cedido em parceria com a editora. 




O Estranho começa com um toque diferente dos livos do gênero, esses romances de macho alfa e mocinha durona com um pouco de hot, logo que já de início temos a protagonista em um relacionamento com o mocinho, ainda que nada convencional, eles já tem um romance de um ano e meio. Isso foi diferente ao primeiro momento, já que na maior parte das vezes tem todo aquele desenrolar para o casal ficar junto.

Gwendolyn é uma protagonista madura, em seus trinta e poucos anos, que já viveu outros relacionamentos, inclusive passou por um divórcio. Gwen tem uma meia irmã que só causa problemas para a familia, incluindo coloca-la em várias enrascadas barra pesada, do tipo drogas e gente muito perigosa.
Bem resolvida, ela sempre tenta ajudar assim como pode a irmã, extravasa com as amigas e mantém um ótimo relacionamento com se pai, ex-militar, e sua madrasta que é uma personagem muito doce.
Eu gostei muito disso na trama, estamos acostumados a obras onde na maior parte das vezes estereotipa-se madrastas como más, meia irmãs com problemas de relacionamento, falta de afeto, e aqui a autora fez o oposto, criou um vinculo muito bonito entre as personagens.

Hawk é o casinho de Gwen. Casinho, já que ela não sabe classificar um relacionamento onde um estranho entra em seu quarto na calada da noite, para o melhor sexo de sua vida, há um ano e meio! O mistério é tanto que ela nem ao menos sabe o nome do sujeito. O conheceu em uma noite, o levou pra casa, foi incrível, ele voltou no dia seguinte, foi melhor ainda, então porque não lhe dar as chaves não é mesmo?

Esse relacionamento dos dois é meio inusitado, mas plausível. Eu gostei.

A protagonista é muito sarcástica e tem um humor ácido, o que deixa a narrativa divertidíssima no início. Mas tem um problema nisso. Ao longo das quase seiscentas páginas, o humor dela torna-se um tanto previsível. A trama é narrada na voz de Gwen, então antes das falar, ou depois, ela sempre tem seus pensamentos irônicos, engraçados ou sarcásticos, acontece que nós já adivinhamos o que ela está pensando, e ao longo da leitura fica um pouco massante e repetitivo. Então pra mim, o livro perdeu o ritmo da metade pra frente.

O desenrolar da trama acontece aos poucos enquanto Gwen vai descobrindo quem Hawk é na verdade e relacionando o amado a um imenso problema que sua meia irmã arranjou com os malzinhos e os federais.

"Aquele caftã arrasava, e era de longe a melhor opção de roupa de dormir quando sua asa estava, de repente, cheia de policiais másculos."

Tem ação na trama, tem tiroteio, explosão, tem de tudo! É naquela medida que estamos acostumados nos romances, não aprofunda na trama policial, e sim na romântica, então são pequenas passagens que contribuem para o relacionamento do casal, e consequentemente, as brigas.

To geral, eu gostei muito da escrita da autora, mas poderia sim ter enxugado metade das páginas. Gostei da trama no todo, mas não gostei da forma como o mocinho foi colocado. Ele é mandão, prepotente e tem uma auto estima lá nas alturas. Então o relacionamento deles é "eu mando, você obedece". Gwen começa forte e termina um pouco dominada, daquele tipo em que cede para não haver brigas sabe? Eu não gosto desse tipo de relacionamento, ainda que ele seja justificado por um passado de perdas e tristezas. Pra mim essa controle é abusivo e eu realmente não me apaixono por mocinhos assim.

Ao longo da trama são introduzidos outros personagens masculinos (e gostosões) onde Gwen sempre fica babando (achei ela tão eu rs), porque a gente ta comprometida mas não ta morta não é não? Rs. Acredito que esses personagens serão os protagonistas dos próximos volumes dessa série. Tem um policial, um motociclista, tem para vários gostos!

"Meus pés se moveram na direção dele sem demora, porque eu era uma mulher e quando um cara gostoso falava numa voz baixa, profunda e atraente para ir até ele, eu simplesmente ia."

A editora Rocco já publicou o segundo volume dessa série, que chama-se O Selvagem, farei a leitura em breve, e apesar dos contras, eu ainda quero muito analisar a série toda!









Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

23 comentários:

  1. Oi Andrea!
    Não tinha visto esse livro ainda, mas gostei da história dos personagens.
    Achei a Gwendolyn bem resolvida consiga mesma e beeem moderna rsrs já Hawk aprece ser mais um daqueles caras que a gente encontra por aí. Não sei se gostaria dele lendo o livro.
    Origada pela indicação!
    Abc

    ResponderExcluir
  2. Olá, o gênero raramente me chama a atenção por não ser inovador, mas a obra parece ser atípica e por isso me interessei. Quanto aos personagens, adoro os sarcásticos portanto vou adorar a protagonista. Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Andica!
    Gostei de duas coisas: primeiro que eles já tem um relacionamento há algum tempo e também porque não são adolescentes ou jovens adultos, são protagonistas mais maduros.
    Não gostei foi do nome: Gwendolyn. Parece nome de algum ser fantástico. Vai-te!
    Deve ser uma leitura interessante, ainda mais porque envolve família também.
    Desejo uma semana de luz e paz!
    “Não há saber mais ou saber menos: Há saberes diferentes.” (Paulo Freire)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  4. Oi Andrea, concordo contigo que a autora poderia ter enxugado um pouco a história, mas pelo menos comigo e acho que na época que li tava sem pressa e acabou que isso não atrapalhou e eu curti a história (não acontece sempre, já tive outras experiências com essa autora e umas amei, outras não). Gwen é divertida e muito atrapalhada e gente boa, também é o centro da história, todos os homens caiam de amores (essa parte achei meio exagerada haha). O que senti falta foi da perspectiva de Hawk, tô mal acostumada com narrativas duplas :) Gostei da resenha e achei esse livro bem legal ;)

    ResponderExcluir
  5. Que relacionamento denso, onde o mocinho só sabe mandar, e a personagem feminina obedece, isso de certa forma me incomodou, gosto de personagens decididas que sabem o que quer, outro ponto e que o romance não e ponto central da trama, mas sim as questões policiais, que inclusive tem bastante ação. Talvez no momento não e um livro que me interesse, mas futuramente pretendo dar uma chance a leitura.

    Participe do TOP COMENTARISTA de Julho, para participar e concorrer aos livros "O Casal que mora ao lado" e "Paris para um e outros contos".
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Gosto bastante dessas histórias de romances mais "comuns", afinal, livros nesse gênero são os mais comuns, admito que por mais que eu goste de livros assim, esse não me despertou curiosidade para ler, fiquei um pouco receosa quando vi que o livro tem seiscentas páginas, pela resenha parece não ter história para tudo isso, mas quem sabe algum dia eu leia, vou deixar na minha listinha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. eu não curto muito romances hot, e infelizmente o livro não me atraiu tanto, e o fato de você ter falado das quase 600 paginas me desanimou um pouco kkkkkk, acho que a leitura ia ficar um pouco cansativa pra mim já que não é um dos gêneros que mais gosto, e o fato de o cara se achar o maioral e querer mandar nela me deixou o ó kk então vou deixar passar !

    ResponderExcluir
  8. Que maluco esse negócio do cara estar na cama dela, sem ela entender muita coisa sobre isso haha.
    Fiquei meio assim, mas acho que a autora consegue explicar isso certinho né!?
    Parece ser uma leitura envolvente e fiquei bem curiosa pra conhecer o desfecho da história do casal.
    O romance parece estar bem completinho! Espero conferir em breve.
    Beijos
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  9. Oi Andréa,
    E que relacionamento inusitado esse! Haha
    Achei meio doido a forma como o relacionamento do casal foi construído, sei lá, não me convenceu. Gosto de personagens sarcásticos e com humor acido, isso geralmente deixa os diálogos mais divertidos, mas o fato da protagonista ser assim durante todo o livro é bem repetitivo, deixar a leitura massante mesmo.
    Confesso que já estou cansada de livros desse gênero, com os mesmos personagens clichês de sempre, homem arrogante e mandão e uma mocinha indefesa. O enredo do livro não me agradou muito, ainda mais com a questão de controle abusivo do mocinho. Não é um livro que investiria em ler no momento.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Andréa!

    Como vc bem sabe, não sou fã de livros do gênero, mas confesso que fiquei curiosa com o começo inusitado e esse relacionamento, praticamente, as escuras.

    A capa tbm está muito bonita... espero ter a oportunidade de lê-lo.

