✓ Resenha: Sob Um Milhão de Estrelas - Chris Melo

sexta-feira, 2 de junho de 2017





Sinopse: Alma Abreu está prestes a lidar com um inventário e uma série de histórias de um passado tumultuado que pertence mais aos seus pais do que a ela mesma. Mas este parece o menor de seus problemas no momento. Passar alguns dias na pacata Serra de Santa Cecília veio bem a calhar para a jovem médica, após um incidente no hospital que a deixou sem chão. Ela só não esperava se envolver tanto com a pequena cidade – e com o prestativo vizinho da charmosa casa que sua avó lhe deixou, além de um animado grupo de amigas, filhas das melhores amigas de sua mãe –, a ponto de pensar em deixar sua vida em São Paulo para trás. Será que a vontade de ficar é apenas medo de enfrentar seus problemas? Mas como voltar à velha rotina depois de tudo o que descobriu e viveu em Serra? Em seu segundo romance pela coleção

Título: Sob Um Milhão de Estrelas (Skoob)
Autor: Chris Melo
Gênero: Romance / Drama
Editora: Rocco / Fábrica231
Páginas: 320
Onde comprar: Amazon / Saraiva
Classificação: 9,3 (Ótimo)
Livro cedido em parceria com a editora. 




Sob Um Milhão de Estrelas é um romance/drama com personagens mais maduros, mas lembra o ritmo dos New Adults, talvez pela construção da trama em si.

"Acredite, eu sei que o mundo gira sem parar, mas tempo e evolução não são sinônimos."

Alma é uma jovem médica que acaba de passar por uma tragédia em seu ambiente de trabalho, que envolve seu pessoal também, atingindo diretamente seu relacionamento amoroso. Ainda sem saber lidar com o que vem a assombrando, recebe a notícia do falecimento de sua avó Samanta, que ela nunca conheceu. Com o propósito de cumprir o testamento e buscar sua herança ela parte em uma mini férias para Serra de Santa Cecília, cidade do interior de Santa Catarina.

Alma encontra mais que uma aconchegante casa velha - com um maravilhoso antiquário - chegando ao seu destino conhece Cadu, seu gentil e prestativo vizinho, e com a casa, Cadu e algumas cartas de sua avó, vem as descobertas sobre seu passado. Alma não sabe nada sobre seu pai, apenas que sumiu durante a gestação de sua mãe, as abandonando. Todo seu passado, incluindo a avó paterna, é uma grande incógnita.

"O que é real quando tudo em  que você se segura esmorona? O que é real quando o que te mantém acesa são as coisas que você não pode tocar? Eu não sei... Não sei mais."

A trama toda trás vários pontos fortes, e até mesmo alguns plot twists. Além do passado misterioso de Alma, conhecemos o de Cadu, que é um personagem delicado, um pouco fraco, que ainda sofre por sua ex noiva e uma traição. Cadu é um doce professor universitário, dono de um bar - até badaladinho - mas tem pouca personalidade durante a trama, o que o deixa um pouco apagado quando frente a personagens secundários como por exemplo as amigas que Alma faz na nova cidade. As filhas das amigas de sua mãe que irão aos poucos ajuda-la a descobrir o grande mistério sobre seu passado ao mesmo tempo que Alma ajuda a cada uma delas superar e mudar suas histórias particulares.

"Nossas bisavós eram amigas e juraram que seriam assim por todas as gerações ou pelo menos enquanto elas tivessem filhas garotas. Então nós nascíamos com nossas melhores amigas determinadas."

A protagonista tem essência, ela entra em conflitos internos, tem momentos de ciúmes e dúvidas, pondera entre voltar para seu trabalho e enfrentar seus fantasmas e recomeçar em uma cidade pequena, em um hospital com menos conceito que o que trabalha até então. Cheia de falhas ela se assemelha muito com nós, com a realidade.

Toda a história mostra superação, mostra a importância dos amigos e da família. A história da avó trás perdão e culpa para o enredo e é realmente muito bonita, foi a parte da trama que mais me agradou. Existem momentos que a protagonista deixou a desejar com suas ações um pouco egoístas (aquela coisa sobre falhas e defeitos que citei a cima), sua posição um pouco fria diante acontecimentos bem tristes. Senti falta da interação entre mãe e filha, relacionamento que subentendia-se ser de muito afeto, mas ficou um pouco de lado no decorrer das coisas, talvez propositalmente já que a filha vinha remexendo suas feridas.

