✓ Resenha: Traços - Eduardo Cilto

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

 Sinopse: Quando Matheus aceitou acompanhar Beatriz na festa do colégio, jamais imaginou que terminaria a noite participando de um ritual místico (de veracidade duvidosa) para saber o que o futuro reservava para ele e a amiga. Assim que as velas que os cercavam se apagam e uma resposta esquisita encerra a cerimônia, Beatriz leva o resultado a sério e entende que deve fugir da cidade pequena para se encontrar com seu destino nas ruas da capital de São Paulo. Perdido no meio de tudo, Matheus é obrigado a repensar o que considera certo ou errado quando é convidado para participar do plano maluco de fuga e decide que precisa passar por cima dos limites impostos pelos pais para finalmente ser capaz de entender quem realmente é. Os dois amigos partem sozinhos para São Paulo e carregam consigo não somente as malas nas costas, mas também o peso de todos os problemas que achavam que estavam deixando para trás. Sem ter ideia do que estão enfrentando, Matheus e Beatriz descobrem mais sobre si mesmos, criam, quebram laços e encaram desafios que jamais pensaram que confrontariam enquanto contavam as moedas para realizar esse grande plano que iria mudar suas vidas para sempre.


Título: Traços
Autor: Eduardo Cilto
Gênero: Young Adult
Editora: Planeta de Livros
Páginas: 272
Ano: 2016
Melhor Preço: R$ 25,50
Classificação: 8,8 (Ótimo)


Matheus é um jovem nerd introvertido que está no último ano do ensino médio buscando se livrar dos conflitos em casa, superar a morte do irmão mais velho e encontrar seu lugar no mundo. Ao conhecer Beatriz, tudo na vida de Matheus passa a mudar. Sua rotina, os lugares que frequenta e a imensa lista de pequenos sacrifícios diários que comete por sua paixonite só aumenta. Mas dessa vez Beatriz passou dos limites: após uma festa escolar regada a uma garrafa de vodca, Matheus, Beatriz e mais um casal de amigos participam de um ritual mágico que entrega a Beatriz novas respostas sobre seu futuro.

Obviamente, Beatriz e sua impulsividade não se contêm e planejam uma viagem para São Paulo com o objetivo de conhecer o youtuber Garoto Diferente e descobrir o que a cidade cosmopolita pode proporcionar a ela. Sua tendência mandona e mimada logo impõe que Matheus a acompanhe nessa louca jornada. Após uma certa resistência e mais uma discussão em casa, ele decide deixar tudo para trás, sem pensar nas consequências, no passado. Seu foco torna-se Beatriz. 

O enfoque em Beatriz sufoca o leitor no começo. Uma garota cheia de vontades loucas e um garoto pronto para satisfazê-las: um clichê famoso e que já deu muito certo, mas agora me causa aversão, principalmente quando é aplicado de uma forma tão bruta. Ao mesmo tempo, Beatriz demonstra tudo isso por ser uma personagem profunda e repleta de sonhos, arrependimentos e persistência. A minha percepção foi além e conseguiu ver um pouco de Beatriz em todo mundo, mas isso não justifica a postura obstinada que poderia ter sido melhor imposta com um bom senso de realidade.

Aliás, a realidade é muito marcante em todo o enredo, seja pela falta, seja pelo excesso. Em alguns momentos são cometidas tamanhas loucuras que sabemos estar bem além da nossa vivência, mas tem-se também uma realidade visceral ao tratar dos sentimentos, da auto aceitação e da desventura que é ser adolescente. 

O autor comentou que todos os personagens tem um pouco de si e, sem dúvidas, sua jovialidade, bom humor e bom gosto cultural foram transmitidos à primeira obra do Eduardo, que é um YouTuber com mais de 200 mil inscritos no seu canal literário. As impressões sobre cultura pop estão em todos os capítulos, desde nomes de pessoas até títulos de músicas que são citadas com propósito em determinadas cenas. A consciência social do autor também escancarou e repudiou o machismo e a transfobia. 

"Uma estrada a seguir, um coração a afundar e um destino a cumprir"

O estilo road trip do livro não é novidade e me lembrou bastante Mosquitolândia. Mas é algo novo, mais brasileiro e efervescente. A presença de drag queens, polícia e antigos amores marcam o livro e lhe traz originalidade, bem como seu desfecho que é incrível e de tirar o fôlego. A guinada que a narrativa dá até chegar a esse ponto é necessária e torna o final prazeroso ao leitor.

Algumas caraterísticas da narrativa me incomodaram como a previsibilidade, a utilização de primeira pessoa de forma principiante e a explicação constante e supérflua de diálogos. Além disso, a ambientação foi vaga e senti falta do regionalismo para identificar a localização de Matheus e Beatriz.

Independentemente das falhas em Traços, Eduardo demonstrou sua sensibilidade escrita, seu bom senso na escolha de temática e uma criatividade sem tamanho. Espero ler muitos livros dele ainda, afinal, é um dos meus booktubers favoritos e desejo a ele todo o sucesso do mundo.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

20 comentários:

  1. Oi Mylane!

    O começo da sua resenha me lembrou muito Cidades de Papel. Não li o livro, mas assisti ao filme e não gostei muito...
    Infelizmente, não senti vontade de ler este livro, fiquei curiosa sim, mas acho que não leria já.

