✓ Resenha: Casada até Quarta - Catherine Bybee

quarta-feira, 11 de outubro de 2017


Sinopse: O contrato de casamento deles previa tudo.. menos se apaixonar.
O primeiro livro da série Noivas da Semana.
Blake Harrison: rico, nobre, charmoso... e precisando de uma esposa até quarta-feira. Para isso, Blake recorre a Sam Elliot, que não é o homem de negócios que ele esperava. Em vez disso, ele encontra Samantha Elliot, linda e exuberante, com a voz mais sexy que ele já ouviu.
Samantha Elliot: dona da agência de casamentos Alliance, ela não está no menu de pretendentes... até Blake lhe oferecer milhões de dólares por um contrato de um ano. Não há nada de indecente na proposta dele, e além disso o dinheiro vai ser muito útil para quitar as contas médicas da família dela. Samantha só precisa disfarçar a atração que sente por seu novo marido e evitar a todo custo a cama dele.
Mas os beijos ardentes de Blake e seu charme inegável se provam muito difíceis de resistir. Era um contrato de casamento que previa tudo... menos se apaixonar. Agora só resta a Samantha proteger seu coração até que o contrato chegue ao fim.

Título: Casada até Quarta (Skoob)
Autor: Catherine Bybee
Série: Noivas da Semana #1
Gênero: Romance / Hot
Editora: Verus
Páginas: 196
Onde comprar: Amazon / Submarino
Classificação: 8,7 (Ótimo)
Livro cedido em parceria com a editora.




Casada até Quarta é o primeiro livro de uma série com, até então, sete livros.

O típico clichê água com açúcar que quebra sua ressaca literária rs

Não quero ser injusta com esse livro, talvez eu esteja um pouco saturada do gênero, então vou relevar alguns pontos, apesar que provavelmente eu coloque alguns desses pontos não tão entusiastas nessa resenha.

O romance é o típico "sessão da tarde", onde um milionário lindíssimo precisa de uma mulher lindíssima para passar-se por sua esposa afim de resolver os negócios da família.

Nesse caso, Blake, só poderá reivindicar sua herança, deixada pelo falecido pai, cumprindo um contrato onde casar-se e morar com sua esposa por um ano é parte inegociável.

Samantha, ou Sam como ela prefere ser apresentada, é uma mulher de negócios. Dona de uma agência de casamentos, sua missão é encontrar os pares perfeitos, mas ela não contava que seria a pessoa perfeita para Blake. Mas porque raios ela aceitaria um proposta tão inusitada? É simples, Blake é influente o suficiente para alavancar seu negócio as alturas, e Sam, mais do que nunca, está precisando de dinheiro para enfrentar um grande drama familiar, drama esse que molda a personalidade madura, forte e determinada da protagonista.

"Vai depender de você manter o zíper da calça fechado, sr. Harrison. Isso, naturalmente, se pretender terminar o casamento depois do ano acordado. Senão, divirta-se sendo feliz para sempre e dê o meu nome para a sua filha."

Então temos uma misturinha de várias tramas já lidas por esse mundo romântico à fora, um contrato a cumprir, uma tentativa de não entregar-se aos desejos carnais, um garanhão apaixonado e fisgado antes de que possa notar. Nada muito inovador.

Não vamos ser injustas, teve uma coisinha que me chamou a atenção e fugiu um pouquinho do habitual: Blake é um Duque! Sim, um herdeiro da dinastia Britânica! O que é bem raro de encontrarmos no romances contemporâneos que não são ambientados num período histórico.

Ao longo da trama várias coisinhas ao estilo "novela mexicana" vão acontecendo. Aparecem as ex tentando arruinar a, até então, suposta felicidade do casal, aparece um primo querendo roubar a herança (e olha que ele vem com escutas e tudo que tem direito rs), vem um suposto golpe da barriga, que para um dos envolvidos é ótimo, mas terrivelmente assustador para o outro. Tem muito drama acontecendo em poucas páginas, o que inevitavelmente torna a trama toda bem dinâmica.