"Às vezes, acho que todas as coisas de que abrimos mão acabam virando entulho dentro da gente. E é por isso que a vida fica tão pesada a cada ano." 

No geral, é mais bonita e marcante a história de seu passado, as atitudes que a avó toma para tentar consertar um passado de erros que reverbera após a sua morte, do que o romance e si. O romance é um pouco previsível e não se tornou marcante diante dos demais acontecimentos.

Cada início de capitulo trás versos de Mário Quintana que dão um ar muito, mas muito especial mesmo. A escrita da autora é extremamente agradável, mantem um bom ritmo. Mas da metade até o fim, tirando um acontecimento triste, a narrativa intercalada dos personagens divagando sobre seus medos e sentimentos atrapalharam um pouco a fluidez, já que o romance do casal nunca foi o ponto forte da trama.

Soube que nosso personagem Cadu aparece em outro livro da autora, Sob a Luz dos Seus Olhos, mas não li essa obra para me aprofundar aqui, apenas posso dizer que não precisa ler o primeiro para entender esse, a história é distinta. 

"A parte mais difícil de amar alguém é prometer que nada nunca mudará. Como garantir que jamais nos cansaremos de determinada situação? Eu jamais me cansaria da Alma de hoje, mas sei que mudanças são inevitáveis e imprevisíveis. A vida muda, a gente muda, coisas acontecem e transformam tudo."






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

17 comentários:

  1. Achei essa capa bem bonita e apesar de não ter curtido muito a descrição do mocinho, apagado, fraco, delicado (sério??!rsrs), acho que no geral a história pode ser interessante, principalmente a questão do passado que você citou. Ainda não conheço a escrita da autora mas vejo muitos elogios a seus livros e gostei de saber que esse pode ser lido sem que se tenha lido o anterior. Gostei da resenha ;)

    ResponderExcluir
  2. Andica!
    Acredito que seja mais um dos NA carregados de dramas, mas também que traem a superação e o encontro daquela pessoa que poderá melhor tudo na vida, tanto na dele, como na dela.
    Não li ainda nenhum livro da autra, mas gostei muito.
    Desejo um mês cheio de prosperidade e um final de semana abençoado!
    “A sabedoria consiste em compreender que o tempo dedicado ao trabalho nunca é perdido.” (Ralph Waldo Emerson)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Parece ser um excelente livro, só não gostei da capa, mas a trama chamou a minha atenção com descobertas sobre o passado é só uma pena que o romance não seja marcante, mas mesmo assim ainda seria um livro que eu leria se tivesse a oportunidade.

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Não conhecia esse livro. Não gostei muito da capa, mas gostei muito da fonte usada como se fosse giz. Pela sinopse parece ser um livro um pouco clichê, mas pelos seus comentários e pelos plot twists que você disse que esse livro tem, ele pode acabar me surpreendendo.
    Espero ter a oportunidade de ler em breve! (:
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Confesso que muitas vezes sou induzida a ler um livro mais pela capa do que pela sinopse. E a única coisa que me chamou a atenção na capa do livro foi o título kkkk
    Mas eu gostei do modo como vc explicou que a história se dará. Acho
    Legal histórias em que remexemos em um passado para tentar superar falhas que temos no presente e seguir com o futuros.
    Acho que talvez a descrição do mocinho
    Me deixou com um
    Pé atras em
    Relação ao livro já que tenho um certo crush em mocinhos com personalidade forte e mais bad boys kkkk
    Enfim.. quem sabe esse livro não entre na minha meta de leitura não eh mesmo?
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  6. Meu Deus! Depois de ler essa resenha e ver o quão bom é esse livro, preciso urgente ler Sob a luz dos seus olhos.
    Li apenas um conto da autora e gostei bastante da escrita dela.
    E me parece que nesse novo livro, a autora consegue prender o leitor do início ao fim, com uma história bem desenvolvida e personagens bem construídos. Parece ser uma leitura incrível e bem apaixonante.
    E o que falar dessa capa? Achei super caprichada <3
    Já coloquei o livro na minha listinha de leituras e espero ler em breve, ainda mais sendo um nacional!
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  7. Boa noite!
    Esse livro me parece lindo em todos os sentidos!
    Já tinha visto ele em alguns lugares, mas só aqui pude saber um pouco mais da história.
    Os personagens, pelo que li, estão super bem construídos e cheios de personalidade. Além de tudo isso, adoro reviravoltas, então já fiquei mais curioso quanto a isso.
    Uma pena não ter fluído tanto em algumas partes.
    O projeto gráfico está muito lindo, assim como a foto do post.
    Abraços,
    Daniel.

