✓ Resenha de Filme: Caça as Bruxas

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Sinopse: Behmen (Nicolas Cage) é um cruzado do século 14 que retorna com seu companheiro Felson (Ron Perlman) a uma pátria devastada pela peste negra. Um cardeal doente, D'Ambroise (Christopher Lee), considerando a prática de feitiçaria a causa da praga, comanda os dois cavaleiros para transportar Anna (Claire Foy), uma garota acusada de bruxaria, para um mosteiro remoto, onde monges irão julgá-la e realizar um ritual, na esperança de acabar com a peste. Um padre (Stephen Campbell Moore), um cavaleiro de luto (Ulrich Thomsen), um vigarista itinerante (Stephen Graham) e um acólito (Robert Sheehan) se juntam a missão.

Título: Caça as Bruxas
Título Original: Season os the Witch
Ano: 2011
Duração: 98 minutos
Gênero: Aventura / Drama / Fantasia / Terror
Direção: Dominic Sena
Roteiro: Bragi F. Schut
Produção: Alex Gartner e Charles Roven




Resenha:
Com uma película sombria, a trama do filme nos coloca em dúvida do começo ao fim. Behmen (Nicolas Cage), um cavaleiro templário que desertou do séquito das cruzadas após a chacina em um vilarejo onde diversos inocentes foram brutalmente assassinados, segue pela Europa medieval sorrateiramente com seu fiel companheiro Felson – interpretado por Ron Perlman, tão conhecido e aclamado por suas atuações em “Hellboy”, “O Escorpião Rei 3” e no seriado “Sons of Anarchy”. – Após o que parecia uma simples negociação comercial em um reino, a dupla é reconhecida, denunciada e colocada na prisão. Porém, a oferta de um cardeal dá a ambos os cavaleiros desertores a oportunidade de se verem livres da morte, penalidade imposta aos que debandaram da ordem. Eles precisam escoltar a acusada de bruxaria até um longínquo monastério para que ela possa ser devidamente julgada. Não obstante, condoído com o drama da jovem açoitada e encarcerada no mesmo calabouço onde ficou, Behmen não acredita que a moça seja mesmo uma bruxa. É nesse ponto que nossa mente se foca no enredo e que nos intrigamos, porque Anna – a acusada em questão – tem um olhar inocente, piedoso. Em diversos momentos, me perguntei se o clero estava cometendo uma baita injustiça ou se a garota era dissimulada demais. Obviamente, a mesma dúvida ficou estampada no semblante de alguns personagens. Aliás, falando nisso – e mesmo sabendo que o ator é odiado por muitos –, Nicolas Cage deu um show de interpretação, conduzindo-nos para dentro do cerne de Behmen, instigando-nos a sentir toda claudicação e discrepância que o personagem vivenciava.
Como sempre friso, sou uma negação para comentar sobre efeitos especiais de filmes. Contudo, não posso negar que me deliciei com algumas cenas onde labaredas sobrenaturais bruxuleavam ao vento. A maquiagem foi outro quesito deleitoso, afinal, Nicolas Cage com longas madeixas é realmente um feito primoroso! Ok, sem deboche... Porque (SPOILER) o demônio que aparece para lutar contra o cavaleiro me deixou boquiaberta. E os lobos? Já falei sobre os lobos? Gente... Uma alcateia ataca o grupo em uma floresta obscura, sombria. Sangue para todos os lados. Sim, um trabalho em equipe para fazer qualquer cinéfilo delirar de alegria!
O sarcasmo se tornou uma marca registrada nas atuações de Ron Perlman. Por mais sério que seja o seu papel, o ator sempre lança um fitar de esguelha com um sorriso irônico nos lábios. Sou fã de Perlman, que elevou o nível da película com sua presença no elenco.
Ainda falando das atuações, Claire Foy acabou sendo a surpresa agradável. Interpretando a jovem Anna, acusada de bruxaria, a atriz foi de um polo a outro em cenas subsequentes. Fui enganada pelo olhar inocente de Claire. Digna de aplausos.


Com uma trama diferenciada, o roteirista inovou, não permitindo que “Caça as Bruxas” se tornasse mais uma película sobre a inquisição injusta a qualquer manipulador de ervas ou alquimista. Aliás – e já estou ficando repetitiva com o assunto –, o ponto chave do enredo nos surpreende em todos os quesitos. Quando acreditamos que o assunto é X, tudo muda e nos deparamos com o Y – e, se bobear, até com o Z.
Para quem é fã de histórias épicas com um toque sobrenatural, indico o filme. “Caça as Bruxas” é uma película repleta de aventuras, com o tilintar de espadas brandindo no ar, deleitando os fiéis adoradores das cruzadas, dos templários e de bruxas mitológicas. Eu aprovei. E você? Recomendo embarcar nessa viagem!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

6 comentários:

  1. Oi Vanessa!!!!

    Ótima resenha, eu adoro esse filme, sempre o assisto e nunca me canso. Cage é sensacional em seus papéis e com este não poderia ser diferente. Vc tem razão em dizer que é puro suspense, quam assiste a primeira vez, não sabe o que esperar!
    Adorei mesmo! Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana!!!

      Obrigada pelos elogios à resenha... Aaaah, eu sou fã do Cage, mas descobri que os usuários do Tumblr odeiam o cara... fiquei chocada, porque acho que ele interpreta super bem seus papéis. E o filme Caça as Bruxas é épico, eu amo, amo, amo ♥

      Obrigada pela sua presença aqui e pelo seu comentários.


      beijooooos!

      Excluir
  2. Oi!!!
    Eu adoro filmes como esse! Inclusive, na verdade, eu já o assisti...E achei bonzinho. Veja, faz um tempinho que assisti, então não consigo imaginar o pq de não ter ficado impressionada, entende? Foi bom, mas não TUDO AQUILO que eu esperava hehehe
    bjbj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fernanda! Obrigada pelo comentário =D

      Acontece dessas comigo... assisto ao filme pela primeira vez e o acho ruim. Quando vou assistir de novo, fico delirando com as cenas e me perguntando como não tinha gostado antes... kkkkkkkk...


      Beijos! ♥

      Excluir
  3. Com certeza vou assistir, além de ser um filme sobrenatural, ainda se passa no século 14 e tem o Nicolas Cage como protagonista, os filmes dele são sempre bons! Outra coisa que tem que me chamou muito a atenção foi o sarcasmo, que gosto bastante também. Bjus.

    ResponderExcluir
  4. Oi Vanessa.
    preciso de um relatório desse filme que fale das cruzadas
    meu professor de histórias que pediu
    por favor se poder ajudar...<3

    ResponderExcluir

Se você tem um blog, deixe o link, retribuo com carinho todos os comentários!

Por Dentro


© Fundo Falso - 2016. Todos os direitos reservados | não responsivo, melhor visualizado no Google Chrome.
Design e programação por Andréa Bistafa | Ilustração original de Marciano Palácio | Tema base: Blogger | Versão 4.0 | Blog no ar desde 11.01.2011.