✓ Resenha: Opostos - Jennifer Souza

quarta-feira, 31 de maio de 2017


O Que você faria se sua vida de repente, virasse de ponta cabeça e levasse você a um lugar totalmente desconhecido e diferente do que você está habituado?
Veremos como a patricinha mimada Lia lidará com essa situação.
Após a morte de seus pais em um terrível acidente de carro, Lia se vê falida e sem ter onde morar. Acostumada aos luxos e a ter tudo que o dinheiro pode comprar, Lia acaba fixando residência na humilde fazenda dos seus avós.
Tentando sair dali a todo o custo, o que ela não esperava era que naquele fim de mundo, encontraria um Cowboy Sexy e Grosseirão disposto a irritá-la de todas as formas.
Entre brigas e discussões, eles acabam envolvidos em um tórrido caso de amor.
Poderia duas pessoas tão diferentes uma da outra se acertarem?
Intenso, divertido e apaixonante.
Um romance que o deixara preso até a última página.

Título: Opostos (Skoob)
Autor: Jennifer Souza
Gênero: Romance / Hot
Editora: Age
Páginas: 198
Onde comprar: Amazon / Saraiva
Classificação: 9,4 (Ótimo)
Livro cedido em parceria com a autora.




Em Opostos temos a história de Lia, chocando-se com a de Alexander, patricinha versus cowboy!

Lia vive e esbanja muito bem, nascida em uma família rica, vive em meio a alta sociedade. Acostumada a ter tudo e todos as seus pés, nunca se importou com as finanças da família, com os sentimentos das pessoas, assim como com nada que não fosse seus pertences e sua vida social acalorada.
Quando um acidente de carro tira a vida de seus pais, Lia até arrisca-se a sentir a perda, mas em questão de minutos está pronta para superar, já que nunca foram exemplo em afeto. O que ela não esperava ter de superar é a falência da empresa e a drástica mudança de vida.

Sem dinheiro, sem nada poder fazer para restabelecer-se, Lia descobre através do advogado da família que os avós maternos, que ela sempre acreditou estarem mortos, estavam na verdade vivendo em uma cidadezinha no interior do Rio Grande do Sul. Com um plano em mente, Lia parte para lá acreditando que os avós podem ajuda-la financeiramente, afinal, eles eram ricos também, não?

Entre amores e dissabores, a protagonista entra naquele processo de negação onde tudo aparentemente está errado e é durante esse processo que ela encontra Alexander. Ele é o típico caipira, gostosão mas bem xucro, casca grossa. Até um pouquinho machista, ou melhor, macho alfa.

O desenvolver da trama não foge do clichê, do clássico entre tapas e beijos. O ritmo é gostoso, bem ágil, a rede de intrigas dos antagonistas vai se misturando ao crescimento pessoal de Lia, principalmente em relação à valores familiares. A protagonista evolui muito mas não perde a essência, já que teve uma vida de patricinha, ainda leva um instinto de posse para seu relacionamento, o que em momentos pode até irritar o leitor que não gosta desse tipo de abuso, mas faz parte da veracidade da trama assim como o jeito, por horas, um pouco machista de um rapaz do interior, de criação tradicional.

"Parece que de repente tudo o que eu julgava ser importante não tem mais valor algum. E isso, Alexander, me assusta muito."

Os personagens são bem estereotipados, patricinha, cowboy charmoso, milionário arrogante, antagonistas que você não tem a opção de não odiar, já que são totalmente sem escrúpulos. 

Os capítulos são alternados entre Lia e Alexander, ambos em primeira pessoa contando seus pontos de vista. O que é legal aqui foi a voz que a autora deu a cada um, já que Alexander tem um sotaque mais carregado e gírias tipicas de sua região, e Lia já não tem.

" - Então quer dizer que tu passou o dia inteiro pensando em mim? Nossa! Estou lisonjeado. E eu que pensei que tu me odiava..., mas só para não te iludir, prenda, saiba que não estou interessado."

Vamos lembrar que o livro foca no romance, por isso o clichê, e também no hot, ressalto que  gostei da dosagem, já que as cenas quentes não são em excesso e são extremamente agradáveis. O diálogo do casal as vezes soa infantilizado mas tem a tensão certa e deixa o leitor satisfeito.
Tem um pezinho de "novela mexicana", aquela coisa que deixa a gente no "meu Deus que trágico!", isso na maior parte das vezes agrada o público alvo da obra, e me agrada em particular, assim como cenas mais cômicas que dão leveza ao enredo.

Jennifer Souza é uma autora brasileira, sucesso de vendas na Amazon, com vários livros já publicados. Opostos trás uma trama independente de suas séries de maior sucesso e acredito que seja uma ótima opção para conhecer mais a escrita gostosa da autora.

Por fim, o livro aposta no romântico com uma mensagem bonita, onde te faz pensar se realmente os opostos se atraem ou na verdade, o oposto nada mais é que um reflexo.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 comentários:

Postar um comentário

Por Dentro


© Fundo Falso - 2016. Todos os direitos reservados | não responsivo, melhor visualizado no Google Chrome.
Design e programação por Andréa Bistafa | Ilustração original de Marciano Palácio | Tema base: Blogger | Versão 4.0 | Blog no ar desde 11.01.2011.