✓ Resenha: Amaldiçoadas - Jessica Spotswood

sábado, 24 de janeiro de 2015




Sinopse: Com os Irmãos perseguindo as bruxas como nunca antes, e uma Irmandade dividida Cate precisa desesperadamente entrar em um acordo com seus poderes profetizados. E depois que sua amiga Sachi é presa por usar magia, uma irmã sedenta por guerra oferece para ajudá-la em busca de respostas – se Cate estiver disposta a colocar em risco todos os que ama. Não, Cate não quer ser uma arma, e ela não quer envolver seus amigos e Finn em esquemas da Irmandade. Mas quando Mauro e Tess se juntam à Irmandade, Maura deixa claro que vai fazer o que for preciso para levar as bruxas a vitória. Mesmo que isso signifique sacrifícios. Mesmo que isso signifique passar por cima de Cate. Mesmo que isso signifique uma guerra com tudo e com todos. Na aguardade sequência de Enfeitiçadas, As Crônicas das Irmãs Bruxas seguem Cate, Maura e Tess na busca por amor, proteger a família e explorar suas magias contra todas as probabilidades em uma história alternativa da Inglaterra.

Título: Amaldiçoadas
Autor: Jessica Spotswood
Editora: Arqueiro
Pág. 288
Melhor preço: R$16,06
Classificação: 9,8 (Excelente!)


Amaldiçoadas é o segundo livro da trilogia "As Crônicas das Irmãs Bruxas". Resenha do primeiro livro AQUI.

Relembrando a trama do primeiro volume, a história se passa no século XIX na Nova Londres, num período que seria como uma pós "inquisição", onde já não queimam mais as bruxas. Contudo, ainda temos a Fraternidade que monitora as possíveis evidencias de bruxaria, pregam a submissão feminina e temor a Deus, aprisionando todas que desrespeitam suas ordens no hospício Harwood
Paralelamente existe a Irmandade, que funciona como um convento, onde as irmãs praticam caridade e também vivem sobre os ensinamentos religiosos.

Temos as personagens essências para a trama que são as irmãs: Cate, Maura e Tess Cahill
Tudo gira em torno de uma suposta profecia, onde uma das irmãs causará morte, uma não viverá para a entrada do novo século e as bruxas finalmente tomarão o poder.


Para quem leu o primeiro livro: Cate agora faz parte da Irmandade, assim como Finn que entra para a Fraternidade. E pasmes, todas elas são bruxas! Escondem-se atrás dessa fachada e esperam pelo momento certo, aquele em que elas possam combater a tirania dos Irmãos, e de acordo com a profecia voltar ao poder. E Finn? Bom, ele não se encaixa nessa tirania e só fez isso por Cate lembram?

------- FIM DO SPOILER ---------


O que é muito interessante na trama é a convivência entre as irmãs. Cate, nossa narradora, é a irmã que faria tudo pela outras, que carrega o instinto de proteção para com as mais novas após a perda da mãe. Maura é o ponto forte da história, egoísta e manipuladora não mede esforços para conseguir o que quer, e o que ela mais almeja é ser a bruxa mais poderosa, aquela que a profecia cita. Já Tess é doce e um pouco ingênua, porém muito bem colocada, aparece bem mais nesse segundo livro, deixando claro ao leitor seu caráter e força.

Aqui as coisas estão pegando fogo! Uma guerra está prestes a estourar e trazer com ela o segundo Terror. Precisaremos portanto de um espião, uma conspiração e com certeza deter a jovem oráculo, que pode revelar quem são as bruxas da profecia. A trama se encaminha maravilhosamente bem, mantendo-se interessante do inicio ao fim, mas como no primeiro, a narrativa da autora tem momentos travados, onde dei algumas enroscadinhas.
A atmosfera do livro continua maravilhosamente sombria, cenários obscuros, dias nublados são um ar cinza e pesado a obra.

O romance entre Cate e Finn se fortalece nesse livro, mostrando cumplicidade e puxando romantismo para os momentos de tensão. Claro, o foco maior fica para os conflitos entre as irmãs, e o romance tem foco secundário, mas ainda assim é de fazer o leitor suspirar pela coragem de Finn.

Sem dúvidas, para mim, o que realmente valeu na leitura dessa sega até agora, foi a forma como a autora mostra que o poder pode destruir laços, família, moral e ética. A ambição é o pior veneno da humanidade.

O final é um clímax e tanto, igual no primeiro volume, a autora deixa seu leitor desesperado pela continuação, causa um sentimento de revolta, angustia e descrença, que me fez acreditar que o terceiro livro venha arrebentando corações e mude completamente nossa perspectiva sobre os personagens. 



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 comentários:

  1. Oi Andréa .
    A Arqueiro Sempre me surpreendendo com Novidades Maravilhosas , Só que é complicado mesmo ,colocar as pessoas que você gostam em risco . Tai Gostei do livro . ótima resenha Andréa ,Bjos .

    ResponderExcluir
  2. Oi Andréa!

    Eu adoro bruxas, mas ainda não li estes livros! Quero ler, pois gosto muito das capas, são lindas demais!

    Adorei a resenha! Espero que eu tenha a oportunidade de lê-los!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  3. Oi!! Curti muito a resenha =3 parece um livro fofo <3 Gosto de coisas com bruxas e tudo mais, pulei o spoiler já que ainda não li o primeiro livro, mas ainda vou ler =3 O último que li foi "As Bruxas de East End" mas não curti muito, vou dar uma chance pra esses =3
    uma ótima noite!
    [Resenha dupla #04] Persépolis – Marjane Satrani

    ResponderExcluir
  4. Estava sempre buscando um tempo para dar uma passadinha aqui e espiar as novidades. Porém, filhos, trabalho, casa, blogs e escrita estavam me consumindo... Ufa! Cansei só de digitar... rsrs... Ok, vamos lá...
    Adoro esse site, o carinho com que você o administra fica estampado em cada postagem. Parabéns, Andréa!

    Sobre a resenha, como sempre, arrasando na apresentação e expressando sua opinião com intensidade. Não conhecia essas crônicas, e fiquei muito instigada. Se o tema é bruxa, eu arregalo os olhos, abro um sorriso nos lábios e corro para ler. Então, obrigada pela dica.

    Tentarei ser mais constante nas minhas visitas ao Fundo Falso e nos meus comentários.

    Um grande abraço! ♥ ☻

    http://vanessaaraujo.tk
    http://eclipsesagrado.tk

    ResponderExcluir

Se você tem um blog, deixe o link, retribuo com carinho todos os comentários!

Por Dentro


© Fundo Falso - 2016. Todos os direitos reservados | não responsivo, melhor visualizado no Google Chrome.
Design e programação por Andréa Bistafa | Ilustração original de Marciano Palácio | Tema base: Blogger | Versão 4.0 | Blog no ar desde 11.01.2011.