✓ Resenha: Predestinadas - Jessica Spotswood

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Se você não leu os livros anteriores, aconselho a pular a sinopse.
Sinopse: Cate Cahill acabou de ser apagada da memória de Finn, o grande amor de sua vida. A responsável por essa traição foi Maura, uma de suas irmãs, e Cate está certa de que nunca vai conseguir perdoá-la. Enquanto isso, Tess, a caçula, está às voltas com visões cada vez mais assustadoras.Como se não bastasse, a Nova Inglaterra vem sendo tomada por uma febre mortal sem precedentes. Preocupada, Cate quer ajudar a todos, mas é impossível fazer isso sem revelar seus poderes e, assim, aumentar a fúria dos Irmãos da Fraternidade, os implacáveis caçadores de bruxas.Em meio a desavenças com suas aliadas em potencial, Cate terá que se desdobrar para conseguir prestar o auxílio que deseja, proteger Tess e Finn e lutar por uma nova ordem que permita que as bruxas sejam representadas no governo de sua cidade e não precisem mais se esconder. Predestinadas é o desfecho de uma saga permeada de delicadeza, cores, magia e fortes emoções. As irmãs Cahill terão que enfrentar os maiores desafios de sua vida, e o amor que sentem uma pela outra será fundamental nessa jornada.

Título: Predestinadas
Autor: Jessica Spotswood
Editora: Arqueiro
Melhor preço: R$18,90
Classificação: 8,9 (Ótimo)




Predestinadas é o último livro da trilogia As Crônicas das Irmãs Bruxas, lançado aqui no Brasil pela editora Arqueiro.

Essa resenha não tem nenhum spoiler, mas se quiser entender melhor o contexto sugiro que leia as resenhas anteriores, Enfeitiçadas e Amaldiçoadas.

Essa saga, desde o início prometeu me arrebatar, e ao concluir, não sei bem dizer se isso ocorreu ou não.
Os três livros caminham para um único objetivo final, portanto desde o inicio já nos é apresentado boa parte do contexto da trama.
Recapitulando, no primeiro livro a narrativa da autora deixou muito a desejar, monótoma e sem muita emoção, mudando apenas nas últimas páginas do livro, onde uma ótimo desfecho atiçaria, sem dúvida, a curiosidade de qualquer leitor. O primeiro livro me ganhou nesse momento, relevei todo o início e apostei em uma trama incrível. O segundo livro é sem dúvida o melhor, a narrativa evolui, a autora embala e a trama é tomada por cenas de ação e intrigas. 

Agora vamos entrar no terceiro livro. Aqui, a autora poderia ter feito exatamente o que fez no segundo, já que o desenvolver da estória era propício e o desfecho do livro anterior era simplesmente agoniante. Mas de alguma forma ela conseguiu regredir para a narrativa do inicio da saga. Após a tormenta, veio a calmaria, mas muito pacífica para meu gosto, ainda que a trama continue a se desenvolver com as intrigas entre irmãs, com o prenúncio da profecia se aproximando e grandes decisões a serem tomadas em relação a sociedade e as bruxas. 
Existe em pauta um grande sentimento da protagonista, Cate por Finn, e acontece ago muito grande em relação aos dois que abalaria qualquer pessoa. Senti muita falta de aprofundamento no sentimento da Cate, a forma como ela encara o ocorrido, ao meu ver, foi ameno demais. Ainda que o livro foque mais na relação familiar e na amizade do que propriamente no romance, para quem leu, entende que não poderia ter passado tão levemente esse sentimento, afinal envolve uma grande traição familiar.

Uma ótima abordagem - Pelo fato da estória ocorrer no século XIX, toca-se, quase o livro todo, no assunto "feminismo", ainda que não da forma como conhecemos hoje. Existe uma ótima abordagem do que as mulheres sofreram nessa época, e de como foi importante para o que temos hoje a luta dessas guerreiras, que em muitos casos morreram inocentemente, enforcadas, queimadas, foram exiladas e abusadas sem piedade.
Seria injusto da minha parte não salientar o contexto maravilhoso que a autora usou. Mostrou o crescimento pessoal de uma jovem encarando as dificuldades da época, os preconceitos sofridos pelas mulheres ao decorrer de toda sua vida. A evolução de uma criança se descobrindo, para uma guerreira cheia de ideais coletivos. é uma linda lição de que podemos, e devemos lutar pelo nosso espaço.

Os irmãos estão mais cruéis, as bruxas mais determinadas, e a autora sem dó de matar alguns personagens. Mas faltou; faltou emoção na narrativa cotidiana, faltou a mesma ação que ela usa tão bem nas cenas de luta, por exemplo; a autora tem potencial, mas não a aplicou de forma continua, resumiu o livro a cenas lentas e outras perfeitas. Para mim, foi uma leitura morna, onde só me senti realmente satisfeita no final, gostei do fechamento da trama em si, mas poderia sim, melhorar muito.





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

25 comentários:

  1. Oi Andréa.

    Li esta trilogia também e assim como você, também achei os personagens bem determinadas e cruéis, foi um tanto difícil terminar a leitura, esperava uma trama bem mais suave, mesmo assim gostei da surpresa no final das contas.


