✓ Resenha: Teardrop - Lágrima - Lauren Kate

sexta-feira, 6 de junho de 2014

Sinopse: Depois de perder a mãe em um acidente no mar, Eureka acha que nunca mais voltará a sorrir. E a promessa que fez à mãe – a de nunca mais chorar – se torna quase impossível… até conhecer Ander. Louro, alto e de pele muito branca, o rapaz parece estar em todos os lugares e saber coisas que não deveria sobre Eureka. Inclusive um estranho segredo relacionado às suas lágrimas e aos três artefatos que herdou da mãe: uma carta, uma pedra e um misterioso livro que conta a história de uma menina com o coração partido. Ela chorou tanto que deixou debaixo d´água um continente inteiro. Logo Eureka vai descobrir que a antiga lenda é mais que uma história, que Ander pode estar dizendo a verdade e que sua vida pode ter um curso mais sombrio do que ela imaginou.
Título: Teardrop Lágrima
Autor: Lauren Kate
Editora: Galera Record
Pág. 336
Melhor preço: R$17,86
Classificação: 9,7 (Exelente!)





Você quer minha humilde opinião? Muitooo melhor que Fallen!! Lauren Kate finalmente me ganhou!

Lauren Kate sempre muito bem comentada e elogiada por sua série Fallen e eu nunca vi nada demais na sua escrita. Fallen nunca me cativou, tanto que nunca quis ler a sequencia, parei no primeiro volume. Foi então que vi Teardrop, e de cara me encantei com a capa! Que trabalho maravilhoso da editora Galera! Uma capa riquíssima em detalhes, cores e efeitos e eu como uma boa colecionadora não podia deixar de fora da minha estante e me rendi a leitura.
Não esperava encontrar nada de mais e achei que iria levar um mês para termina-lo assim como foi com Fallen, mas eu não podia estar mais enganada!

"- O sofrimento é o mestre da sabedoria. Pense isso. - Ela respirou fundo. - Meu Pai, aque caminho vocês está tomando.
- Estou num caminho? - disse Eureka." - Pág 141

Teardrop - Lágrima é o primeiro volume da uma série ainda a ser lançada. Trás a estória de Eureka, uma menina de 17 anos que acaba de perder sua mãe em uma acidente trágico. Uma onde gigante arrastou o carro onde as duas estavam sobre uma ponte, Eureka conseguiu se salvar, ou foi salva por alguém que não consegue se lembrar, já Diana, sua mãe, não teve a mesma sorte.
Seus pais já eram separados quando aconteceu o acidente, e Eureka nunca se dera muito bem com a madrasta, após a morte de sua mãe o convívio ficou ainda mais complicado e Eureka foi obrigada a frequentar terapias. Tentou suicídio, tentou encontrar alivio para sua perda, mas nada era realmente convincente.
Como se não bastasse os seus problemas diários, certo dia alguém bate na traseira de seu carro quando estava a caminho da escola. O motorista era Ander, um garoto charmoso, de pele branca e olhos profundamente azuis. Seu mistério prende a atenção de Eureka.
Nada em sua vida era tão importante quanto seus melhores amigos Cat e Brooks, até o dia da leitura do testamento. Diana deixou para Eureka uma pedra misteriosa, um medalhão que sempre carregava no pescoço e um livro escrito em alguma língua morta do qual nada era compreensível. O que Eureka não podia imaginar é que todos esses artefatos teriam ligação com um mistério maior: Ander.

"Bem, quem pode saber o final antes que a última palavra tenha sido escrita? Tudo pode mudar com a última palavra." - Pág 142

Não preciso dizer que Eureka acaba se metendo em um triangulo amoroso, seu amigo de uma vida toda Brooks e o misterioso Ander! Mas Brooks não é mais o mesmo garoto, algo nele mudou, por oras só quer o bem de sua amiga, mas logo parece que faz de tudo para magoa-la. Ainda bem que Eureka não chora. Nunca mais chorou desde sua infância quando levou um tapa de sua mãe que a fez prometer que nunca mais derramaria uma lágrima.
Agua, parece que tudo na vida de Eureka tem alguma ligação com ela. O afogamento de sua mãe, a chuva torrencial que insiste em cair e a cor nos olhos daquele garoto. Qual seria a ligação entre tudo isso?

