✓ Resenha: Sob os Olhos de Um Anjo - Célio Vieira

segunda-feira, 11 de julho de 2016


Sinopse: Clarice e João Pedro são amigos desde a infância. Aos catorze anos, o que era apenas amizade se transforma num sentimento mais intenso e, apaixonados, eles decidem namorar. Tudo segue muito bem. Clarice é a princesa de João, e ele é seu príncipe encantado. Contudo, aos dezenove anos, João Pedro começa a trabalhar na empresa do pai, onde faz novas amizades e se deixa influenciar de tal modo, que passa a sair para curtir com os amigos, deixando Clarice de lado.
Dois meses após o príncipe ter virado um sapo, Clarice descobre que está grávida e, como se já não fosse difícil ter que segurar essa barra sozinha, um exame de rotina detecta que seu bebê nascerá com uma alteração genética. Nesse momento, o medo e a insegurança invadem a mente de Clarice, mas, ao mesmo tempo, a ideia de ser mãe vai enchendo o coração dessa jovem valente de amor, esperança e fé.
Uma história de amor de mãe e filho.
Amizade, solidariedade e aprendizado.
Embarque nessa trama com Clarice e se apaixone por essa linda história de superação.

Título: Sob os Olhos de Um Anjo
Autor: Célio Vieira
Gênero: Drama
Editora: Coerência
Páginas: 192
Onde comprar: Direto na fanpage da editora.
Classificação: 8,5 (Ótimo)
Livro cedido em parceria com a editora.



Sob os Olhos de Um Anjo narra uma trama familiar, cheia de provações e dramas.

Clarice e João Pedro são os protagonistas, ambos tem algo para ensinar ao leitor, porém caminham por veredas distintas.
Amigos desde infância, nascidos no mesmo dia, eles acabam por se apaixonar na adolescência e levar um relacionamento escondido dos pais, grandes empresários, por quatro anos.
Quando João atinge a maioridade e começa a sair com novos amigos, o mundo o seduz e ele, levado pelos encantos da boemia, abandona Clarice que viria a descobrir num futuro próximo uma gravidez indesejada.
A trama cria intensidade a partir desse ponto, onde Clarice precisará passar pelo processo de aceitação do filho, culminando na aceitação do mesmo ser portador da síndrome de Down, e o fator "mãe solteira".
Clarice tem um grande coração, e desde jovem (engravidando aos 19 anos) ela aprendeu que o amor só gera amor. Grandes coisas acontecem na vida dela, em relação as dificuldades enfrentadas com o filho, preconceito e doenças. 

Temos um ponto de partida muito bom na trama. Todos os ingredientes que o autor selecionou conversam muito bem e realmente tem o poder de tocar o leitor. A trama segue do nascimento até a velhice dos protagonistas, narrando uma vida com consequências, tanto boas trazidas pelo amor, quando ruins geradas pelo uso excessivo de álcool e drogas. Fala sobre a importância da família em vários aspectos do carácter humano. Senti uma tristeza sem fim quando me coloquei no lugar de Clarice. Como sou mãe, não consigo imaginar qualquer pessoa feriando meu filho, não somente fisicamente, mas sentimentalmente, matando a esperança desde a infância.

Apesar de ter gostado muito da trama, a narrativa do autor me incomodou um pouco. Ele usa a terceira pessoa, porém o narrador está em tempo presente, e a história acaba perdendo uma parte da essência. Exite uma dificuldade de criar diálogos importantes, encurtando cenas que deveriam ter grande destaque, e poderiam levar o leitor as lágrimas. Essa narrativa culmina no encurtamento da história, facilitando a leitura para quem gosta, mas também tirando o prazer de quem prefere saborear os momentos todos. A a junção dos acontecimentos com cada personagens em uma único capítulo faz com que leiamos de uma só vez o que se passa em espaços diferentes, a personalidade dos personagens se misturam um pouco e nós fazem perder a noção do tempo evolutivo do caráter de cada um.

No mais, é um livro com potencial a ser explorado, uma trama bonita e cheia de conceitos virtuosos, fala sobre mães jovens e solteiras, sobre a bondade para com o próximo, sobre a influência de amigos, a síndrome de Down, a cegueira, muitos pontos ótimos. Só faltou aprimorar a forma como ela é contada para terminar em uma obra perfeita.

A parte gráfica está impecável. Diagramação agradável, material utilizado de ótima qualidade. Livro para coleção sem dúvida!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

19 comentários:

  1. Oi Andréa!

    Eu estou apaixonada pelos livros da Editora Coerência! São um mais lindo que o outro! rsrsrsrsr
    Recebi este livro para resenha, mas como estou meio que atolada aqui, passei-o para a Graça, resenhista do blog. Espero que ela goste tanto quanto vc!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Oi Andréa, não conhecia esse livro. Quando comecei a ler sua resenha pensei que seria uma daquelas histórias que estamos acostumados a ler, embora eu goste delas. Mas para minha surpresa a história toma um rumo bem diferente. Goste muito e espero me dar bem com a escrita do autor.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  3. Olá, como vai? Eu já tentei ler um livro que aborda o mesmo tema da doença, mas foi um pouco denso e desisti. Ver o ponto de vista da mãe que passa por isso, ainda mais sendo solteira, dá um toque mais especial ao livro. Eu também quero ser mãe e fico imaginando a miríade de coisas que poderia acontecer a um filho meu e juro que não sei como reagiria. O fato do autor ter uma narrativa um pouco ruim me deixou em dúvida se leria o livro ou não, mas já anotei aqui o título.
    Beijo!
    Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  4. Ual que história, linda e emocionante!
    Não conhecia o livro, mas já estou curiosa pra saber mais detalhes desses personagens!
    Parabén pela resenha!
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também estou curiosa pra saber mais sobre os personagens, principalmente sobre o João Pedro pois me deixou com raiva dele por ter deixado a Clarice =(

      Excluir
  5. Eu não sei se é mais encantadora a ideia da história do livro ou seu filho segurando ele bem fofo :D

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  6. Que estória comovente e de superação! Uma boa trama que precisa ser lido por todos com certeza =D
    Adorei a capa e o enrendo é super atrativo, talvez a narrativa seja mais ou menos, mas espero ler pra tirar minhas próprias conclusões.

