Resenha: Um Lugar para Ficar - Deb Caletti

terça-feira, 22 de janeiro de 2013


Nome: Um Lugar para Ficar
Autor: Deb Caletti
Editora: Novo Conceito
Pág. 272
Onde Comprar: Saraiva



Sinopse: O relacionamento de Clara com Christian é intenso desde o começo e diferente de tudo o que ela já havia experimentado. No entanto, o que começa como um grande afeto rapidamente se transforma em obsessão, e já é muito tarde quando Clara percebe que as coisas foram longe demais e que Christian está disposto a fazer de tudo para ficar ao seu lado. Então, Clara parte da cidade e Christian fica para trás. Ninguém sabe onde ela está, mas, mesmo assim, Clara ainda luta para se livrar do medo. Ela sabe que Christian não vai permitir que ela suma tão facilmente. Não importa para onde ela vá, nunca será longe o bastante.



 



RESENHA POR THAÍS

A história é narrada por Clara, uma jovem de 17 anos, que sempre fora amável e alegre, porém ao fazer uma escolha errada - ou pelo destino, depende do que você acredita - teve mudanças significativas em sua vida, isso aconteceu quando a garota recusou o convite de uma de suas amigas que foi a um show, para ir para um jogo de basquete onde conheceu Christian, um daqueles típicos garotos dos sonhos sabe, com quem começou a sair, e rapidamente a começar a se apaixonar.

" Uma pessoa dá certos sinais, se apegar rápido demais, se carente, não saber ouvir um "não", ser siumento, cercando você e sua liberdade. Entretanto, às vezes, os sinais são tão pequenos que passam despercebidos. Algumas vezes, eles passam rapidamente, parecem ser sintoma de cuidados, algo que merece aplauso. O ciúme de alguém faz você se sentir bem. Especial. Mas nem tudo é sobre você. É sobre uma mão que está pronta a lhe aprisionar. É sobre a carência deles, sufocando a sua garganta"

E não demorou muito tempo para começarem a namorar, era um relacionamento muito intenso, no início do namordo Christian era tudo o que ela sempre quis, muito atencioso, carinhoso, e claro, estava completamente apaixonado por ela. Tudo parecia perfeito até que o ciúmes entrou neste romance, algo extremamente saudável e comum - quando moderado -, e era exatamente assim que Clara encarava todos os primeiros sinais que ele dava, ela acabou mudando sua personalidade e se isolando para evitar as crises de ciúmes do namorado, sem saber que em um futuro não tão distante esse ciúme juntamente com a insegurança dele, traria a tona o seu perfil psicótico, acabando assim com as características apaixonantes do rapaz que ela conhecera, e fazendo com que parecesse ser tarde demais para por um ponto final nesta relação.

" Você vive momentos banais, mais momentos banais e ainda mais, e então, de repente, algo monumental acontece na sua frente. Você vê o passado e o futuro se colidindo com o presente, seu próprio e pessoal Big Bang, e nada mais será igual a partir dali."

No presente a garota acaba tendo de se mudar com seu pai Bobby, para uma cidade tranquila a beira mar  afim de se manter distante de todos - principalmente de Christian - , onde tenta reconstruir sua vida a partir da estaca zero, e apesar do medo e das lembranças que insistem em a assombrar, Clara encontra um emprego temporário, e nesta mesma cidade acaba conhecendo o encantador Finn, um jovem que trabalhava com passeios turísticos no barco de sua família, muito gentil, educado, atencioso, e bem tranquilo (o oposto de seu ex), que é quem acaba concedendo todo o apoio que Clara necessita e acaba sendo o responsável por grandes mudanças positivas na vida da garota, principalmente em relação ao amor.

Sabendo de Finn, e todas as suas qualidades e que ele fará tão bem para personagem, é até possível desejar  um final feliz neste exato momento não é ? Porém ainda estão por vir grandes reviravoltas, como:  O que Christian fez para que Clara tenha fugido dele? Teriam Clara e seu pai encontrado um lugar para ficar, seguro, e livre de todos os fantasmas do passado? O que aconteceu com Christian? O que ainda pode acontecer com Clara? Vale a pena conferir.

O livro é narrado em primeira pessoa, muito bem escrito e vai sendo alternado entre presente e passado, o que faz com que a história se torne em certos momentos bem cansativa. Apesar de estar longe de entrar para a lista dos meus favoritos, não posso dizer que detestei, pois acho que o assunto abordado é bem interessante, por ser algo que acontece diariamente, e infelizmente todos estão sujeitos a passar por isto.

História:
 Capa:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 comentários:

Postar um comentário

Por Dentro


© Fundo Falso - 2016. Todos os direitos reservados | não responsivo, melhor visualizado no Google Chrome.
Design e programação por Andréa Bistafa | Ilustração original de Marciano Palácio | Tema base: Blogger | Versão 4.0 | Blog no ar desde 11.01.2011.