Agora meu leitor, se você gosta, se interessa ou ao menos já ouviu falar de Atlântida a cidade submersa, você vai querer, e muito desvendar todos os seus segredos! A lenda, os seres misticos e tudo com muita, mas muita aventura!

A protagonista é forte e determinada, tem atitudes coerentes, nada é forçado e a rotina dos personagens é realista (claro dentro do possível! rs) Gostei muito de Ander, muito mesmo. É aquele mocinho apaixonado, mas não força a barra, não fica babando coraçõezinhos e sabe como conquistar! Acabou me conquistando! E olha que eu sou difícil! kkkk
Ao longo do livro irão surgir personagens cativantes, que farão você desenvolver afeto por eles assim como foi comigo, e agora se você estava esperando que tudo acabasse bem, assim como livros infanto juvenis de aventura, lamento, pois iremos perder personagens queridos, sem dó.

" (...) Eu a vigiava desde que você nasceu, mas nunca me viu, só quando eu quis... No dia em que bati no seu carro. Estive com você diariamente pelos últimos 17 anos, vi você aprender a andar, a amarrar os sapatos, a tocar guitarra - ele engoliu em seco -, a beijar." - Pág 297

A escrita é feita em terceira pessoa, narrando muito bem todos os acontecimentos. Os cenários são bem descritos (coisa que acho que melhorou demais desde Fallen) os diálogos são inteligentes e super atuais, a autora está super antenada nas redes sociais do momento, citando todas elas, até mesmo o Foursquare! Usa de palavras cotidianas e jovens, a tradução ficou de parabéns!
Só vou tirar uns pontinhos da revisão, encontrei uns três errinhos de digitação e a impressão também não ficou cem por cento. Ao menos o meu exemplar ficou com algumas letras borradas.

Quero deixar a fotinha aqui do ator que a autora cita como sendo a inspiração de seu Ander! PS: Hoje ele já está velhinho, a foto é antiga!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

8 comentários:

  1. Hummm legal , eu estou custando a dar um credito para esse livro por estar meio saturada da autora , e das series que começam bem e terminam se arrastando .Mas fiquei bem empolgada com sua resenha , vou fazer assim , esperar sair os outros e ver se todosss vao agradar rs . Mas otima resenha , muito bem escrita e esse moço da inspiração é lindo mesmo kkkkkkkkkkk .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Mi! Eu também estava nessa! Eu não gostei de Fallem, custei a pegar esse, mas olha, não me arrependi nem um pouco!

      Pode deixar que assim que sair o próximo vou ler rapidinho! rsrs

      Bjus!

      Excluir
  2. Oi Andrea!!! Eu adoro Fallen! kkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Quero muito ler este livro por causa disso! Realmente a capa é divina, muito mais bonita que da série Fallen!
    Adorei a resenha!

    bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  3. Como eu nunca li fallen, eu nao posso opinar sobre a qualidade do livro, mas nao tenho vontade alguma de ler o livro, anjos e etc nao me atraem muito kkkk
    Sobre teardrop sempre quis muito ler pq acho linda a capa *-* e amei a resenha, confesso que fiquei meio chateada em saber que tem triangulo, odeio isso, mas nao deixarei de acompanhar essa saga por causa disso nao kkk ate pq a maioria das historias de hoje tem isso ne :/ acho q vou adorar tudo no livro!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E sabe o que é legal Jack, nunca tinha lido nada desse tipo, na verdade nunca me liguei muito em criaturas do mar... A mas esse triangulo tem uma coisa diferente! Vc vai gostar!

      Bjus!

      Excluir
  4. Esse livro é maravilhoso! Fiquei empolgada com a escrita da Lauren nesse livro e espero ansiosa o lançamento dos próximos livros.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir

Por Dentro


© Fundo Falso - 2016. Todos os direitos reservados | não responsivo, melhor visualizado no Google Chrome.
Design e programação por Andréa Bistafa | Ilustração original de Marciano Palácio | Tema base: Blogger | Versão 4.0 | Blog no ar desde 11.01.2011.