✓ Resenha: Fellside: Estranhos Visitantes - M.R. Carey

sexta-feira, 3 de março de 2017




Sinopse: Uma história de terror moderna, perturbadora e emocionante, assinada pelo mestre dos quadrinhos M. R. Carey, pseudônimo de Mike Carey, roteirista de sucessos como X-Men e Hellblazer e autor do cultuado A menina que tinha dons, adaptado para a telona pela Warner Bros (ainda sem previsão de estreia no Brasil). Em seu segundo romance, Carey conta a história de uma mulher que vive em Fellside, uma prisão de segurança máxima localizada nos confins da Inglaterra. Acusada de ter incendiado o seu apartamento e matado por acidente uma criança, Jess Moulson vive afundada em culpa e medo, e sabe que não pode confiar em ninguém ali. Até que começa a ouvir a voz de uma criança. Uma criança morta, que tem uma mensagem para Jess.


Título: Fellside - Estranhos Visitantes
Autor: M.R. Carey
Gênero: Suspense / Sobrenatural
Editora: Rocco
Páginas: 462
Onde comprar: Amazon / Saraiva
Classificação: 9,9 (Excelente!)
Livro cedido em parceria com a editora.




Jess acorda em um hospital sem saber o que aconteceu. Está fraca e debitada e, o mais estranho, é que uma policial a vigia na porta. Aos poucos, descobre que ocorreu um incêndio em seu apartamento, pelo qual foi a responsável. Contudo, Jess não se lembra de muita coisa daquela noite: viciada em heroína, estava sob efeito da droga.

Devido ao incêndio, um garotinho de apenas dez anos – seu vizinho – é morto ao inalar a fumaça. Jess é acusada por homicídio pelo fato de o incêndio ter sido proposital – embora a intenção de matar jamais fosse para Alex, mas sim para John, com quem a garota mantinha um relacionamento abusivo.

Do hospital, Jess passa para a ala de detenção provisória e, de lá, é transferida para a prisão de segurança máxima Fellside, em Yorkshire.

Com a consciência em frangalhos por ter sido a responsável por algo tão terrível, embora não se lembre do que ocorreu naquela noite, Jess apenas não se declara culpada na justiça pela extrema insistência de seu advogado, pois ela acredita que a prisão é tudo – e somente – o que merece.

Jess teve metade do rosto queimado no incêndio e recebe o apelido de Assassina dos Infernos pela mídia e por todos que a perseguem pela morte de Alex. Ela o conhecia de vista e ocasionalmente tentava conversar com o garoto, tendo oferecido inclusive uma xícara de chocolate quente em algumas ocasiões.

A garota, então, inicia uma greve de fome, pois é a única maneira de se suicidar na prisão. Porém, em seus sonhos, ela passa a ver Alex e ele tem uma revelação para ela, fazendo-a parar a greve de fome a fim de desvendar o novo e surpreendente elemento da fatídica noite: Alex diz ter sido torturado por alguém.

“Não havia alguém lá ou atrás da cama. A cama estava bem encostada na parede, com a cabeceira fixa a ela. O vão em que aqueles passos saltitavam sem parar simplesmente não existia.” (p. 101)

O primeiro passo após interromper a greve de fome é pedir um recurso na justiça e a ajuda de seu advogado para desvendar se havia mais alguém envolvido na morte do garoto. Também passa a manter uma amizade com o espírito de Alex, que aparece cada vez com mais frequência na prisão, e a faz ter forças para enfrentar sua realidade e desvendar o que realmente ocorreu.

Em paralelo, descobrimos que Fellside, apesar de ser uma prisão de segurança máxima, é envolvida em vários esquemas de agentes desonestos e tráfico de drogas, onde Jess inevitavelmente acaba envolvida, piorando ainda mais os seus problemas.

A narrativa é muito envolvente, nos sentimos na pele de Jess e queremos a todo custo descobrir o que ocorreu na noite do incêndio. Ao mesmo tempo, somos apresentados ao universo de uma prisão de segurança máxima, cheio de violência e falta de honestidade até de quem deveria dar o exemplo. Contudo, o que atraiu mais minha atenção foram as aparições de Alex, a revelação sobre sua morte e o cenário obscuro do Outro Lado, que é onde Alex vive.

