✓ Resenha: Uma Razão Para Respirar - Rebecca Donovan

quinta-feira, 19 de junho de 2014




Sinopse: Na cidade de Weslyn, Connecticut, onda a maioria das pessoas se preocupa em ver e ser vista, Emma Thomas preferia não ser percebida de forma alguma. Ela está mais preocupada em fingir perfeição enquanto puxa as mangas da blusa para baixo para esconder as marcas roxas, não querendo que ninguém perceba quão longe da perfeição ela realmente está. Sem esperar, ela encontra o amor. O amor a desafia a reconhecer seu valor, mas correndo o risco de revelar o terrível segredo que esconde. O livro "Uma razão para respirar" é eletrizante da primeira à última página; uma história ímpar sobre mudança, crueldade inesperada e uma garota se agarrando à frágil esperança. Uma Razão para respirar não é só um romance é um livro que aborda a violência doméstica e todos os dilemas que as crianças e adolescentes que passam por isso precisam enfrentar. A personagem principal vive esta realidade e tenta tornar-se invisível para que as pessoas a sua volta não a percebam. E por meio da amizade e amor ela tenta superar cada dia doloroso até que consiga escapar desta rotina. Uma história forte, emocionante, dura, real, meiga, triste e doce ao mesmo tempo, que vai mexer com os sentimentos do leitor. Uma leitura envolvente do inicio ao fim.

Título: Uma Razão Para Respirar
Autor: Rebecca Donovan
Editora: Pandorga
Pág. 496
Melhor preço: R$20,32
Classificação: 9,2 (Ótimo)




Uma razão para respirar é sobre violência doméstica, como ela afeta as pessoas ao seu redor, onde algumas se sentem revoltadas e até tentam ajudar mas outras simplesmente fazem de conta que não estão vendo.

Emma é uma garota tímida, que após a morte do pai e a incapacidade da mãe em cria-la, acaba indo morando com seus tios. Ela é uma adolescente aparentemente igual a todas as outras; frequenta o colégio, tem as melhores notas da turma, faz parte do time de futebol, inclusive destacando-se como jogadora, mas por traz de toda essa normalidade ela tem uma vida de terror, imposta pela sua tia Carol casada com seu tio, irmão do seu pai.

Carol é uma mulher totalmente doente que a espanca por motivos insignificantes, o pior é que seu tio George sabe mas finge que não vê. Emma aceita as surras e a humilhações calada, pois ela ama muito seus primos pequenos e tem medo de denunciar Carol e os prejudicar, então ela tenta ser o mais invisível possível em casa, seu objetivo é acabar o colegial com ótimas notas e conseguir uma bolsa de estudos e assim ir para a faculdade se livrando da agressora.
Sua única e melhor amiga é Sarah, seu porto seguro nas horas mais difíceis. Sara que é a pessoa que mais a ajuda é também a que mais se sente revoltada com a situação e está sempre pedindo para Emma acabar com aquilo. 
Sara é a garota mais popular do colégio, muito extrovertida e querida por todos,é filha única de uma família abastada, cujos país sempre acolheram muito bem a melhor amiga. Emma não entende como Sarah sendo tão popular pode ser sua amiga, sendo ela tão insignificante. O sofrimento de Emma não a permite enxergar
o qual especial ela é aos olhos das outras pessoas, tanto alunos quanto professores.
Então surge Evan, um rapaz que foi transferido para o colégio e que começa a se interessar por ela.
Evan é sempre alegre, se dá bem com todo mundo e é paquerado por todas as garotas do colégio, mas ele só tem olhos para Emma, e aproximar-se dela se torna inevitável já que compartilham o amor por esportes.
Emma e Evan se tornam bons amigos, mas ele quer mais do que amizade e ela tem muito medo de se envolver e deixar transparecer as agressões que sofre. Mas manter-se afastada dele acaba sendo pior que as próprias agressões, ele é como um raio de sol em sua vida.

"No equilíbrio entre o amor e a perda, seria o amor que me faria lutar para Respirar"

Juntos Emma, Sarah e Evan vão acabar descobrindo que a loucura de Carol é maior do que eles possam imaginar.

A história é bem complexa, os personagens muito marcantes, e o livro me deixou naquela dúvida boa onde ainda não sei se amei ou odiei! Principalmente as cenas de agressão, como ela podia aceitar aquilo e não se rebelar?! Mas então eu me lembrava que ela só tem 16 anos.
Eu gostei do modo como a autora descreve Emma, uma pessoa muito forte, que apesar de tudo que passa, ainda pode ser suave e não amarga com a vida.
É um assunto bem delicado, a maneira como algumas pessoas preferem não ver o que está acontecendo e por outro lado aquelas que se importam mas estão de mãos atadas.

Um livro bem gostoso de ler, devorável! Letras grandes, páginas trabalhadas, e uma ótima diagramação compensam as folhas brancas.

E vou dizer mais uma vez: gostei muito!! Foi uma leitura bem viciante, e o final, "MEU DEUS", que final !!!!!!! Que venha logo o próximo logo!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários:

  1. Oi Dn Karen!
    Adorei sua resenha! Eu já tinha lido a sinopse deste livro mas não pensei que o enredo seria tão tenso. Já passei por isso na minha vida e gostaria de saber como Emma saiu deste tormento!
    A capa tbm é muito bonita, mas passa a ideia de um livro hot, bem pelo menos eu achei! rsrsrsrsrrs

    bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Amei a resenha!! pela capa eu nao adivinharia de forma alguma sobre o que se trataria a historia...confesso que achava que era algum livro new adult ou mesmo hot o.o como eu nao gosto, ja fui lendo a resenha sem vontade, pensando que n iria ler, ate que falou que ela ir pro colegio kkkkkk ai pensei: fazer livro hot com adolescente? O.o
    Ameeei tudo sobre a premissa da historia e acho que vou amar os protagonistas... quero muito começar a leitura!
    beijos

    ResponderExcluir

Por Dentro


© Fundo Falso - 2016. Todos os direitos reservados | não responsivo, melhor visualizado no Google Chrome.
Design e programação por Andréa Bistafa | Ilustração original de Marciano Palácio | Tema base: Blogger | Versão 4.0 | Blog no ar desde 11.01.2011.