✓ Resenha: Pulsação - Gail McHugh

domingo, 24 de janeiro de 2016



Sinopse: Emily Cooper sempre pensou que iria se casar e viver ao lado de Dillon Parker. Porém, após conhecer Gavin Blake, toda essa certeza foi por água abaixo. Arrebatada pelo sexy empresário, ela se entregou a uma paixão avassaladora, mas que logo foi abalada por uma dolorosa revelação.
Mesmo com o fim do tórrido relacionamento, Emily percebe que está disposta a arriscar tudo para ficar com o homem que domina seus pensamentos e sonhos desde o dia em que se conheceram. Agora ela só pode se apegar à esperança de que Gavin ainda a deseje, apesar de todos os seus erros e defeitos.
Com o coração partido, Gavin se isola da sociedade e se fecha em um mundo autodestrutivo. Emily não está acostumada a ser forte, mas terá que encontrar dentro de si a coragem e a confiança necessárias para lutar por seu amor e trazer Gavin de volta.


Título: Pulsação
Autor: Gail McHugh
Editora: Arqueiro
Melhor preço: R$23,90
Classificação: 9,3 (Ótimo)






Pulsação é o segundo livro da duologia Tensão, lançada no Brasil pela editora Arqueiro.

Essa resenha é livre de spoilers. A resenha de Tensão você confere AQUI.

O primeiro livro dessa série é intenso e arrebatador. Envolve traição, e eu gosto muito desse estilo de trama, com triangulo amoroso.
Pulsação em contra partida vem trazendo uma história bem mais amena, menos conturbada, partindo para o desfecho, infelizmente, queria mais!

Iniciando exatamente onde o primeiro livro termina, agora Emily Cooper é quem vai correr atrás dos erros e do tempo perdido, brigar pelo coração de Gavin Blake, coração esse que ela deixou despedaçado, surrado e abandonado. Ela acredita que não haverá perdão, talvez ela no lugar dele, não a perdoa-se. Mas precisa, definitivamente, tentar.

"Ele se fora. Sua outra metade, com sorriso de covinhas, fã dos Yankees, presenteador de tampinhas, se fora e não havia nada que ela não faria para voltar no tempo.
No entanto, seu tempo se esgotara."

Gavin continua um homem e tanto. Sempre determinado, até mesmo quando o objetivo é esquecer a única mulher que poderia ser sua esposa, de verdade dessa vez; viaja para cidade tropical no México, sem celular, sem vontade de nada. Um homem tentando recuperar a autoestima, seguir uma vida sem muito objetivo no setor amoroso, encontrando em outras mulheres um pouco de paz.
Emily, por outro lado, sofre intensamente, sem saber onde Gavin pode estar, sem poder dizer a ele que tudo está finalmente resolvido, que ela o ama e não haverá mais casamento com Dillon. Está menos manipulável nesse livro, mais determinada e forte. 

O início do livro é perfeito, a realidade dos acontecimentos são de se aplaudir. 
Eu amo as brigas desses dois!! INTENSO!

"Mais uma vez, existe um proposito para tudo. O que importa é o que você faz com essas decisoes. Você pode permitir que elas o destruam ou que o moldem."

O mesmo ritmo do livro anterior se mantem até meados da página setenta, seguindo então para a segunda fase desse relacionamento.
Algo está por vir, algo que, uau, realmente abalaria qualquer relacionamento. Então, mais que nunca, Gavin irá provar seu amor por Emi.

Dillon, nosso vilão, por assim dizer rs, está bem mais amargo, apesar de fazer o possível e o impossível para infernizar a vida do casal, aparece bem menos do que eu gostaria, senti um pouco a falta dele.

A narrativa da autora continua envolvente, ela brinca com nossos sentimentos, e mesmo com certa amenidade da estória, consegue nos deixar tensas! Mas o pontinho negativo foi para o desenrolar das coisas. Como o problema em questão não teria como ser muito desenvolvido, a autora o rodeou com cenas cotidianas e sem necessidade, daquelas que complementam a intimidade com os personagens, mas que para leitoras apresadas como eu, desanimam um pouco.

Apesar do baita susto que a autora prega no leitor no final, não conseguimos fugir do bom e velho clichê. Uma leitura satisfatória para as românticas, com cenas intensas de sexo sem vulgaridade. 

At Last - Etta James
The Red - Chevelle
Rocking Aroud The Chrismas Tree
Angel - Massive Attack
La Vie En Rose - Louis Armstrong
Find Me - Boyce Avenue



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

25 comentários:

  1. Ual... já quero ler! Amei a resenha, parabéns Dea... Beijosss

    ResponderExcluir
  2. Ah!! Eu gostei muito de Tensão, apesar de saber que ía teminar com clichezão, achei a ideia da Gail bem original. O final me deixou muito puta com a Em, na verdade, até hoje eu não gosto da Em... gente que mulher burra, mas relevei e tentei ver o lado dela... até porque Gavin é um príncipe de tão perfeito, não dá pra não torcer pra ele.