    ResponderExcluir
  7. Nossa, essa história parece ser linda, inspiradora e emocionante...
    Mesmo não tendo muito contato com obras desse tipo, fiquei curiosa.
    Sua resenha me deixou com "aquela" vontade de conhecer o livro!
    Beijos,
    Caroline Garcia
    caarol.garcia@hotmail.com

    ResponderExcluir
  8. Muito bacana a história , eu imagino tudo o que a Clarice teve que passar , e só de ler a resenha ja me senti tocada com a trama , espero sinceramente que os personagens tiveram um final feliz !!

    ResponderExcluir
  9. Oi Andréa.
    Não conhecia esse livro, mas ele parece ser muito bom, com exceção dos pontos negativos que você ressaltou.
    Eu gosto de livros em primeira e terceira pessoa, mas parece que nesse caso o autor não souber usar bem a presença do narrador para aprofundar algumas "cenas" e sentimentos e parece que os capítulos são bem longos, sem distinção do tempo transcorrido, uma pena.
    Gostei da história falar sobre a Síndrome de Down. Acho que é um assunto ainda considerado tabu, mas que deveria ser abordado mais vezes, com mais naturalidade.
    Adorei a capa!

    ResponderExcluir
  10. Impressionante como a narrativa pesou na nota e você quase que dá uma classificação ruim, mas acredito que o fato não tirou a importância da leitura em seu dia. Como tia de um menino com TEA (transtorno do Espectro Autista) sei de como a sociedade pode ser má e algumas vezes não apenas preconceituosa, mas cruel. As barreiras são muito fortes, você é apontado o tempo inteiro por ter de "carregar" esse fardo (acredite isso foi o mais leve que minha irmã ouviu) até o fato de ser tratado como coitadinho. Acredito que amor é amor em toda a forma e a maturidade que as mães dessas crianças adquirem durante o amar incondicional as fazem muito mais fortes para vencer essas adversidades! Muito boa a leitura, agradeço a indicação

    ResponderExcluir
  11. Vi uma resenha muito interessante dele e gostei, pareceu ser um livro bem cheio de sentimentos e que mostra o que o amor é capaz de alcançar, o que fazemos por aqueles que amamos e as mudanças na vida da garota foram bem realistas pra mim. Mas agora me deixou meio pé atrás ver falando assim da escrita. Porque é meio chato quando a escrita não agrada, mesmo que o tema seja bom e tenha tanto para explorar. Talvez não ache ruim na hora de ler, mas deixou com aquela pulga atrás da orelha.

    ResponderExcluir
  12. Caramba, que capa linda e que resenha♥ . Essa historia é bastante comovente, nos mostra o que o amor de uma mãe é capaz de superar e enfrentar.. A forma que o autor abordou tudo isso é incrivelmente linda, de uma maneira tão única ! Um livro que tem muito a ensinar e nos mostrar, concerteza fará muita gente abrir os olhos, E enxergar a vida diferente, porque tem coisas que faz a gente crescer, não é mesmo?♥
    Bastante reflexivo e emocionante. O assunto parece prender o leitor e particularmente adoro história desse tipo. Linda indicação♥

    ResponderExcluir
  13. Que lindo esse livro! Certeza que vou chorar se ler...
    Parece ser daqueles livros que nos deixam uma lição, lindo mesmo! <3
    Pena que a narrativa não te agradou.

    ResponderExcluir
  14. Fico triste quando a história tem tudo pra ser incrível, mas é mau desenvolvida. Espero que no futuro o autor possa aprofundar mais.
    Beijão, Mari

    ResponderExcluir
  15. Que pena que a história acabou não sendo impecável, mas mesmo assim me deu vontade de ler. Não sou "A" fã desse gênero, mas eu gosto de ter novas experiências. O fato de ser narrado em 3ª pessoa não me agradou muito, maaaas... Beijos!

    ResponderExcluir
  16. o resumo me cativou demais!
    mas me deixou receosa a classificação 5 de narrativa. vou procurar saber um pouco mais a respeito da história pra ver se me chama mais a atenção.

    ResponderExcluir
  17. Oi!
    Ainda não conhecia esse livro, mas gostei bastante da historia, parece o tipo de livro cheio de desafios para a personagem mas com uma historia linda, porem a narrativa me deixou desapontada pois já peguei livro para ler com potencial mas a narrativa me fez acabar parando de ler !!

    ResponderExcluir
  18. Parece ser uma história emocionante, fico com o coração na mão com livros assim, não diferente da nossa realidade, no momento não estou preparada para ler esse livro.

    ResponderExcluir

Por Dentro


© Fundo Falso - 2016. Todos os direitos reservados | não responsivo, melhor visualizado no Google Chrome.
Design e programação por Andréa Bistafa | Ilustração original de Marciano Palácio | Tema base: Blogger | Versão 4.0 | Blog no ar desde 11.01.2011.