    Beijo, Vanessa Meiser - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oiee ^^
    Poxa, é uma pena que a autora não tenha acertado nesse livro. É tão ruim quando o livro não tem a emoção que a gente espera, né?! Principalmente por ele ser o desfecho da trilogia. Mas pelo menos ela conseguiu acertar nos personagens e no final. Ainda não comecei a ler os livros, mas estou bastante animada para fazê-lo.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br/2016/01/lancamentos-janeiro-editora-arwen.html

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Que pena que a trilogia não terminou de um jeito que tenha te agradado, também costumo exigir demais dos finais, especialmente quando o segundo livro é muito bom. Mas acho que é um livro que não pegaria para ler, não consegui me sentir atraida.
    Bejinhos

    ResponderExcluir
  4. Nossa eu odeio me sentir assim no final de uma saga, prefiro odiar do que ficar com essa sensação de falta, sem saber exatamente o que pensar.

    Eu não li nenhum livro da saga, gosto de histórias de magia e feitiçaria, um sobrenatural que não dê medo, mas pelo que você falou será que posso começar do segundo?!

    Beijos.
    Mariana Baptista
    umavidaporlivro.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkk infelizmente não irá entender nada, mas o segundo é o que vale a pena na trilogia!
      Bjus!

      Excluir
  5. Hello :)

    Você acabou de me provar que realmente não se julga livro pela capa kk Achei essa linda de morrer, mas tenho algumas experiências bem ruins com narrativas "paradonas", então, embora a capa me atraia, agora vou pensar duas vezes se lerei a trilogia ou não.

    Beijinhos e que a Força esteja com você!
    www.cantinhocult.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Andréa.

    É ruim quando temos expectativa em um livro e não ficamos satisfeita como gostaríamos. Quando eu leio uma resenha dessa trilogia eu fico com vontade de ler, mas depois acabo deixando de lado.

    Bjos

    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi. Que chato criar expectativa em um livro e acabar se decepcionando. Mas tenho certeza que muitas leituras boas ainda está por vi. Confesso que lrnso sua resenha perdi a vontade de ler essa Trilogia. Eu estava na duvida, mas agora krndo sua crítica melhor pegar um outro livro para Lee.
    Bj
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  8. Olá, faz algum tempo que eu estava interessada nessa trilogia mas sempre venho adianto a leitura, quando eu vi Predestinadas havia imaginado que seria um final perfeito, mas parece que não foi bem assim. Fico triste quanto um livro não alcança minhas expectativas, mas mesmo assim, parece ser um bom livro, com uma boa história, só é chato que não tenha sido um desfecho excelente.

    ResponderExcluir
  9. Amiga eu ainda não li nenhum desses livros.
    Mas todos comentam bem sobre ambas as estórias, apesar do primeiro dizerem que é um pouco massante o comecinho, mas depois a leitura rende. Espero poder ler em breve, porque tenho curiosidade de saber como é o desenrolar dessa estória. Como eu ainda não li, não vou ler a resenha ok? Porque gosto de ler antes de ler qualquer resenha sobre os que eu ainda não li, se não estraga a surpresa rs...Mas vi suas impressões e gostei da maneira como foi sincera em dizer que o livro não alcançou suas expectativas. Infelizmente com algumas pessoas acaba nao sendo um livro tão bom. Sempre terá essa diferença. Mas quero tirar minhas conclusões sobre a estória. Quem sabe...

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/01/resenha-aprendizes-de-guardiao.html

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Mesmo não conhecendo essa trilogia, fiquei bem interessada em saber que a história envolve muito o 'feminismo' e retrata as mulheres daquela época de modo bem fiel.
    Mas, estragou muito a autora não saber se posicionar na ordem dos livros, o terceiro tinha que ser aquele eletrizante, lacrador, que faz o leitor suspirar e chorar por ter terminado a série, e não um livro morno que lembrava mais o livro 1 que tudo :(

    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oie, tudo bem?

    Eu não tinha conhecimento desta trilogia, mas curti bastante a sinopse. Dei uma olhada nas suas resenhas anteriores, e o que li me deixou curiosa para conhecer os livros. Que pena que o fechamento da trilogia não foi satisfatório. Isso deveria ser totalmente ao contrário, é sempre bom valer a frase: "Fechar com chave de ouro!". Contudo, anotei a dica, e eu ler assim que tiver a oportunidade. Parabéns pela resenha, gostei muito!

    Beijos,
    Dai | Blog Cheiro de Livro Nacional

    ResponderExcluir
  12. Oi, flor!
    Quero ler essa trilogia e adorei saber sua opinião sobre o desfecho. Acho que tão importante quanto o início, é o fim. Pena que a autora parece ter "diminuído o ritmo", mas achei ótimo que as irmãs protagonistas tenham se destacado ao longo dos volumes e evoluído. <3 Com certeza, pretendo ler.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Eu já vi muita resenha dessa série na blogosfera, mas acho que você foi a primeira a comentar sobre o contexto, mostrando que também tem esse pequeno lado que fala do feminismo. A história em si eu acho meio clichê do gênero de fantasia, por isso nunca me interessei muito, mas esse detalhe até que me chamou atenção. Só não sei se me aventuraria sabendo que ia encontra um livro mais ou menos, para encarar um muito bom e voltar pro mais ou menos e não saber definir se gostei ou não do final hahaha Acho que vou acabar deixando passar.