    Tensão foi realmente ótimo, ao meu ver, mas Pulsação acabou se mostrando beeeem maçante e repetivo e me decepcionou um pouco. Como você disse quem gosta do clichezão, vai adorar... kkkk

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  3. Oi, Tudo bem?
    Eu sou uma leitora quase apresada também rs Não gosto de muita enrolação. Eu ainda nao iniciei a série, mas tenho vontade. Acho que se a autora desenvolver assim, me desagradaria essas partes também, mas acho que afinal vale a pena a leitura.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá... tudo bem???
    Sou uma leitora apressada, mas gosto de algo mais detalhado sem exageros é claro... bom já tive muita vontade de ler esses livros, mas apesar de ainda não os ter descartado é uma leitura que vai demorar, mas eu curto muito a premissa deles e a intensidade com que eles são desenvolvidos... se o segundo livro continuar praticamente na mesma pegada do primeiro é bom saber disso... e isso me anima mais rs... Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Poxa André, que pena que este livro é parte de uma trilogia. Me interessei muito pelo que vc falou da protagonista estar uma mulher forte, decidida, nada manipulável, mas para conhecê-la eu precisaria passar pelo primeiro livro, e eu, ao contrário de vc detesto triângulos amorosos, e mais ainda personagens femininas manipuláveis e indecisas. Vou passar essa leitura, apesar da nota alta recebida aqui no blog.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  6. Oi Andrea, eu realmente ando fugindo de triângulos amorosos por esses meses, edtou me mantendo um pouco distância para recuperar o fôlego. Mas gostei muito do enredo, apesar de parecer com vários outros do gênero, porém acredito que a autora consegue deixar a sua marca na narrativa.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  7. Essa série está entre os meus desejados, não sei porque ainda não li. Pois também adoro tramas com traições, e quando o autor faz o leitor ter um misto de emoções é melhor ainda, que pelo que eu vi, é o que acontece com essa leitura.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  8. Oiee ^^
    Eu não sou muito fã de histórias com triângulos amorosos, mas sempre tive curiosidade de ler esse livro, vi várias resenhas positivas dele e de "Tensão" na blogosfera, e o pessoal conseguiu me deixar bastante curiosa. É uma pena que a autora tenha enfiado algumas cenas chatinhas no meio da história, mas pelo menos o final foi bom, hein?!
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br/2016/01/novidades-de-janeiro-josy-stoque.html

    ResponderExcluir
  9. Déa, eu lembro da tua primeira resenha dessa série.
    Eu acho que iria curtir essa leitura, apesar de não ter me animado até hoje em fazer essa
    leitura, ver a tua empolgação nas resenhas me anima.
    Adorei a Playlist Começou com Etta James, já me ganhou.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Andréa, eu já ouvi falar muito desses livros e a cada resenha nova que vejo deles eu fico com mais vontade ainda de lê-los, parece ter uma trama ótima e que prende o leitor do começo ao fim, sem contar que esse romance mais picante me chama muito a atenção!

    Beijos

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/01/resenha-tudo-pode-acontecer.html

    ResponderExcluir
  11. OI Andrea, não sou mais muito fã de livros que tenham um lado erótico tão forte, cansei do estilo destes livros. Gosto mais de romance normal, que não estão apelando tanto para este lado. Tensão e Pulsação são exatamente o estilo que não curto, mas o legal é que você ficou amando os livros e isto é o que importa. E também não curto muito a história com triângulos amorosos. :(

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  12. Adoro quando um livro apresenta um casal que, embora se ame, está separado… Quando voltam a ficar juntos, sinto aquela agradável sensação de que sempre podemos ter um recomeço e a esperança de não cometer os mesmos erros. Gostei de Gavin ser um cara tão determinado! Haha. Para um romance hot, isso é fundamental.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Quando eu vi o simbolo +18 eu me animei logo rsrsrsrs mas depois q li a sinopse fiquei com um pé atrás. O que ela fez para despedaçar o coração dele?! E pq ele perdoou?! Eu to curiosa pra saber, mas dependendo do que ela fez eu não vou gostar (sou rancorosa rsrsrsrsrs).

