✓ Resenha: O Bicho-da-seda - Robert Galbraith

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Sinopse:Quando o escritor Owen Quine desaparece, sua esposa vai a procura de Strike. Se o livro fosse publicado, poderia arruinar vidas: o que significa que existiam várias pessoas que poderiam querer silenciá-lo. Quando Quine é encontrado brutalmente assassinado em circunstâncias bizarras, a investigação se torna uma corrida contra o tempo para entender a motivação de um assassino impiedoso, um assassino como Strike nunca havia visto antes.
Título: O Bicho-da-seda
Editora: Rocco
Pág. 464
Melhor Preço: R$ 19,46
Classificação: 9,2 (Ótimo)



O Bicho-da-seda é o segundo romance policial da série do detetive Cormoran Strike, escrito por J.K. Rowling sob pseudônimo. No primeiro volume entitulado O Chamado do Cuco, eu pude ter uma ótima experiência com o jeito da criadora de Harry Potter escrever sobre crimes e investigações em Londres. Entretanto, muitos aspectos do segundo livro me incomodaram de forma boa e ruim também. 

Neste segundo livro, a trama desenvolve muito mais os protagonistas Cormoran Strike e Robin Ellacott. Cormoran é mais explorado nas partes narradas em terceira pessoa, que trazem memórias do ex-servidor do exército britânico, além de suas impressões excêntricas sobre o mundo ao seu redor, com direito a leituras de expressões corporais e faciais. Robin é mais presente neste caso, além de ter ganhado um enredo próprio relacionado ao seu casamento com Matthew Cunliffe, homem que detesta o trabalho se sua noiva bem como o chefe dela.

Nesse contexto, surge a senhora Quine, desesperada com o desaparecimento do seu marido, até que é descoberto o seu paradeiro, e a partir daí, começa a segunda fase do processo investigativo : excêntrico e um tanto nauseante. 

“Os intestinos desapareceram, como que devorados. Tecido e carne foram queimados por todo o cadáver, aumentando a impressão abominável de que foi cozido e dele se regalaram.”

O assassinato do escritor de um livro que é uma sátira real atrelada à fantasia sobre poderosos. Este é o novo caso, e a forma como o homem foi executado é nauseante até mesmo para Robin e Cormoran. A forma como ambos buscam os suspeitos e a maior participação de Robin é um ponto positivo para o livro, bem como as desagradáveis aventuras que a dupla enfrenta para encontrar o culpado. 

Contudo, é inegável que o livro é lento e demora para o dilema se formar, e muito mais para ser resolvido. Tudo isso, me levou a torná-lo meu livro de cabeceira, já que não aguentava ler vários capítulos seguidos. Porém a genialidade e coragem da escritora ao propor uma crítica à hierarquia editorial londrina são plausíveis e encantadores, dando vivacidade à narrativa calma.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários:

  1. Oi Mylane!!!

    Infelizmente, não tive nenhuma vontade de ler estes livros... mas apesar da falta de vontade, gosto das resenhas que leio. Quem sabe um dia neh? rsrsrsrrs

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. O livro até parece ser bom, pelos personagens e pelo crime, só que é lento, e não sou muito de ler livros que são lentos. Não sei se lerei, talvez leia. bJus.

    ResponderExcluir

Por Dentro


© Fundo Falso - 2016. Todos os direitos reservados | não responsivo, melhor visualizado no Google Chrome.
Design e programação por Andréa Bistafa | Ilustração original de Marciano Palácio | Tema base: Blogger | Versão 4.0 | Blog no ar desde 11.01.2011.