✓Resenha: As MAIS 2 - Patrícia Barboza

terça-feira, 28 de julho de 2015

Sinopse:Você se considera uma pessoa ciumenta? Algum recado ou comentário nas redes sociais já te deixou com a famosa pulga atrás da orelha? Nesta história, narrada pela Mari, a M das MAIS, esse sentimento ganhou uma forcinha tecnológica: a internet e as redes sociais. Será que elas se tornaram as grandes vilãs da atualidade? As MAIS 2 é um texto leve e descontraído, assim como a narradora. A Mari, que é amigona, divertida e um tanto atrapalhada, foi mordida pelo bichinho do ciúme. Com certeza você vai se divertir e se enxergar no lugar dela. Embarque na mais nova aventura das MAIS e aproveite para descobrir se você também se morde de ciúmes.
Título: As MAIS 2
Autor: Patrícia Barboza
Editora: Verus
Pág. 141
Melhor Preço: R$ 15,50
Classificação: 9,3 (Ótimo)




As MAIS são quatro melhores amigas que já tiveram suas aventuras narradas no primeiro livro desta série. Mari, Aninha, Ingrid e Susana são unidas e têm o costume de fazer tudo juntas e neste volume estão nas extensas férias de fim de ano que antecedem seu primeiro ano do ensino médio. Apesar de todas terem conseguido arrumar bons namorados no fim do 9º ano, as confusões e aventuras amorosas não deixam de acontecer e desta vez são geradas por um dos piores sentimentos: o ciúmes. 

O ciúmes é mostrado de uma forma bem jovem, como não poderia deixar de acontecer. Entretanto, a forma como a narradora-personagem demonstra seus aprendizados diante do sentimento crescente de inveja ou possessividade é bem madura e termina por ocasionar mudanças boas na convivência do grupo. Aliás, tão grupo passa longe das "panelinhas" já conhecidas nas obras para adolescentes, sendo unido e com muito amor entre as membras. 

"Quando saímos da oficina, era mais do que óbvio que eu ia encontrar o Lucas e a Michele juntos no café. Só que a ceninha dessa vez foi superior a qualquer delírio meu. Ela estava gargalhando, jogando aqueles cabelos para cima dele e com a mão no peito do meu namorado! Aí não me aguentei".

Mesmo sendo o foco da narrativa, além dos eventos que o ciúmes desencadeia, as garotas fazem muitos passeios e cursos interessantes. Cursos de dança e teatro que fazem em conjunto, são onde conhecem novos personagens e onde muitas situações engraçadas ocorrem, deixando bem dinâmico.

"Quantas vezes ficamos em casa, com cara tédio, reclamando por não ter nada para fazer, quando se tem tantas coisas bonitas e interessantes na própria cidade?"


Outro aspecto que sempre valorizo é a ambientação, que está imprecável neste livro. Narrado no Rio de Janeiro, com detalhes muito bons sobre os lugares e o comportamento, algumas passagens me atraíram e me fizeram ter muita vontade de conhecer a Cidade Maravilhosa. E apesar de não estarem frequentando a escola, ela era constantemente citada, outro ambiente que costumo me familiarizar muito nos enredos. 


Seus momentos juntas vão ficando mais escassos quando Mari começa uma carreira profissional diferente, que exige mais tempo, e logo isso torna-se motivo para novos dramas e cenas sucedam. O modo criativo como a Patrícia escreve essas transformações e inconstâncias adolescentes me conquistaram. Apesar de indicar este livro para pré-adolescentes, os aprendizados que são transmitidos através da leitura atingem aos jovens em geral.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

3 comentários:

  1. Que legal, fiquei curiosa para conferir a história das 4 amigas.

    ResponderExcluir
  2. Oi Mylane!

    Eu só tenho os marcadores desta série. Mas tenho muita vontade de lê-los!
    Adorei sua resenha!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia a série e fiquei muito interessada. Adoro livros juvenis do tipo, e que ainda são nacionais! Bjus.

    ResponderExcluir

Se você tem um blog, deixe o link, retribuo com carinho todos os comentários!

Por Dentro


© Fundo Falso - 2016. Todos os direitos reservados | não responsivo, melhor visualizado no Google Chrome.
Design e programação por Andréa Bistafa | Ilustração original de Marciano Palácio | Tema base: Blogger | Versão 4.0 | Blog no ar desde 11.01.2011.