✓ Resenha: À Procura de Alguém - Jennifer Probst

quinta-feira, 9 de março de 2017



Sinopse: Sorte nos negócios, azar no amor: essa é a sina de Kate. Aos 28 anos, ela está longe de ter conhecido alguém especial com quem dividir a sua vida. Sua carreira de cupido profissional, por outro lado, vai de vento em popa: todos na pequena cidade de Verily, Nova Iorque, conhecem e admiram a Kinnections, agência de relacionamentos que Kate fundou com suas duas melhores amigas. Até que, um dia, um homem tão lindo quanto furioso entra em sua sala. Slade Montgomery é um advogado de divórcios que não acredita em finais felizes e muito menos em agências de relacionamentos. Para ele, a Kinnections é uma grande farsa, criada para ludibriar pessoas frágeis e ingênuas, como sua irmã. Agora, é uma questão de honra: Kate não vai medir esforços para provar a Slade que seus talentos são legítimos e suas intenções nobres, nem que para isso precise encontrar a namorada ideal para ele. Mas um simples toque vai fazer com que essa tarefa se torne muito mais difícil do que ela poderia conceber...

Título: À Procura de Alguém
Autor: Jennifer Probst
Série: Searching For #1
Gênero: Chick-lit / Romance
Editora: Paralela
Páginas: 288
Onde comprar: Amazon / Saraiva
Classificação: 9,1 (Ótimo)
Livro cedido em parceria com a editora. 




Um Chick-lit com o pé no hot!

Á Procura de Alguém trás a história de Kate, dona de uma agência de relacionamentos, que ironicamente é solteira!

"Ótimo, ela seria a velha dos gatos, e logo ela, que sempre gostara mais de cachorros."

Com 28 anos ela ainda não encontrou seu par ideal, após cem encontros (contadinhos) talvez fosse mais fácil se ela não soubesse que almas gêmeas são reais.
Kate nasceu com um dom, ela pode reconhecer almas gêmeas apenas com um toque de suas mãos. Esse dom (ou maldição) está há gerações em sua familia. Juntando o útil ao agradável então, ela funda junto com duas amigas, a Kinnections.

Sua vida continuaria em ritmo normal se não fosse por Slade, que entra de supetão em sua agência procurando pela responsável por enganar sua irmã, lhe prometendo encontrar o verdadeiro amor.

Kate é uma personagem adorável, tudo que ela faz na vida é pensando em ajudar o próximo, e trabalhar em uma área onde há tantos "charlatões" faz com que Kate sempre queira provar sua honestidade e empenho. Então quando Slade, um renomado advogado lhe promete arruinar seu negócio, ela lhe propõe que faça o teste e veja por si que os resultados são reais.

Slade por ironia do destino é um advogado especializado em divórcios, e após o seu próprio, tornou-se completamente cético para o amor. Quando sua única irmã (e única familia) tenta suicídio após um termino, ele está convencido que protege-la é sua maior missão. Kate teria um desafio e tanto para apresentar pretendentes, mas saberia, assim que tocasse o par correto, quem escolher. No entanto vocês imaginam o que houve certo? Ela sentiu o choque quando o tocou, mas recusaria-se a aceitar que ele, logo aquele homem cético, fosse sua alma gêmea. E assim haveriam consequências.

Toda a trama é leve, tem um ar de chick-lit, contando o dia a dia das amigas, coisas triviais, com muito humor. Slade, que irá descobrir-se apaixonado pela "charlatona" antes mesmo do que imaginamos, já que a atração física que sente por ela, não perde para a atração que sua personalidade lhe causa, conflitos esses que são bem elaborados, já que o pensamento machista e possessivo está sempre na cabeça dele, mas como um homem instruído, não permite que eles saiam de lá, policiando-se em vários momentos, o que torna a história muito agradável, posto que vemos o crescimento do personagem pela sua própria perspectiva.

Temos um problema bem real na trama, onde Slade insiste em criticar os homens com que a irmã sai, mas não se ve fazendo com Kate, quase sempre, a mesma coisa. a Irmã por sua vez, ainda que sendo uma personagem secundária, que tem importância grande mas não aparece tanto, mostra-se de início uma menina problemática, com excesso de cuidados do irmão, onde a quase torna egoísta e infantil. Mas gostei de ver o sentimento de posse masculino ser mais direcionado á ela do que a Kate de fato, e a autora trabalhar ambos, levando crescimento para Slade e a irmã também.

"São nossos primeiros amores que nos definem, que nos ensinam lições e nos fortalecem."

Entre aspectos da vida da protagonista que nos fazem admira-la, está a adoção de Robert, um Pit Bull paraplégico, o jogo de cintura com a mãe, que palestra sobre sexo e tem um hábito terrível de fumar maconha (e colocar baseados na bolsa da filha), sempre com aquele ar de hippie/"bruxa do bem".

O epílogo não poderia ser mais especial e encantador!

Sobre a diagramação
Eu não gosto de livros onde os diálogos são colocados entre aspas na mesma oração, isso atrapalha demais a minha leitura, e À Procura de Alguém foi diagramado dessa maneira, que normalmente vemos em livros escritos em "forma de carta".

