✓ Resenha: Pela Lente do Amor - Megan Maxwell

sábado, 9 de janeiro de 2016



Sinopse: Não leiam!
Ana Elizabeth troca o luxo e a riqueza da sua aristocrática família londrina pelas “calles” madrilenas, em busca do seu sonho: ser fotógrafa. Dona do seu nariz, ela monta com a amiga Nekane um estúdio fotográfico na capital espanhola e segue seu caminho de sucesso. No dia em que o prédio onde trabalham enfrenta um incêndio, Ana conhece Rodrigo, um dos bombeiros que atendem ao chamado da ocorrência. A troca de olhares aquece não só o corpo da fotógrafa, mas também seu coração e ela se entrega à inusitada amizade – com benefícios – que nasce entre eles. Apesar de cúmplices, um balde de água fria vai comprometer a liga dessa relação, quando Rodrigo – um mulherengo de carteirinha – descobrir que sua querida Ana está grávida de um turista suíço que passou por sua vida sem passagem de volta e de quem ela só sabe o nome. E o que dirá sua pomposa família quando souber que ela está grávida de um desconhecido e é amante de um bombeiro pobretão? Só a leitura do livro revelará!

Título: Pela Lente do Amor
Autora: Megan Maxwell
Editora: Essência - Grupo Planeta
Ano: 2015
Melhor Preço: R$ 23,90 
Classificação: 9,7 - Excelente


Aperte o Play -


Oi Gente, hoje venho trazer para vocês a resenha de um livro que eu gostei muito, por isso desde já aviso: Senta que lá vem a história...
Então eu acabei escolhendo Pela Lente do amor, para ler aos 45 do segundo tempo e digo foi uma maravilhosa surpresa. A sinopse me fez pensar que ele seria um romance hot, mas não, temos aqui um belo exemplar de uma maravilhosa comédia romântica, digna de virar um  bom filme. Primeiro aconselho a vocês que não leiam as sinopses, pois elas enganam. O livro não apresenta mais uma história de "amizade com benefícios", mas justamente o contrário, entre outros erros que elas apresentam.

A História começa nos apresentando Ana Elizabeth filha mais velha de uma respeitada família londrina, que após alguns acontecimentos que serão esclarecidos no decorrer do livro, resolve deixar para trás toda a vida de pompa na Inglaterra e se aventurar a sobreviver com seus próprios méritos, vivendo como fotógrafa em Madri, na Espanha e parte sob os protestos da Mãe.
Na Sequencia estamos em Madri, sete anos depois, Ana é uma "respeitada" fotografa e mantém um pequeno estúdio no apartamento, que ela divide com sua amiga Nekana. Elas estão no meio de uma sessão fotográfica que acaba sendo interrompida devido a um principio de incêndio. Por isso elas saem as pressas do prédio e presenciam quando Rodrigo, o capitão da brigada de bombeiros, salva Encarna, a simpática vizinha das garotas. Quando os ânimos se acalmam a frente do prédio está dividida entre curiosos, bombeiros e modelos de lingerie, que não tiveram  tempo de vestir a roupa antes de sair do prédio.
É nesse alvoroço que Ana e Rodrigo se conhecem e ela fica muito interessada logo a primeira vista pelo que vê. Dias depois eles se reencontram, mas Ana vê que Rodrigo está ficando com Íris, uma modelo insuportável que ocupa um quarto na casa dela. E como havia saído de casa com a intenção de se divertir e fazer sexo, ela acaba ficando com um Sueco que conheceu na boate e está de passagem em Madri. E de manhã ao voltar pra casa a primeira visão que ela tem é a de Rodrigo, saindo nu do seu banheiro e acaba rolando uma boa confusãozinha.
Dias depois Ana descobre que mesmo tendo feito sexo com preservativo, sua noite de prazer a proporcionou um grande presente, mas mesmo assim acaba se envolvendo e tendo uma tórrida noite com com Rodrigo dias depois. E é a partir daí que a trama começa a desenvolver loucamente.




Pronto vou parar meu resumo por aqui, ou se não, me empolgo e vou contar a história toda, alguém pode até já considerar que falei demais, mas vai por mim, isso aqui não é nem um terço.