"Sair da limusine e entrar no mundo de Blake parecia um pouco como a Cinderala no Baile. Só que o tique-taque do relógio duraria um ano. Samantha deveria se sentir bem com esses pensamentos, mas imaginava a abóbora, ratos correndo a seus pés e ela largada segurando um sapato de cristal e seus remorsos."

Blake é o mocinho que todas nós mulheres queremos (sem contar o lado financeiro claro rs), vai mostrando-se um personagem romântico e cuidadoso, apesar de sedutor, um homem de família. 

Há cenas de sexo na trama, mas são bem comedidas e românticas, já que boa parte do envolvimento dos dois vai além do profissional, a um nível de amizade verdadeira e cumplicidade.

Mas então, no geral, vale a pena a leitura?

Sim vale, porque é um livor muito rápido, com uma escrita fluída e gostosa. Se esse é seu gênero favorito, eu tenho certeza que isso livro vai te agradar, ele é na medida certa do seu público alvo.






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

17 comentários:

  1. Oi.
    Entendo o que quer dizer quando disse que está saturada de temas Clichê Já esperado, ainda sim essa é uma leitura que eu estou ansiosa para fazer e Espero realmente ter uma experiência Positiva em relação ao livro apesar de todos os clichês que ele traz E concordo com você o fato de que ele é do que realmente e um duque" tira um pouco o esteriótipo desse tipo de romance enfim eu adoro essas capas e apesar de tudo quero ler os livros.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Eu já li esse livro e também gostei dele. Mas ele é exatamente isso que você disse, um clichê bom para sair de uma ressaca. Eu gostei dos personagens e gostei da história, mas ela é bem novela mexicana mesmo. Vou continuar lendo a série, mas espero que os próximos livros sejam melhores...
    Bjss ^^

    ResponderExcluir
  3. Estava curiosa pra saber mais, principalmente, porque eu sabia que ele era um duque. Fiquei curiosa pra saber como rola essa coisa de nobreza nos tempos atuais, deve ser interessante. De resto, já imaginava que fosse o mesmo do mesmo. Ultimamente, não tem como fugir de cair no clichê, quase tudo já foi contado em alguma história.
    Adorei a resenha! É bom que já sei o que esperar.
    Beijocas, Mari

    ResponderExcluir
  4. Oi Andrea, também achei esse livro com cara de sessão da tarde e bem gostosinho, ótimo pra ler entre livros mais intensos. São poucas surpresas, mas a autora tem uma escrita super fluida e o Duque moderno também me agradou. Amei a resenha e as capas estão lindas dessa série <3

    ResponderExcluir
  5. Já li os dois primeiros livros dessa série, e gostei muito deles. Os dois são desse jeito, bem clichês, na verdade realmente é uma mistura de vários detalhes de outros livros haha.
    Mas é uma história bem leve e fácil de ler. E eu também achei bem diferente o protagonista ser um duque (nunca li um livro contemporâneo com um duque). Com certeza vou continuar lendo a série :D

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Acho que a graça desses livros é justamente ler sem esperar muito porque vai ser uma história clichê e pode até ter um tom de novela mexicana, mas é bom pra quando bate aquela ressaca. Achei interessante esse negócio de um Duque em um livro ambientado nos nossos tempos. Um pouco diferente mesmo. De resto já dá pra ver que é uma história sem muitas surpresas, um romance bom pra ler quando se quer algo rápido. Vou tentar ler essa série quando quiser umas coisas mais leves e tal. Parece boa.