No geral, o livro cumpre tudo que promete, é gostoso e contagiante, a escrita da autora muito divertida e jovial, só não achei a trama em si, muito marcante. É o tipo de história para relaxar e passar um dia agradável!








Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

11 comentários:

  1. andica!
    Gosto de chick lit e se tem uma pitada hot, ainda mais e achei a trama muito bem desenvolvida, com a protagonista tendo o dom de encontrar a alma gêmea das pessoas, embora não aceite sua própria alma gêmea.
    Deve ser uma leitura ótima.
    “Ninguém nasce mulher: torna-se mulher.” (Simone de Beauvoir)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  2. Foi uma boa surpresa!☆☆☆☆
    Por diversos momentos imaginei como se estivesse em um filme, acho que daria um bom roteiro.
    Melhor do que a Katie e o Slade, foi o Robert. O que é aquele cachorro gente? Que coisa mais fofa, fiquei apaixonada, ainda mais quando soube se tratar de uma história verídica.
    A química dos personagens é incrível, não dá para negar isso. 
    A historia é boa, mistura romance, fantasia, sonho e cenas hot quando necessárias.
    Eu também recomendo ♡

    ResponderExcluir
  3. ESse livro parece bem divertido.Fiquei bem curiosa. Para saber o que desenrola entre os protagonistas, quando Kate descobre que Slade é sua alma gêmea.Amo o gênero chick-lit.Legal vermos o crescimento do personagem por sua própria perspectiva.amei o fato dela adotar Pit Bull paraplégico.Com certeza um livro leve para relaxar.😘❤

    ResponderExcluir
  4. Oi Andreia
    Eu ia comprar esse livro nessa promoçao da saraiva, mais acabei esquecendo.Tambem tenho problema pra ler livros onde os dialogos sao entre aspas, as vezes me perco acho que eles estao pensando e nao falando.
    Eu queria saber porque a editora coloca essa diagramacao.
    Agora o geito e coloca ele ja lista de livros pra black friday...

    ResponderExcluir
  5. OI Andrea.
    Coitadinhos mesmo hem, essa procura foi longa kkkk.
    Eu amei a premissa do livro e estou bem interessada, me desanimei um pouco com está capa mas fazer o que né, já prevejo muita confusão neste livro principalmente por eles ser completo opostos e advogado são cabeça duras kk.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  6. Oi Andréa,
    Só de ler a sinopse senti toda a tensão que irá rolar entre os protagonistas, pois além de terem profissões opostas, suas crenças e valores são muito diferentes. Enquanto um defende e acredita no amor verdadeiro, o outro vai contra tudo que um relacionamento pode oferecer. Não sou fã de chick-lit, acho as histórias sempre o mesmo do mesmo, mas gostei desse elemento meio "fantasia" imposto pela autora, pois trás uma proposta diferente para o livro!!

    ResponderExcluir
  7. Nossa, como assim? Não conhecia essa obra ainda!!!
    Já vou colocar na minha listinha de leituras <3
    Achei super interessante a história e espero poder conhecer em breve.
    Sua resenha me deixou muito curiosa. Parece ser uma leitura e tanto <3
    Como gosto de romances, acho que vou curtir muito esse livro.
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  8. Oi! Já tinha ouvido falar nesse livro, mas ele não despertou meu interesse. Eu até gosto de chick-lit e livro hot, mas isso de ter dom, sei lá, não me chama a atenção. Achei engraçado ela colocar os baseados na bolsa da filha hahaha
    Mas enfim, acho que não leria esse livro no momento

    ResponderExcluir
  9. olá,
    Eu me apaixonei pela capa, e super simples e fofa..a historia e envolvente, amorosa e dever se contagiante, amei a resenha dele...e acho que ela conseguira se apaixona ao longo do livro, não será essa pessoa que ela é...
    Amei!

    ResponderExcluir
  10. Oi Andrea, deu pra sentir o toque de chick lit na história. Eu até imagino nossa protagonista não aceitando o fato de que o homem na sua frente é sua alma gêmea. Fiquei com a impressão de que eles discutem muito no livro, e não sei se estou certa quanto a isso. Mas um coisa eu sei. Preciso ler o quanto antes, e convenhamos que essa capa está lindinha né *-*
    Beijokas
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Li esse livro e algum tempo e a historia me conquistou, gostei muito da ideia da historia com a agencias para relacionamentos e de suas donas que mesmo tempo sido pouco mostrada nesse livro me deixou curiosa para saber mais sobre elas, esse casal também me conquistou, mesmo o Slade me irritando muito ao longo da historia !!

    ResponderExcluir

Se você tem um blog, deixe o link, retribuo com carinho todos os comentários!

Por Dentro


© Fundo Falso - 2016. Todos os direitos reservados | não responsivo, melhor visualizado no Google Chrome.
Design e programação por Andréa Bistafa | Ilustração original de Marciano Palácio | Tema base: Blogger | Versão 4.0 | Blog no ar desde 11.01.2011.