Eu amei a escrita da Megan, apesar da autora se apropriar de muitos, muitos, muitos clichês!
Mas, sinceramente? Eu não me importo com isso. O que importa pra mim é que mesmo se valendo deles, ela foi capaz de desenvolver uma trama muito legal e original. Com personagens irritantemente humanos, que acabam sendo absurdamente encantadores e com os quais é impossível não se identificar. 

Ana é a típica mulher independente e dona de si, batalhadora, forte, senhora da sua vida, mas que no fundo, no fundo sonha em ter um amor, casar e esse tipo de coisa, tem aquela típica auto-estima oscilante de mocinha de chic lit, além de se auto sabotar, visto que ela passa a maior parte da história empurrando o cara que ela tá afim pra outras mulheres. Já é Rodrigo são outros quinhentos, ele é gato super gente fina, porém a galinhagem do moço é tanta, mas tanta que a gente fica meio com o pé atrás com ele. Mas, no decorrer da leitura nós vamos percebemos quem tem culpa na história e observamos a mudança dos personagens.
Os personagens secundários também são bem desenvolvidos, marcantes e encantadores, Nekana, Encarna, Lucy (a irmã de Ana) são personagens maravilhosas e super divertidas, a não poderia deixar de mencionar as mães, duas megeras, tanto a Mãe de Ana, quanto a de Rodrigo, por diversas vezes dá vontade de estrangular as duas, mas depois até delas a gente começa a gostar (de leve)

No mais, o relacionamento desse casal é bem confuso e complexo, mas eu não posso me prolongar falando sobre ele, ou vou acabar falando demais e tirando a graça de quem resolver ler o livro. Podem esperar uma leitura dinâmica, fofa, irritante em alguns momentos (vocês vão querer matar a Ana também), mas sobre tudo com uma ótima veia humorística, com algumas situações hilárias e outras em que você vai pensar: 

Parece que o Jogo Virou Não é mesmo?



Rehab - Amy Winehouse
La Bikina - Luiz Miguel
Solamente Tú - Pablo Alborán
O Tú ou Neguna - Luiz Miguel
Simple The Best - Tina Tuner
When a Man Loves a Woman - Michael Bolton
Crazy - Aerosmith
Ai Se Eu Te Pego - Michel Teló
Usted - Luiz Miguel
Me and Mr Jones - Amy Winehouse






Então gente, espero que vocês tenham gostado da resenha, porque eu tô me sentindo aqui como se não tivesse dito nada, queria contar tudo pra vocês, mas não posso.

Não Posso!

Só recomendam, caso gostem do gênero, leiam o livro. É ótimo!
Beijos, beijos ♥
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

14 comentários:

  1. bom, tu sabe que não é meu tipo de leitura... e apesar da autora ter uma escrita legal, eu não me interessei em ler... a trilha sonora tem algumas músicas legais, outras que não conheço, mas só de ver Teló ali, já morguei u.u kkkkkkkkkkkkk
    fiquei curiosa com o 'presente' que a protagonista ganhou, mas já especulando se não foi um presente 'de grego'... u.u

    ResponderExcluir
  2. Eu adorei essa capa, essa câmera é demais. Acredita que minha tinha uma dessas, e certo dia, como não funcionava, jogou fora? (tsc, tsc) Eu gosto muito de filmes comédia/romântica, mas não lembro de algum dia ter lido um livro assim. Eu sou meio cri-cri com uso de clichês, acho que ia encrencar com isso de cara. Mas mesmo assim, fiquei curiosa com a leitura. Parece ser um livro pra descontrair mesmo, e é bom ler livros mais leves, dar uma relaxada. Anotei a dica e quando tiver um espacinho por aqui, irei encaixar essa leitura.