    Parabéns pela resenha. Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Oi.
    Infelizmente vi uma crítica muito grande sobre o livro que me fez perder completamente o interesse. Eu não curto muito youtubers, por isso sempre fico com um pé atrás ao se tratar em obras escritas por eles. Mas quem sabe eu não consiga me cativar pela obra?
    Beijo, Visite o Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  3. Olá! Estou doida pra ler esse livro, tenho lido mtos comentários bons sobre a obra, tbm tenho vontade de ler Mosquitolândia em breve...Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Vou ser sincera, tenho preconceitozinho em relação à livros de booktubers
    :d
    shame!
    eu sei!
    Acho que a falta de argumentação e realidade extravasada no livro deve ser pela inexperiência do autor! Afinal é só o primeiro passo dele como autor.
    Quem sabe numa promoção bombástica
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. ''Uma garota cheia de vontades loucas e um garoto pronto para satisfazê-las'' isso me lembrou cidades de papel e eu já fiquei com o pé atras com esse livro. Não aguento mais personagens como a Beatriz e histórias que tem road trip. Para mim os pontos negativos falaram mais alto que os positivos da obra e me fez não ter interesse em ler.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Mylane!!
    Gostei muito da resenha. O livro tem uma sinopse interessante mais não sei se vou ler tão cedo esse livro.
    Beijoss

    ResponderExcluir
  7. É, pelo jeito, com todas as resenhas que tenho lido incluindo essa, esse livro não é lá mil maravilhas. Geralmente todas as opiniões são mais ou menos iguais, falam um pouco da personagem impulsiva, depois dizem que não fazia sentido ela sair em busca de algo sendo que a vida dela é perfeitamente estruturada, enfim... Esse livro tinha tudo pra dar certo, mas não me cativou e não sinto vontade de ler. Mas gostei da resenha.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Nossa!
    Confesso que ao ler a sinopse, senti uma vontade imensa de conhecer o livro, gostei da capa também.
    Mas dai depois de ler algumas resenhas sobre ele, acabei meio que desistindo de conhecer a obra rs
    Acredito que a história não me prenderia, não vou ler tanto cedo :(
    Mas a sua resenha está ótima.
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  9. Mylane!
    Não é muito o estilo de livro que goste de ler, embora até tenha me empolgado ao saber que uma aventura através da viagem seria feita em busca de conhecimento e repostas, porém as personagens, achei até certo ponto sem muita inspiração e não me interessaram.
    “Demore na dúvida...E descubra a sabedoria que insiste em se esconder na ausência de palavras.”(Padre Fábio de Melo)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  10. Gosto muito dele e do canal dele, então estou com muita vontade de ler esse livro.

    ResponderExcluir
  11. Tô ouvindo muito falar nesse livro, mas não tinha lido nenhuma resenha antes.
    Mas mesmo com os pontos negativos que você apontou, ainda sim quero poder ler, talvez as falhas que você apontou não sejam um problema pra mim.
    E ainda sendo um livro recomendado pela Thalita Rebouças, tenho que conferir, né? haha
    Mas sua resenha ficou incrível!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  12. Olá.
    Eu achei a capa bonita e a premissa até que interessante. Mas depois de ler várias comentários não tão positivas sobre a obra, não me sinto motivada para ler. Mesmo porque não é muito meu estilo de leitura. Deixo passar a dica. Ótima resenha. Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Ainda não conhecia este livro, achei a capa um fofura só. Mas sua historia não me cativou muito, e a tua resenha salientou os pontos que imaginei que não me agradariam na leitura. Me parece algo que já temos uma ideia de como será contada, esta é a impressão qie tive. Mas creio que para adolecentes seja uma historia bastante interessante. Beijooo

    ResponderExcluir
  14. Oi Mylane!
    Li recentemente Mosquitolândia e ameiiiii! <3 Que livro fantástico aquele.
    Por esse ser um livro que também traz como pano de fundo viagens dentro do nosso país fiquei bastante empolgada em ler também, a princípio queria ler a história por causa da capa que achei linda, mas agora que soube um pouco do enredo e mesmo sabendo dos pontos negativos senti essa vontade multiplicar. Pretendo ler sim, sem muitas expectativas.

    Beijocas e até logo! ;)
    https://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  15. Já assisti bastante os vídeos do Eduardo Cilto, e estava bem curiosa com o livro dele. Mas depois de algumas resenhas positivas e uma negativa que li, perdi totalmente a vontade. Sua resenha, apesar de tudo, não conseguiu mudar minha opinião. Já não gosto da Beatriz sem nem mesmo ter lido o livro, e isso me incomoda muito. Não pretendo ler por agora.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  16. Estou super afim de ler esse livro. O Eduardo sempre foi um dos melhores booktubers e amo muito ele e o admiro tbm. Esse livro parece ser tão a minha cara. Amo livros com esse estilo de colegial, então esse livro está na minha meta de leitura desse ano lá no Skoob.

    ResponderExcluir
  17. Eu quero muito ler esse livro.Sua resenha só me deu mais vontade de compra-lo para ler

    ResponderExcluir
  18. Oi..
    A premissa do livro nao me atraiu,nunca li livros de youtubers,e nao e por preconceito mas ate agora nenhum que tenha lido resenha me chamou atençao,entao esse é uma dica muito boa mas eu passo.
    Um abraço e muito sucesso :)

    ResponderExcluir
  19. A história do livro parece ser bem interessante, mas ainda não me deu "awuela" vontade de le-lo. Li uma resenha em um outro blog que também apresentou alguns pontos negativos do livro. Não acompanho o canal do Eduardo Cilto.

    ResponderExcluir
  20. Ja havia lido várias resenhas desse livro e me agradou muito, um pouco diferente, mas parece ser interessante. Bom, leria esse livro com tranquilidade.

    ResponderExcluir

Se você tem um blog, deixe o link, retribuo com carinho todos os comentários!

Por Dentro


© Fundo Falso - 2016. Todos os direitos reservados | não responsivo, melhor visualizado no Google Chrome.
Design e programação por Andréa Bistafa | Ilustração original de Marciano Palácio | Tema base: Blogger | Versão 4.0 | Blog no ar desde 11.01.2011.