O tema une suspense com mistério, temos a Jess como protagonista, o que faz com que o leitor veja os fatos pelos olhos da própria criminosa. A ambientação da história em uma cadeia de segurança máxima torna tudo ainda mais emocionante – e amedrontador, sem contar as passagens fantasmagóricas pelo Outro Lado.

Eu gostei muito da Jess, mesmo que ela tenha feito algo horrível e não se lembre. Ela se mostra alguém muito forte e corajosa, batendo de frente com detentas perigosas e buscando o que for possível para descobrir sobre a morte de Alex, mesmo que não possa sair da prisão. Ela fez a promessa de “ajudar” o espírito e fará de tudo para cumprir com sua palavra.

“[..] Ou ela havia encontrado uma razão de viver ou estava mentindo para si mesma em um nível tão profundo que efetivamente estava louca. E parecia tão óbvio considerando a questão sob esse ponto de vista. Era exatamente a plena realidade do desejo que ela teria escolhido. Que Alex não estivesse morto. Ou, se estivesse morto, que ainda precisasse dela de alguma forma, por mais absurdo que fosse...” (p. 132)

A capa é bonita e atraente, assim como a diagramação. A revisão também está excelente, tornando Fellside uma leitura de tirar o fôlego – e de querer terminar em um dia. Para quem gosta de um bom mistério, com cenas fortes e uma dose generosa de sobrenatural, convido à uma estadia na prisão de segurança máxima, mas tenha cautela, afinal, parece que a tal Assassina dos Infernos tem um anjo da guarda...








Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

16 comentários:

  1. OMG! Sinto que é bem arrepiante essa história rs. Ouvir uma vozinha de criança não é nada legal.
    No momento, por não curtir histórias muito sombrias, não leria o livro em questão.
    Claro, parece ser uma história muito bem desenvolvida, com personagens bons, mas prefiro não me arriscar ainda nesse universo!
    Mas confesso que sua opinião sobre a obra me deixou curiosa.
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  2. Deus que lkivro é esse!
    Como fiquei presa a cada palavra, esse me aprece ser um livro bem interessante, acho que me tiraria com certeza da minha zona de conforto, estou louca para saber o que acontece e qual será o desfecho, acho que matar o menino sem a intenção deixou a mente da personagem em pedaços, enfim esse vai para minha lista com certeza.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Estou super curiosa para saber oque realmente aconteceu com Alex,a história parece ser muito interessante e como amo mistérios e acho que este toque sobrenatural e o fato da personagem estar em uma cadeia de segurança maxima deixa com um ar mais sombrio, estou super anciosa para ler <3

    ResponderExcluir
  4. Nota altíssima já me deixa bem curiosa.
    Já conhecia o livro mas não tinha certeza do que esperar da história. Estou curiosa para como vc disse estar na mente da criminosa e saber a realidade dessa prisão que é bem próxima das que temos por aqui

    ResponderExcluir
  5. O enredo do livro me deixou bastante curioso a nota para ele foi alta, ou seja, colaborou para que eu o adicionasse na minha lista de desejados. Amei sua resenha, eu não conhecia a obra, mas fiquei encantado com a reviravolta do livro, o fato de acompanharmos uma criminosa comunicar com uma vítima (ou não) é muito instigante. Adorei, como eu disse, adicionei na lista de desejados! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  6. Amanda!
    Nossa! Livros em presídio são totalmente chocantes e mostram uma realidade que pelo menos eu nunca cheguei nem perto.
    Quanto sofrimento Jess passa e por incrível que pareça é justamente o garoto morte que vem dar uma luz para ela de tudo que aconteceu e quem sabe livrá-la do presídio, maravilha!
    Bom final de semana!!
    “Se sabemos exatamente o que vamos fazer, para quê fazê-lo?” (Pablo Picasso)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  7. Não vejo ninguém falando desse livro, e a primeira resenha que eu leio, deu uma curiosidade. Já tá marcado no skoob que eu quero ler ele desde o lançamento. Só me falta tempo.

    ResponderExcluir
  8. Oii! Já tinha ouvido falar nesse livro mas confesso que ele não tinha me interessado.
    Agora, lendo sua resenha, ele já foi pra lista dos livros que quero ler!
    Amo esse clima de mistério, suspense, o fato de haver um crime a ser desvendado, uma pessoa que não sabe bem o que fez e tal, além do dia-a-dia em uma prisão e a corrupção por trás dela.
    Adorei a resenha e a forma como você avalia as obras!