    ResponderExcluir
  7. Realmente esta série é sempre bem elogiada, e tua resenha deixa bem claro os pontos positivos sobre ela. E apesar de amar romances, creio que a proposta da série e seu tamanho ( 7 livros) acaba me desestimulando, creio que até leria se conseguisse comprar em promoção ele. Mas bacana tua resenha, creio que irei sempre acompanhar ela pela blogsfera, se um dia puder lerei. Gosto das capas uma de cada cor ♥

    ResponderExcluir
  8. : Olá, adoro livros clichês e sempre estou lendo. Essa historia me parece ser tão fofa que me deu vontade de ler agorinha mesmo. E adoro série que cada história conta a vida de um casal diferente. Vou pesquisar mais afundo sobre essa série e já adicionei na minha lista.
    Obrigada pela dica e por essa resenha maravilhosa.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Amo esse livro muitooooo. Li ele muito rápido amei os protagonistas, a forma de como um pensava do outro. So achei o conflito muito básico. To com o segundo pra ler e ja quero coloca-lo na frente de todos os outros.

    ResponderExcluir
  10. Adoro esses livros mais clichês. São ótimos pra intercalar com leituras mais intensas. A ideia de um Duque moderno me deixou bem curiosa pra conhecer mais essa história.

    ResponderExcluir
  11. Andrea!
    Mais um romance clichê e super fofo!
    Além de tudo com capa linda!
    E quem não quer esse dinheiro todo para passar um ano casada com um cidadão maravilhoso? kkkkkk
    Gosto de trechos de sexo, ainda mais quando são comedidos e românticos.
    Adorei!
    Um final de semana alegre e feliz!
    “Não há nada que faça um homem suspeitar tanto como o fato de saber pouco.” (Francis Bacon)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  12. Como gosto de ler livros do gênero romance de época, sem dúvidas pretendo ler a série Noivas da Semana, sem contar que a capa deste livro está muito bonita e a história parece ser muito boa, seus comentários sobre este livro me deixaram ainda mais ansiosa para ler ele, pretendo ler Casada Até Quarta em breve.

    ResponderExcluir
  13. Oi, Andrea!!
    Adoro um bom romance clichê, por ser de fácil compreensão e também sempre são ótimas estória para sair de uma ressaca literária. Então, certamente vou adorar conhecer mais a fundo essa série!! E essas capas estão lindas!!
    Bjoss

    ResponderExcluir
  14. Amei a resenha, amei a edição & estou super louca para comprar os livros. Só estou esperando uma possível box ou... ter dinheiro haha'

    ResponderExcluir
  15. Confesso que adoro um romance clichê e previsível Andréa ;)
    Essa série é muito propicia para sair da ressaca literária, pois traz romances envolventes e gostosos de se ler, com histórias de deixar um sorriso bobo no rosto.
    Adorei a forma como a autora conduziu a relação do casal Sam e Blake, um relacionamento que vai sendo construído aos poucos com base na amizade e sinceridade.
    Quero ler, mas não tenho aquela ansiedade, então vou deixar na fila para quando estiver buscando uma leitura mais leve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Oi Andréa,
    Quando vi as capa dos livros Noivas da semana, pensei que se tratasse de romances de época, pois o trabalho gráfico, realmente, engana. A premissa é clichê, mas ao mesmo tempo apresenta uma história que me parece bem construída, principalmente se formos considerar que o livro é curto. Sam e Blake tem questões pessoais bem sérias a serem tratadas ao longo da trama e é isso que os fará entrar nesta relação. Espero ver muito mais do que uma atração crescendo entre eles e que a narrativa da autora seja tão boa quanto parece.

    ResponderExcluir
  17. Essas capas são lindas *-*
    Não espero muito da leitura do livro. Eu comprei o primeiro e pretendo ler pra sair da ressaca literária mesmo.
    Mas esse livro é bem novela mexicana pelo que você falou kkk tem muita coisa acontecendo em poucas páginas e acho que vai ser engraçada a leitura dele.
    O fato de Blake ser um Duque é um diferencial nesses livros contemporâneos.
    Espero curti a leitura.
    Obrigada pela indicação ;)
    Bjss

    ResponderExcluir

Por Dentro


© Fundo Falso - 2016. Todos os direitos reservados | não responsivo, melhor visualizado no Google Chrome.
Design e programação por Andréa Bistafa | Ilustração original de Marciano Palácio | Tema base: Blogger | Versão 4.0 | Blog no ar desde 11.01.2011.