    ;D
    Profissão: Leitora

    ResponderExcluir
  3. Olá!!
    Da Megan só li um livro até agora que foi Vai Sonhando! e acho que Pelas Lentes do Amor continua nessa mesma pegada..meio clichê + uma pitadinha de hot, dizem que a serie dela Peça-me O que Quiser é hot puro..hahahaha...
    Bom continuando..mesmo sendo clichê demais da conta vou acabar gostando desse livro, quero saber como vai ser o desenrolar dessa história do Rodrigo com a Ana (teve bombeiro já gostei..hahahah) pq todos os mocinhos da Megan é mulherengo?? Mesmo assim quero muito ler e já inclui nas minhas leituras do ano :)Acho linda a capa desse livro ^^

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2016/01/resenha-perdida-carina-rissi.html

    ResponderExcluir
  4. Ai Ai !!!! estou louca por esse livro, tive a chance de comprá-lo e trouxe outro, me arrependi assim que cheguei em casa, não que o livro que eu comprei seja ruim, mas é que fiquei com esse na cabeça.

    Amei a tua resenha, super bem escrita e detalhada, deu pra conhecer um pouco do casal e ter um gostinho da história.

    ResponderExcluir
  5. Menina, que confusão todo esse alvoroço e esses personagens. Amei a descrição e fiquei com muita vontade de saber mais sobre essa história. Até ri imaginando algumas cenas descritas na resenha. Já anotei a dica.
    Bjim!

    Tammy

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Hahaha adorei o enredo do livro, ainda mais por ter fotografias. Quando falou do bombeiro imaginei um cara vestido tipo village people xD
    Adorei Ana, parece ser um personagem bem marcante para fazer o que faz. FIco curiosa pra saber o que continua a acontecer com ela e o bombeiro =D vou procurar o pdf rs
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi
    Esse livro ja estava na minha lista de leitura a um tempo, eu nunca tinha lido nenhuma resenha sobre ele, mais depois desta concerteza ele vai passar para o topo da minha lista, amei sua resenha.
    Obrigado

    ResponderExcluir
  8. Olá!!!
    Amo Megan Maxwell e certamente vou ler este. Sua resenha e considerações finais passam que o livro e engraçado, divertido e com aquela pitada de romance e sensualidade que os livros dela nos traz. A playlist é maravilhosa; pois são músicas que ouço no meu dia a dia. Parabéns pela postagem.

    Carla Fernanda

    ResponderExcluir
  9. Nunca li nada da Megan Maxwell por achar que ela só escreve hot, mas se esse livro é uma comédia romântica e não tem nada de amizade com benefícios me interessei. Também não me importo com clichês, o que me importa é como uma autora lida com eles, e pelo jeito a Megan lidou muito bem, e mesmo os usando conseguiu construir uma história original. Vou querer ler!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  10. Que capa mais linda, estou encantada! Nunca li nada dessa autora, e já estou pensando em começar por esse livro, pois gostei muito da premissa. Adoro comédias românticas!
    Mas você, hein, quando eu já estava bem curiosa, você para o resumo! hahaha Está certo, para saber o resto, basta ler a obra, não é? Acho bacana o cuidado com spoiler, que é algo bastante desagradável.

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Dois pontos me fazem não sentir vontade de ler esse livro: O primeiro é ser da Megan Maxwell, tenho quase certeza que não vou conseguir gostar da escrita dela. E o segundo é ser Clichê.
    Gostei muito da sua resenha, mas ela não me convenceu a ler (infelizmente).
    Beijos
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Eu também não me importo nada nada com clichês, acho até que eles são muito bem vindos em livros de chick-lit, gênero que eu adoro. Ainda não tive a oportunidade de ler este livro, mas espero fazer isto em breve.

    Beijo, Van - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. PRECISO desse livro! Sempre tive muita vontade de lê-lo por ser da Megan, que eu adoro! E agora com sua resenha fiquei mais louca ainda! Estou indo agorano site da submarino comprar hahaha

    Beijos http://viajandoentrecitacoes.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Eu comprei esse livro na Bienal e peguei o autografo da Megan. Ela é super fofa. Lendo a sinopse e conhecendo a escritora pensei que era hot. Mas como você disse é um engano.
    Agora fiquei mais ansiosa para saber como é a Megan escrevendo uma comédia romântica.
    Amei a sua resenha.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Por Dentro


© Fundo Falso - 2016. Todos os direitos reservados | não responsivo, melhor visualizado no Google Chrome.
Design e programação por Andréa Bistafa | Ilustração original de Marciano Palácio | Tema base: Blogger | Versão 4.0 | Blog no ar desde 11.01.2011.