    Beijos
    Duas Leitoras - no Top Comentarista de Março você pode escolher entre 4 livros!

    ResponderExcluir
  9. Oi Amanda, eu estava gostando muita da história, com toda essa vibe de culpa por ter causado a morte de uma criança de apenas dez anos até chegar na parte sobrenatural. Eu leio muita coisa assim, mas classifico minhas leituras,e essa coisa de espírito que vem para ajudar a desvendar alguma coisa, não funciona para mim.
    Beijos
    [SORTEIO]Baile Literário
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  10. Aquele momento em que você ler que a protagonista vê o espirito do menino e você internamente já ta se tremendo, sim amiga, sou muito medrosa kkk Mas se tem uma coisa que você falou e não se pode negar é que só lendo a sua resenha eu fiquei com uma pulga atras da orelha pra saber o que aconteceu com o menino, porque estou sentindo que tem treta aí, o que é meio obvio pela resenha kkk. Por sinal eu gostei da forma que você avalia as obras, faz o leitor ter uma ótima visão do que você achou bom no livro.

    ResponderExcluir
  11. Uau, amei sua resenha, adorei a historia do livro, ela me cativou muito...adoro livros de suspenses, misteiro e tudo...ainda deixa aquele ar de quer aconteceu com ela, o que será que passou naquele incedio...achei super legal..a capa e linda, já vi muito eles porém nunca cheguei a ler a resenha dele mas agora sim me deixou curiosa!!

    ResponderExcluir
  12. Confesso que gosto de suspense com mistério e essa premissa me chamou atenção,a personagem uma mulher que é presa,acusada de ter matado uma criança,um menino de nome Alex,sem contar na pitada sobrenatural quando ela começa a interagir com o espírito do menino e começa a buscar a verdade do que realmente aconteceu com Alex e quem o torturou.Amo personagens fortes e corajosas como a Jess também.Fiquei curiosa com o desfecho.😘❤

    ResponderExcluir
  13. Bom dia!
    Só encontro comentários possitivos quando o assunto é esse livro, de acordo com comentários vistos em varias publicações esse escritor é ótimo e tem uma boa imaginação. E depois de ver tantos elogios assim não pude deixar de compra-lo na promoção de ontem.
    Esse é meu tipo de gênero preferido!
    Esperando ansiosamente pela chegada dele.♡

    ResponderExcluir
  14. Oi Amanda,
    Fiquei intrigada pela trama, principalmente pelo ambiente escolhido, que é algo que difere de outros livros do gênero. Não sei como se dará a narrativa, mas algo que me chama atenção é que, basicamente, teremos um único cenário no livro e isto pode acabar limitando um pouco o enredo, não exatamente de uma forma negativa, mas espero que a leitura não fique muito repetitiva. Agora, acompanhar a protagonista tendo que pagar pelo o que ela fez deve ser angustiante, principalmente em uma prisão de segurança máxima sem ela se lembrar do ocorrido. Apesar de toda a trama envolvendo a morte de Alex, o livro trás bem mais história, pois veremos uma mulher tentando se redimir por um crime onde se vê inteiramente culpada e ela quer pagar por isso, quanto pelo elemento sobrenatural aqui inserido em forma de "espirito" do menino morto. Não conheço a escrita deste autor, mas já ouvi falar muito bem de A menina que tinha dons e, acredito, que este livro traga uma história tão boa quanto.

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Ainda não conhecia esse livro, mas achei interessante temos um livro de mistério no qual a personagem já se encontra na prisão, deixando esse um cenário bem diferente e interessante, a Jess parece conseguir nos conquistar ao longo de toda essa trama e fiquei curiosa para saber mais sobre o que realmente aconteceu, também achei interessante temos esse outro lado e se tiver oportunidade quero ler esse livro !!

    ResponderExcluir

Se você tem um blog, deixe o link, retribuo com carinho todos os comentários!

Por Dentro


© Fundo Falso - 2016. Todos os direitos reservados | não responsivo, melhor visualizado no Google Chrome.
Design e programação por Andréa Bistafa | Ilustração original de Marciano Palácio | Tema base: Blogger | Versão 4.0 | Blog no ar desde 11.01.2011.