    Vou aguardar a sua resenha do segundo livro, espero que a protagonista melhore! rsrsrsrs

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  11. Bem interessante a história deste livro, achei interessante a autora ter criado um vínculo muito bonito entre as personagens, o relacionamento de um ano e meio dos personagens é bem inusitado, fiquei bem curiosa para conferir a história, então adicionei O Estranho em minha lista de leituras.

    ResponderExcluir
  12. Eu tenho bastante vontade de ler esse livro, mas esse livro nunca entra em promoção (mas ainda tenho esperanças de encontrar ele por um preço bem legal haha). Eu acho o enredo dele bem interessante, e achei a forma que começa essa relação deles super diferente. Mas como assim eles já estão nisso a um ano e meio e ela nem sabe o nome dele ainda?? hahahah
    Tenho bastante vontade de conhecer melhor essa história, e acho que também iria gostar bastante do livro :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Não curto muito esse gênero de leitura, então vou passar essa dica.
    Mas parece ser um livro muito interessante pra quem gosta do gênero.
    Quem sabe um dia começo a gostar de romance hot? hahaha
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá.
    Dessa vez deixo passar a dica, pois não é um estilo de leitura de que eu goste.
    A resenha está ótima, parabéns!
    Para quem curte esse gênero, uma boa dica.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Eu já vi esse livro na livraria, e várias vezes fico tentada a comprar. Mas sempre abandono por causa do tamanho (eu acho ele beeem grande). A história do livro realmente parece ser ótima, e adoro livros desse estilo. E acho que eu iria gostar bastante dos personagens. Só é uma pena que a autora poderia ter enxugado metade das páginas do livro =/
    Bjss ^^

    ResponderExcluir
  16. Játinha visto a capa, mas essa é aprimeira resenha que leio. É bem diferente mesmo esse relacionamento deles, e o que mais gostei de saber que não tem apenas o romance, e tambem tem tiros e explosões, já coloquei na minha lista.

    ResponderExcluir
  17. Oi! Adorei o livro! Não sou muito fã do gênero, mas adorei saber que a autora fugiu da "mesmice" e criou personagens e situações diferentes. Uma pena que a partir da metade do livro a leitura perde o ritmo e a protagonista "começa forte e termina um pouco dominada". Pretendo ler e tirar minhas próprias conclusões! Beijoss

    ResponderExcluir
  18. Não leio muitos livros nesse gênero, mas o interessante é essa mistura de eròtico e açâo, algo que eu ainda não li. Mas como bateu a curiosidade, quero ler para saber como termina essa història.

    ResponderExcluir
  19. Oi, Andréa!
    Gostei muito da resenha e achei bem diferente o enredo da estória dos dois, sem dúvida foge do padrão mocinha loucamente apaixonada!! Adorei a indicação!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Bem interessante a trama do livro, mas eu acho que não deveria muito confiar em estranho algo que aprendi há muito tempo. O enredo tem uma historia maravilhosa dos dois que no final tem um padrão totalmente diferente dos que estamos aconstumado a ler. Um livro bem envolvente, tem uma otima historia e com certeza terá otima leitura com ele.

    ResponderExcluir
  21. Oi!
    Achei meio diferente mesmo o enredo do livro, afinal é difícil encontrar um livro adulto onde o casal já começa junto ao invés de trilhar um caminho longo e árduo até finalmente se entendenrem.
    Achei legal também ter muita ação no livro, pela sua resenha fiquei bem empolgada com ele

    ResponderExcluir
  22. Guriaaaa gostei e não gostei.
    Então, gostei da história ter seu diferencial, porém não curto quando as mocinhas se abaixam para os caras, vou esperar sair a resenha do próximo livro para decidir se embarco na leitura.
    Valeu a dica Andreia :)

    ResponderExcluir
  23. Oie!
    Eu estava gostando do livro pelo começo da resenha, achei diferente eles já estarem em um relacionamento e todos os outros pontos positivos que você ressaltou, mas da metade pro final desanimei um pouco. Não sei se leria, não agora nesse momento. Mas a dica é sempre válida!

    ResponderExcluir

Por Dentro


© Fundo Falso - 2016. Todos os direitos reservados | não responsivo, melhor visualizado no Google Chrome.
Design e programação por Andréa Bistafa | Ilustração original de Marciano Palácio | Tema base: Blogger | Versão 4.0 | Blog no ar desde 11.01.2011.