✓ Resenha: Um Amor de Cinema - Victoria Van Tiem

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014





Sinopse: Neste irresistível romance, Kenzi Shaw, uma designer fanática por filmes, é lançada nas águas turbulentas do amor — ao estilo de Hollywood — quando seu lindo ex-namorado lhe propõe uma série de desafios relacionados a comédias românticas para reconquistar seu coração.
Que garota não gostaria de vivenciar a cena das compras de Uma linda mulher? É o desafio número dois da lista. Ou tentar fazer os passos de dança de Dirty dancing? É o número cinco. Uma lista, dez momentos românticos de filmes e várias aventuras depois, Kenzi se pergunta: ela deve se casar com o homem que sua família adora ou arriscar tudo por um amor de cinema?


Título: Um Amor de Cinema
Autor: Victoria Van Tiem
Editora: Verus
Pág. 294
Melhor preço: R$19,04
Classificação: 9,4 (Ótimo)







Kensigton Shaw (Kenzi) está com quase trinta anos, é Diretora de Criação em uma importante agência de publicidade e está noiva de Bradley, mas vive em competição com sua cunhada Ren para agradar sua família, a qual sempre perde. Mesmo após ganhar um enorme anel de noivado e imaginar que ganharia pontos ao discutir os detalhes do casamento, Ren rouba a cena anunciando sua gravidez. 

Para lhe trazer ainda mais dor de cabeça, seu ex namorado Shane lhe envia uma solicitação de amizade no Facebook, apesar de ter partido seu coração no passado.

"Tenho quase trinta anos e minha vida é... o quê? Tudo que deveria ser, mas ainda não é boa o bastante. Eu não sou boa o bastante. Lutando contra as lágrimas, olho para o teto. Hoje deveria ter sido um daqueles momentos especiais que a gente lembra para sempre. Deveria ter aquelas cenas de felicidade que vemos no cinema. Uma cena em que o pai não acredita que sua garotinha vai mesmo se casar e a mãe derrama lágrimas de alegria.
Em vez disso, só eu fiquei com as lágrimas, e meu grande momento acabou como a cena excluída de um filme." (p. 20)

Kenzi está prestes a ter uma importante reunião de negócios quando vários acontecimentos a bombardeiam, causando uma grande confusão em sua cabeça. Primeiro, Shane puxa assunto pelo Facebook, anunciando que voltou para os Estados Unidos. Depois, Bradley lhe joga a bomba de que a empresa em que trabalham está passando por dificuldades financeiras e seu emprego está em risco, podendo ser necessário adiar o casamento se o contrato com a Carriage House não for assinado. Mas o que seria mais contraditório do que o diretor da empresa que Kenzi precisa convencer a fechar contrato - valendo seu emprego - ser, nada mais, nada menos, que o próprio Shane? E sua empresa querer desenvolver um novo conceito com a  junção de restaurante à cinema, sendo feito uma série de exigências para Kenzi, incluindo reviver algumas cenas famosas de comédias românticas, para garantir o contrato? Ainda mais quando Kenzi adora comédias românticas, sabe todas as falas de cor e tenha assistido Uma Linda Mulher inúmeras vezes com Shane, e que recusar a proposta esteja fora de questão?

"Eu devia voltar ao escritório. Mas precisamos dessa conta. Eu preciso dessa conta. O que não preciso é do meu passado... do nosso passado voltando ao presente." (p. 43).

E o passado realmente resolve voltar, depois de 7 anos, para expor antigas discórdias entre Shane e Kenzi, que acabam envolvendo outras pessoas, inclusive seu noivo, sua colega de trabalho Tonya e sua mãe. Shane parece estar disposto a causar discórdia, mas Kenzi não imagina aonde ele quer chegar, além de estar prestes a descobrir toda a verdade sobre seu último relacionamento. Mas o jeito como Shane a olha, e todas as reproduções das cenas dos seus filmes preferidos a deixam abalada. Além do mais, ela sempre reforça para si mesma o tempo todo o quanto é feliz com Bradley, mas será que é mesmo? Sem contar todos os desentendimentos com sua mãe e Ren que se juntam a atual situação e deixam Kenzi a ponto de explodir.  

"Uma voz secreta dentro de mim sussurra avisos sombrios. Estou indo longe demais. Talvez não consiga voltar. Mas, neste momento, não sou a pessoa que se importa com o que diz a voz. Nem estou noiva. Tenho vinte e poucos anos e estou apaixonada em um filme.
E isso também é real." (p.149)

Os nomes dos capítulos fazem menções a filmes, que são relacionados com os acontecimentos da vida de Kenzi. Aliás, no decorrer de toda a história, vários filmes e cenas de comédias românticas são citadas:


- De repente 30
- Amor à segunda vista
- Uma linda mulher
- Sintonia de amor
- Vestida para casar
- A proposta
- O casamento do meu melhor amigo
- Noiva em fuga
- Noivas em guerra
- O casamento dos meus sonhos
- Como perder um homem em dez dias
- Três vezes amor
- Minhas adoráveis ex-namoradas
- Harry & Sally: feitos um para o outro
- A garota de rosa-shocking
- O diário de Bridget Jones
- O casamento dos meus sonhos
- Esposa de mentirinha
- Dirty dancing: ritmo quente
- Armações do amor
- Enquanto você dormia
- Nunca fui beijada
- Sob o sol da Toscana
- Fenômeno
- Tarde demais para esquecer
- Gatinhas e gatões
- Guerra é guerra
- Mensagem para você
- Quatro casamentos e um funeral
- Simplesmente amor
- Digam o que quiserem

Não assisti a maioria dos filmes, pois confesso que romance não é meu tema preferido, por isso não pude relacionar tão bem as cenas com os acontecimentos do livro, entretanto deu para compreender e acompanhar a narrativa.