    ResponderExcluir
  8. Eu amoooo Cris Melo! Ela é uma das melhores escritoras da atualidade! Todos os pontos são mais que merecidos!

    ResponderExcluir
  9. Oi Andrea ♥
    Nunca li nada da Chris melo, mas esse mês resolvi encarar e ler o primeiro livro dessa serie dela, sob a luz dos teus olhos. Ouvi várias pessoas falando o quanto essa estória é encantadora e fiquei doidinha pra conferir. Acho que nunca torci tanto pra curtir uma estória como estou por essa. Gostei de saber que a protagonista tem algo diferente, e agora minhas expectativas foram nas alturas ahhaha Enfim, espero mesmo poder gostar no livro que irei ler dela para poder conferir esse.

    PS: Essa capa é maravilhosa ♥


    Bjão Andrea

    ResponderExcluir
  10. Achei essa capa divina e é muito gratificante ver essas obras nacionais ganhando destaque 💜 a história parece ser apaixonante e cativante, com certeza vou colocar na minha estante do skoob

    ResponderExcluir
  11. Oi Andréa,
    Já li algumas resenhas deste livro e, mesmo ele não sendo de um gênero que gosto de ler, a história conseguiu me chamar atenção. Sob um milhão de estrelas tem uma proposta simples, mas real. Alma leva uma vida comum até o momento em que alguns acontecimentos a levam a outro rumo onde tudo pode mudar completamente e esta é a parte da trama que me interessou, pois é algo onde muitos leitores podem se identificar, inclusive eu. Sinto que faltou neste livro um pouco mais de aprofundamento tanto no enredo quanto nos personagens para que a história fosse mais cativante e única.

    ResponderExcluir
  12. Eu realmente tô bem divida em relação a esse livro, não sei se gostei ou não. Achei a história interessante mas sabe quando não o suficiente? Talvez eu devesse dar uma chance mas acho que tem muitos outros que colocaria na frente. Ainda assim, gostaria de ter a oportunidade mais pra frente de descobrir como a Alma se saiu diante dessa reviravolta na sua vida.

    ResponderExcluir
  13. Oi Andrea.
    Eu ja tinha ouvido falar do livro, mas confesso que ele não tinha me chamado a atenção.
    Entretanto tenho que assumir que a premissa é para lá de interessante e o fato de cada capitulo é incrível, enfim, ansiosa para desfrutar dessa leitura.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  14. Oi Andréa,
    Esse livro chamou muito a minha atenção quando vi a divulgação do lançamento, especialmente o titulo, mas depois acabei me esquecendo, sendo que essa é a primeira resenha que leio. Apesar de alguns poucos falhos, no geral, a história parece ser bem envolvente e cativante, com essa jornada da protagonista em busca de revelar o mistério sobre seu passado, e principalmente, sobre a condução dos dramas da Alma. Adoro livros que trazem histórias sobre perda, superação e que passam a mensagem da importância da família e amigos. Uma pena que o romance foi fraco e que o Cadu não tenha sido bem desenvolvido durante a trama.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. Oi Andrea, sou fã da Chris, e adorei o livro Sob a Luza dos seus olhos, por isso quando soube deste livro fiquei bem empolgada. Não tinha lido nada a respeito dele ainda, ou seja, sua resenha me deu uma boa situada na história e não me surpreendi pela sua notas. Torcendo aqui pelo Cadu e espero ler em breve.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  17. Olá Andrea!
    Falar sobre o passado não agrada a ninguém porque são feridas que machuca muito a pessoa. O livro já tinha visto em varios blog porém nunca cheguei a ler a resenha. A premissa do livro e muito boa, tem aquela historia de conflito de familias, encontrar um novo amor e a personalidade da personagem e incrivel, amei muito a trama dele.

    ResponderExcluir

Se você tem um blog, deixe o link, retribuo com carinho todos os comentários!

Por Dentro


© Fundo Falso - 2016. Todos os direitos reservados | não responsivo, melhor visualizado no Google Chrome.
Design e programação por Andréa Bistafa | Ilustração original de Marciano Palácio | Tema base: Blogger | Versão 4.0 | Blog no ar desde 11.01.2011.