    Um Metro e Meio de Livros

    ResponderExcluir
  14. Eu quero muito ler essa série, mas tenho lido diversos comentários não tão positivos. Não é algo que mude minha ideia de ler os livros, mas já leio sem muitas expectativas, sabe?
    Que pena saber que esse último livro é morno. Mas, como adoro livros com bruxas, e sou teimosa, vou ler! rs
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  15. Olá!

    Gosto muito de livros que tenham uma pegada sobrenatural, ainda mais sobre bruxas, que sempre há histórias para escavar sobre elas. Eu gostei das capas dessa trilogia, ela são tão bonitas. Gostaria de fazer a leitura um dia, mas sei que não será breve, porque não tenho os livros (e odeio ler em pdf) e porque tenho uma pilha imensa de não lidos.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Já tinha visto a trilogia pela blogosfera, mas não lembro se já tinha lido alguma resenha. Que desagradável que o desfecho tenha sido inferior ao que você esperava. Algumas histórias perdem o vigor com o passar dos volumes... Não sei se lerei, mas anotei a dica!
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Oi Andréa, eu morro de vontade de ler essa série, eu amo tudo que tenha bruxas envolvidas e esses livros sempre chamaram minha atenção. Só é uma pena que faltou emoção no livro, mas muito bom saber que foi um final bom.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  18. Oie!
    Eu gostei dessa trilogia, mas concordo quando diz que foi uma leitura morna. A autora atinha muito potencial para criar ótimas cenas no decorrer dos volumes, mas parece que não quis se arriscar. Mas no geral, eu gostei muito dessa história, assim como o romance principal que foi muito fofo.
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  19. Oii!

    Sempre que eu começo uma trilogia eu tenho em mente que o primeiro vai ser muito bom, o segundo mais ou menos e o terceiro para nos arrebatar de vez. Fiquei muito chateada ao ver que isso não acontece em relação a essa. Esse regresso da autora é broxante hahaha.
    Pelo menos o fato do feminismo ser bem abordado me da um animo a mais na leitura :D

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  20. Olá, tudo bem?
    Vou confessar que não li muito bem o post com medo de apanhar spoilers, mas eu quero muito ler essa série. Na verdade eu até já tenho o e-book, só preciso tempo para ler tudo o que quero hehehe
    Beijinhos
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  21. Oi Andréa, sua linda, tudo bem
    Eu preciso acreditar nos personagens para acreditar na história. Traição familiar é algo muito forte, em minha opinião, por isso acho que também irei ficar incomodada com a reação da personagem. Uma pena que a autora que veio tão bem no segundo livro, perdeu a mão justamente no desfecho. Mesmo assim, se a nota foi tão alta, deve valer a pena. Eu já tenho os dois primeiros livro, portanto, pretendo ler sim. Gostei muito da sua resenha, muito bem argumentada.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Oi
    Que capa linda! Confesso que não me empolguei com essa trilogia, mas vendo sua opinião e empolgação na resenha, me fez repensar.
    Gosto de temas como a evolução feminina e o sutil feminismo que você citou.
    Acho que vou dar um chance!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  23. Pena a leitura não ter sido satisfatória, mas pela pontuação de 07/10 também não foi tão insatisfatória assim... Pode ter sido a questão do não atendimento das elevadas expectativas criadas, não?
    A capa realmente é linda, como você mesma frisou e a temática de traição, ainda mais sendo por um membro da família, costuma ser bastante instigante quando bem abordada, sem falar em chocante. Apesar do desfecho não ter sido o melhor, aparentemente ainda é uma obra que valha a pena.
    Conchego das Letras

    ResponderExcluir
  24. Oiie Andréia,

    Oiie já tinha visto falar sobre essa trilogia, e as pessoas falaram que o segundo foi o melhor. É ruim quando a leitura se torna morna, sem animo, né? Eu gosto muito de enredos com bruxos, mas pra mim tem que ser bem construído. As capas são bem lindas, seria aquele tipo de comprar só pela capa. rs Gosto de enrendo que é histórico, ainda mostra quando mostra o que nos mulheres sofremos, e mostra o quanto que elas foram importante para o que temos agora. Mesmo sendo um pouco morno, acho que vale a pena ler essa trilogia.

    Bjs

    Amantes da Leitura

    ResponderExcluir

Se você tem um blog, deixe o link, retribuo com carinho todos os comentários!

Por Dentro


© Fundo Falso - 2016. Todos os direitos reservados | não responsivo, melhor visualizado no Google Chrome.
Design e programação por Andréa Bistafa | Ilustração original de Marciano Palácio | Tema base: Blogger | Versão 4.0 | Blog no ar desde 11.01.2011.