Resenha: Casa de Segredos - Chris Columbus & Ned Vizzini

quinta-feira, 3 de abril de 2014





Sinopse: Brendan, Eleanor e Cordelia Walker um dia tiveram tudo: uma bela casa em São Francisco, pais adoráveis e todo o tipo de bugiganga eletrônica que podiam desejar. Mas tudo mudou depois que o pai perdeu o emprego em um misterioso incidente. A família está em dificuldades e precisa se mudar. À primeira vista, a mansão Kristoff parece perfeita. Mas a casa que pertencia ao misterioso escritor Denver Kristoff é cheia de segredos, e os três irmãos vão parar em um lugar selvagem que parece se misturar ao terreno da casa. Guerreiros medievais patrulham as florestas, piratas fantasmagóricos rondam os mares e uma rainha sedenta por poder governa aquelas terras. À medida que desvendam o mistério, Bren, Délia e Eleanor vão descobrir o verdadeiro significado de lar e perceber que não apenas sua família — está mais para a humanidade — que está correndo perigo.

Título: Casa dos Segredos
Autor: Chris Columbus e Ned Vizzini
Editora: Galera Record
Pág. 352
Melhor preço: R$22,79
Classificação: 9,4 (Excelente)

                                         
RESENHA POR AMANDA BISTAFA

Casa de Segredos me remeteu à infância e aos livros de aventura que eu costumava ler. É uma história repleta de ação, com as aventuras mais inusitadas possíveis envolvendo uma variedade de personagens (desde libélulas gigantes a colossos e piratas), e se o propósito dos autores foi de fazer o leitor se sentir dentro de um livro, ele conseguiu! rs.

Os personagens centrais da história são Brendan, um menino de 12 anos, Cordelia, a irmã mais velha de 15 e Eleanor, a caçula de 8 anos. A família Walker é composta pelas três crianças e por seus pais, Jake e Bellany, O pai da família, um médico cirurgião, perdeu seu emprego recentemente após um estranho episódio de sonambulismo, onde adormeceu na sala de descanso dos médicos e acordou gravando um estranho símbolo na barriga de um paciente. Devido esse incidente, a família procura uma casa nova - e mais barata - e se interessam pela Mansão Kristoff, localizada na Av. Sea Cliff, com um preço reduzido (que chamou muito a atenção!).
A Mansão na qual a família se muda foi construída por um escritor, Denver Kristoff, possuía estilo vitoriano e três andares, é descrita de forma minuciosa e rica em detalhes.

“Sea Cliff era uma vizinhança de mansões em morros, a maioria construída logo acima da rua ensolarada, que tinha uma fileira de árvores jovens e podadas em perfeitas esferas, cheias de folhas. Mas a casa que os Walker olhavam era afastada, empoleirada na beira do penhasco que batizava a vizinhança, tão projetada que Brendan imaginou se metade da construção não estava apoiada em pilotis. Um trecho de gramado esmeralda separava a casa da rua, com três pinheiros robustos que mantinham a grama na sombra. A casa tinha um acabamento dourado e bege que acentuava o azul-real das laterais de tábuas. Um caminho de cascalho impecavelmente cuidado fazia um zigue-zague entra as árvores até a porta da frente”. p. 11

Logo no início as crianças se deparam com um mistério: vêem uma sombra escondida na lateral da casa, os observando. Mas na verdade não passava de uma estátua. Ou não, pois quando Brendan volta ao local mais tarde, a estátua havia sumido e no lugar havia uma mulher velha, que o manda ficar longe da casa. Mais tarde, a estranha velha que Brendan havia encontrado visita a casa e se apresenta como a vizinha Dahlia, filha de Denver Kristoff, o criador da casa (mas há algo errado, afinal, a mansão foi construída em 1907!). E aí que a situação começa a sair do controle, pois a velha se transforma na Bruxa do Vento, com asas enormes, que faz com que tudo que há na casa voe pelos ares.
As crianças acordam após um desmaio e a casa está em destroços. Seus pais haviam sumido. E pra piorar a situação a vista da janela não era mais a Av. Sea Cliff e sim uma enorme floresta! E o que será que essa floresta esconde, além de libélulas gigantes e lobos de 2,5 metros? Guerreiros musculosos e armados, é claro! Inicia-se então uma série de aventuras que só podem ter surgido de um, ou melhor, três livros de muita ação escritos pelo antigo dono da casa, Kristoff.
Os guerreiros capturam as crianças, que são salvas por um piloto que, literalmente, cai do céu. Trata-se do Tenente Coronel Will Draper, nada mais, nada menos, que um personagem criado por Kristoff, vindo diretamente de seu livro “O ás do Combate”.