A leitura flui de forma agradável e envolvente, mesmo não sendo meu tema preferido, a narrativa me prendeu. A capa é muito bonita e completamente adequada ao tema. Os personagens são característicos e descritos de forma satisfatória, os diálogos são bem elaborados. Os cenários são um verdadeiro diferencial, pois todas as cenas das comédias românticas que são reproduzidas com Kenzi com certeza fazem os leitores suspirarem. A narrativa toda é repleta de cenas de filmes e músicas. A diagramação e a revisão também não deixaram nada a desejar. Porém não gostei muito da história em si, pelos motivos que citarei a seguir.


Atenção, essa parte contém spoiler!

A história se baseia em torno de traição. Primeiro, Shane traiu Kenzi, motivo pelo qual ela terminou o namoro. Sete anos depois, Shane volta como se nada tivesse acontecido e tenta reconquistar Kenzi, assim do nada, apesar dela estar noiva. Kenzi também parece não se importar com a antiga traição, pois como ela descobre que não houve sexo, então não considera uma traição, apesar de ter ocorrido e o pior: com uma de suas melhores amigas. Dai é a vez de Kenzi trair o noivo Bradley, mas depois ela também descobre que ele a havia traído, e com a mesma "amiga"! Dai toda a situação  vira uma bola de neve aonde todos os personagens estão errados. 

Ou seja, Kenzi faz a mesma coisa que Shane fez com ela há sete anos atrás, mesmo que ele tenha tido pouquíssimo tempo para reconquistá-la. Mas Bradley fez exatamente igual a Shane, e o pior, com a mesma pessoa. Ou seja, todos traíram e a única conclusão que posso chegar é que nessa história ninguém amava ninguém de verdade. Entretanto, no final, Kenzi consegue viver seu amor de cinema. 

FIM DO SPOILER

Enfim, como disse anteriormente, não assisti a maioria dos filmes românticos citados, então não estou completamente a par do assunto, porém, a mim, a história não agradou tanto, nem mesmo a idade a protagonista casou com suas atitudes ou mesmo todo o enredo. (embora o final feliz salve um pouco as coisas rs).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

8 comentários:

  1. Livro Maravilhoso Não Li Ainda Mas a resenha Já me empolgou ,Para comprar ,Deve ser massa este livro ...Ex ,ex Pense num troço que é bom ter distancia .kkkk Bjos Amanda.

    ResponderExcluir
  2. Hey!
    Ahhhh eu amo cinema, principalmente comédias românticas!! Posso assistir à elas o dia inteiro hahah'...
    E o melhor é que alguns dos filmes que eu adoro estão na lista \o/ (mas admito que faltaram alguns muito bons também)
    Quero muito mesmo lê-lo <3
    Gostei bastante da resenha :)

    Beijos!
    http://heartbreaker-girls.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá,

    Só tenho lidos resenhas maravilhosas sobre esse livro. Já estou super animada com a leitura. Eu curto muito romances e adoro os filmes desse gênero. Adoro o nome da protagonista, pois tem uma serie que assisto que a menina chama Kenzi também. \o/

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oi Amanda!

    Adorei a resenha! Parece ser um livro divertido, e a playlist de filmes me deixou mais que curiosa, pois já assisti a muitos dos filmes citados!
    Não gostei muito da capa, mas o enredo parece ser bem original!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  5. Oi Amanda!
    Como não querer ler um livro assim?.....muito fofo!
    Sempre que passo os olhos na sinopse já dá uma vontade de lê lo e a cada resenha positiva só aumentam minhas chances de começar lê lo logo no começo do ano,assim começo a vida literária em "sorrisinhos" <3....e claro uma boa corrida ao cinema ;)
    E o que que é isto em que playlist maravilhosa!!!!
    bjo

    ResponderExcluir
  6. Uau, adoro livros que citam outros ;)

    MandesShoujo | [visite]

    ResponderExcluir
  7. Ah eu gostei desse livro.
    Conheço a maioria dos filmes citados e a autora os encaixou perfeitamente no enredo.

    ResponderExcluir
  8. Estou doida pra ler esse livro, amo uma comédias românticas já assisti quase todas essas citadas no livro, a história parece mesmo ser ótima.

    ResponderExcluir

Se você tem um blog, deixe o link, retribuo com carinho todos os comentários!

Por Dentro


© Fundo Falso - 2016. Todos os direitos reservados | não responsivo, melhor visualizado no Google Chrome.
Design e programação por Andréa Bistafa | Ilustração original de Marciano Palácio | Tema base: Blogger | Versão 4.0 | Blog no ar desde 11.01.2011.