    Bjnhos de Tinta
    Blog Mundo de Tinta

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Infelizmente, não curto muito livros hot, eu sempre deixo as leituras para depois e acabo quase nunca gostando :(
    Apesar de não gostar muito do estilo, gostei muito da sua resenha, achei que ela está, como sempre, incrível.
    Gosto de vilões amargos rs.
    Fico feliz que tenha sido uma boa leitura.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Eu nunca li nada da autora, mas fiquei interessada da duologia, mesmo não curtindo muito livros hot, mas esse parece ser daqueles livro s legaizinhos de ler.
    Li pouquissimos livros onde tem traição, e apesar de passar raiva, sempre tem um aprendizado no final. E falando em final.... Que susto foi esse???? Fiquei realmente curiosa.
    E amei sua resenha

    ResponderExcluir
  16. Oii, tudo bem?
    Eu gosto muito da todas as resenhas que leio desse livro e do anterior, todos falam bem da historia e do final que pega todo mundo de surpresa rsrs, eu estou doida para poder conferir a historia, infelizmente no momento estou sem verba, mas já está na listinha.

    ResponderExcluir
  17. Andrea, você não pode fazer isso com uma leitora!
    Que enredo mais misterioso, não da pra não pensar no primeiro livro que parece ser show... e essa fidelidade de Gavin dá outra carinha pro livro hot. Também me sinto apressada quando a história está enrolando em coisas rotineiras, mas sou muito resistente, vou até o final tb hahaha acho que vou gostar do livro, mas primeiro vou pegar o livro um, que está começando a rondar meus pensamentos ahahha
    bjss
    http://umavidaliteraria1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oie Andréa,
    Não li o primeiro, mas se o segundo e tão intenso, o primeiro deve ser ótimo! A premissa da historia e muito boa, romance, brigas, cenas hot e vilão me chamaram a atenção. Vou começar a ler o primeiro livro e espero gosta dos dois tanto quanto você.
    Beijos
    Bru, Cantinho da Bruna

    ResponderExcluir
  19. Oi Andrea, tudo bem?

    Eu não leio muito New Adult, pois sempre acho todos muitos parecidos, mas gostei da sua resenha. E gostei desse livro ser mais ameno e não aparecer tanto o triângulo amoroso, já que não curto muito. Gostei de ter sido a Emily a fazer besteira e ser ela a correr atrás do Gavin, pois geralmente é sempre ao contrário!

    Adorei a playlist e tem Boyce Avenue, eu adoro os covers dessa banda e as musicas originais são lindas!

    Beijinhos,

    Rafaella Lima || Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  20. Oi! Tudo bem?

    Gostei de saber que há cenas de sexo, mas sem vulgaridade. Geralmente deixo livros com esse conteúdo de lado. Tanto que nem solicitei a duologia na editora... Mas, sabe que até que fiquei curiosa?! Para um livro com tantos elementos que não curto (toque erótico, triângulo amoroso, traição, etc) até que ele se saiu bem! hahah MAS, ainda assim não sei se compro ele ou não... Acho vou pensar mais um pouco e deixar ele na wishlist mesmo.

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
  21. Aiinn genteee..acho que fui a única que não gostou dessa duologia..pelo menos eu odiei o primeiro livro..nunca vi mocinha mais burra,tapada,jumenta,songamonga do que essa Emily viu,peguei abuso dela já nesse livro e meio que fiquei traumatizada e não quis ler a continuação..hahahaha...daqui pro final do ano se eu não resolver a ler Pulsação..é pq não vou ler mesmo =P

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2016/01/resenha-mais-uma-chance-abbi-glines.html

    ResponderExcluir
  22. Olá, tudo bem? Esses tipos de livros não me atraem em nada, por mais que tenhas diálogos bons e coerentes ou cenários bons e bem escritos, mesmo com tudo isso eu não gosto e nem desse eu gostei, além tambem que mesmo que eu gostasse desse livro e quisesse comprá-lo nunca que minha mãe deixaria eu comprar. Beijos
    Sthe - Blog
    http://leesoncre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Olá! Achei muito legal o seu método de avaliação :) Já tinha ouvido falar desses livros, mas não sinto muita vontade em ler. Ainda assim, gostei de saber que a autora soube equilibrar bem as cenas mais quentes com a história. A narrativa parece ser extremamente envolvente. Que bom que você gostou! Beijos

    ResponderExcluir
  24. Oiii
    Eu sempre vejo as pessoas falando super bem sobre eles.
    E eu estou louca para comprar e iniciar a leitura.
    Sua opinião sobre eles me fez ficar mais curiosa.
    As vezes as pessoas imaginam que no livro tem apenas cenas mais quentes,mas você falar que a autora equilibrou ele não ficou pesado,chamaram ainda mais a minha atenção.
    A narrativa,cenário e a escrita sempre chamam a atenção.
    Obrigada pela dica.
    Beijos.

    ResponderExcluir

Por Dentro


© Fundo Falso - 2016. Todos os direitos reservados | não responsivo, melhor visualizado no Google Chrome.
Design e programação por Andréa Bistafa | Ilustração original de Marciano Palácio | Tema base: Blogger | Versão 4.0 | Blog no ar desde 11.01.2011.