Todos os personagens são bem caracterizados e o relacionamento entre as crianças é bem típico de irmãos: brigam, se provocam, mas se amam, e muito! A Cordelia nos encanta por sua paixão por livros, é uma leitora assídua (quem mais se identificou com ela? rs), Brendan é inteligente e usa todos seus conhecimentos adquiridos na escola, já Eleanor, apesar de ser a menor, tem uma coragem invejável.
Após descobrirem que estão presos em um livro de Kristoff, mas sem ter a menor idéia do motivo disso, a Bruxa do Vento aparece com as devidas explicações: precisa da ajuda deles para encontrar o poderoso livro “O Livro da Perdição do Desejo” e para encontrá-lo, as crianças devem ter alguma atitude egoísta, pensando apenas em sua própria realização, pois o livro procura leitores que desejam o poder. As crianças fazem mais uma descoberta através de um baú encontrado na casa: seu tataravô Dr. Rutherford Walker era amigo (ou inimigo?) de Kristoff, e ambos encontraram, no passado, o tal livro do poder juntos, ao escavarem o solo de uma antiga tribo indígena.
Eis que da floresta, nossos personagens ainda enfrentarão gigantes, bolas de canhão, um navio pirata com um quarto cheio de ossos, um pirata que faz vivisecção em suas vítimas e muito mais. Na Mansão, eles terão que lidar com as várias passagens secretas que a casa possui, além do aparecimento do livro poderoso para cada um deles: será que devem abrir e ajudar a Bruxa do Vento? Ela realmente irá ajudá-los a encontrar seus pais, como prometeu ou seria apenas uma armação? E afinal, qual a história deste livro e por que é tão poderoso? Mistério é o que não falta.

“[...] A marinha espanhola tentou dominar os mares, mas os britânicos não desistiram! Napoleão tentou tomar a Espanha, mas seus bravos inimigos não desistiam! Seu pai chamou sua mãe para sair uma vez, e ele não desistiu! As pessoas que desistem jamais escrevem a história! [...]”. p. 155

A capa é linda, bem chamativa e com cores fortes, caracterizando uma casa cheia de mistérios que instiga a imaginação. Todos os cenários são bem descritos, o que faz o leitor se sentir realmente dentro de um livro, assim como os personagens. A diagramação é boa, as páginas são em papel pólen que torna a leitura muito agradável. A revisão deixou escapar alguns errinhos de digitação, mas foram poucos.

A narrativa é rica em detalhes, aventura e emoção. A cada capítulo nos deparamos com um novo obstáculo que as crianças deverão enfrentar, e a cada página virada passava a gostar cada vez mais dos três personagens principais que são encantadores. A leitura se torna mais agradável pois, além do suspense, tem um gostinho bom de infância. Porém achei que a história pecou um pouco em alguns trechos, pois sempre que as crianças se safam de um perigo aparece outro imediatamente, em alguns momentos tive a sensação de que a história se prolongou demais, tornando a leitura um pouco cansativa.
Para quem quer se aventurar na imaginação e no universo fantasioso dos livros, Casa de Segredos é uma leitura e tanto!



Tem coisa mais gostosa quando o autor cita uma música?! Eu adoro! Fica mais gostoso embalar nossa leitura! Segue a música presente em Casa de Segredos.



Confira a classificação detalhada:


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

5 comentários:

  1. Olá Andreia, tudo bem??
    Demais este livro e esta sua resenha =)
    Não é a primeira resenha que leio sobre ele e cada vez mais estou super animada para me aventuras desta historia.E depois de conferir as notas então...Creio que é aquela historia que te prende do inicio ao final...Já tenho ele na lista de desejados e espero poder conferir em breve!!
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  2. Oi Amanda! Saudades da suas resenhas!!!! rsrsrsrrs
    Quero muito ler este livro, amei de verdade a capa e a sinopse me deixou super curiosa!
    É a primeira resenha que leio do mesmo e poxa! Eu quero! kkkkkkkk
    Adorei vio!

    bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  3. Eu já tinha visto esse livro por ai, mas é a primeira resenha que leio e foi bacana ver um livro com tantos pontos positivos ♥ Gosto desse gostinho de infancia, as vezes leio ou vejo algo tão mais sério que é bom relembrar como é ser criança hahaahha
    adorei a resenha ♥
    Bjus bjus!
    Pan
    Pan's Mind - Top 10 - Sinais de que você é um Bookaholic!
    Saúde é Estar Bem

    ResponderExcluir
  4. Cada vez quero mais esse livro.
    Já li tantas resenhas dele e TODAS falam mt bem. Gosto de quando livros assim se sobressaem e ganham lugar entre os leitores.

    Parabéns pela sua resenha tbm :)

    ResponderExcluir
  5. Como amo fantasia e pela descrição de sua resenha creio que vou gostar do livro.

    ResponderExcluir

Por Dentro


© Fundo Falso - 2016. Todos os direitos reservados | não responsivo, melhor visualizado no Google Chrome.
Design e programação por Andréa Bistafa | Ilustração original de Marciano Palácio | Tema base: Blogger | Versão 4.0 | Blog no ar desde 11.01.2011.