Resenha: Trilogia Cinquenta Tons de Cinza - E. L. James

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012


Autor: E L James
Editora: Intrínseca
Onde Comprar: Saraiva





Com a febre que está esta trilogia, resolvi reunir todos os volumes em um único post, ou seja, se você pretende ler a trilogia, lhes aviso que aqui contém alguns spoilers.


Nome: Cinquenta Tons de Cinza
Pág. 480
Onde Comprar: Saraiva
Sinopse: Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja - mas em seus próprios termos.Chocada e ao mesmo tempo seduzida pelas estranhas preferências de Grey, Ana hesita. Por trás da fachada de sucesso - os negócios multinacionais, a vasta fortuna, a amada família -, Grey é um homem atormentado por demônios do passado e consumido pela necessidade de controle. Quando eles embarcam num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos... Romântica, libertadora e totalmente viciante. Uma história que vai dominar a atenção do leitor até a última linha.



RESENHA POR THAÍS

De um lado temos Anastasia Steele, 21 anos, estudante de literatura, sua personalidade é de uma típica boa moça, inteligente, bonita, desastrada, e com pouca experiência na questão relacionamentos.Do outro, Christian Grey, 27 anos, um empresário multimilionário, muito misterioso, atraente e consequentemente muito cobiçado. Duas personalidades tão diferentes tem seus caminhos cruzados apartir do momento em que Kate, a amiga com quem Ana vive, fica doente e pede para que Anastasia vá em seu lugar fazer a tão sonhada entrevista que foi concedida para o jornal da faculdade com Christian Grey.

" Tudo bem - gosto dele. Pronto. Confessei a mim mesma. Não posso mais fugir dos meus sentimentos. Nunca me senti assim antes. Acho-o atraente, muito atraente. Mais isso não tem futuro, eu sei, e suspiro com um sentimento de pena entre doce e amargo."

Durante a entrevista a atração entre os dois é evidente, porém ambos tentam se manter afastados, principalmente Christian, que ao ver a personalidade de Ana, acha que não seria o "cara ideal" para ela, porém de nada adianta, um tempo depois, Grey vai até o local de trabalho da moça - uma loja de materiais de construção - e a partir daí, a proximidade entre os dois aumenta ainda mais.

Após passar a fazer parte da vida do empresário, Ana descobre que Grey é praticamente de BDSM, e que em sua mansão há um quarto feito para suas práticas, então com a proximidade e a atração incontestável entre ambos, Christian resolve deixar o relacionamento mais sério - com algo completamente distante de ser um namoro comum - lhe entregando um contrato repleto de obrigações e regras para que a jovem passe a ser sua submissa. Apesar de inicialmente hesitar, e mesmo sem assinar o contrato, Ana - apaixonada -acaba aceitando entrar no mundo de Christian,como uma espécie de tentativa, tal convivência faz com que alguns dos mistérios do empresário, passem a ser vagarosamente revelados. Porém certo dia, após perceber que não se adaptaria ao estilo de vida que Grey leva, e por achar que nunca seria o que de fato ele precisava - quando lhe foi dada uma "punição" física -, Ana resolve deixá-lo.



Nome : Cinquenta Tons Mais Escuros
Pág. 512
Onde Comprar : Saraiva
Sinopse: Assustada com os segredos obscuros do belo e atormentado Christian Grey, Ana Steele põe um ponto final em seu relacionamento com o jovem empresário e decide se concentrar em sua carreira: ela acaba de conseguir um emprego em uma editora de livros de Seattle. Mas o desejo por Grey domina cada pensamento de Ana e, quando ele propõe um novo acordo, ela não consegue resistir. Em pouco tempo, ela descobre mais sobre o angustiante passado de seu amargurado e dominador parceiro do que jamais imaginou ser possível. Enquanto Christian tenta se livrar de seus demônios interiores, Ana, por sua vez, tem que enfrentar algo mais palpável: a ira e a inveja das mulheres que a precederam no coração e na cama de Grey.


Com o fim do relacionamento, Ana resolve se dedicar ao seu novo trabalho em uma editora de livros, afim de amenizar o seu sofrimento, e claro, do outro lado da história, Christian também sofre muito com a separação.
Porém o tempo que passam separados não dura muito, pois haviam combinado de irem juntos a exposição de José, um fotógrafo, amigo de Ana, o que é a deixa necessária para o casal retomar e juntamente com isso, Christian deixa de lado o contrato, aceitando viver assim um relacionamento comum - inimaginável para Christian, até então - e a partir desta decisão as mudanças do rapaz são cada vez mais perceptíveis, sem deixar de lado o seu jeito super protetor e autoritário.
Tudo parece correr bem na vida do casal, até os problemas começam a sugerir, juntamente com os mistérios do passado de Grey que passam a ser revelados, vem também vem Elena - a mulher que abusou de Christian quando ele tinha apenas 15 anos e assim, o levou para o lado "obscuro", e para piorar tudo, era uma das amigas da mãe de Christian - que vai atrás de Ana na festa beneficente da família do rapaz, ameaçar a garota no caso dela deixá-lo novamente ou fazê-lo sofrer.

Pouco tempo depois surge uma ex-submissa dele, Leila, que passa a perseguir Ana, invade a casa do casal durante a noite e observa silenciosamente a moça dormir e a pior parte, além de estar em meio a uma crise, está com a posse de uma arma.

Sabendo do perigo que corriam, o casal resolve fugir por um curto tempo, porém ao voltarem, mesmo com a segurança de Ana reforçada,  é claro que não demora muito para Leila enlouquecida, esperar o momento certo e armada invadir a casa da moça para pegá-la sozinha, porém nada acontece pois Grey com seu jeito autoritário, - exercendo o poder que tinha sobre sua submissa - entra no local e consegue facilmente controlar Leila, e a leva para uma clínica.

" - Não me deixe - sussurra ele.
- Pelo amor de Deus...não! Eu não vou embora! - grito, e é libertador. Pronto, falei. Não vou embora.
- Mesmo ? - Ele arregalou os olhos.
- O que eu preciso fazer para você entender que não vou fugir ? O que você quer que eu diga ?
Ele me encara, demonstrando seu medo e sua angústica novamente. E inspira.
- Tem uma coisa que você pode fazer.
- O quê ? -  rebato.
- Casar-se comigo - sussurra."

As mudanças provocadas em Christian por Ana são cada vez mais evidentes, as revelações sobre o seu passado se tornam mais frequentes, o rapaz sente cada vez menos falta do seu antigo estilo de vida, até que certo dia todo este amor até então improvável, vira um pedido de casamento.

Porém apesar de tudo parecer perfeito, certo dia Jack, o chefe de Ana quase abusa sexualmente da moça, que por sua vez se defende, juntamente com o ato se acaba a carreira de Jack pois Grey comprou a empresa, e assim, faz de Ana a editora chefe. Mas, como todo bom casal que enfrenta mil e um problemas para ficarem juntos, um novo problema acontece, sabotam o Charlie Tango - o helicóptero de Christian - mas nada acontece com o rapaz. Ana aceita o pedido de Christian, que anuncia o casamento para familiares e amigos durante a festa surpresa que fora preparada para ele em seu aniversário, na tentativa de Elena de se intrometer na vida do casal, começa a questionar a escolha de Ana e lhe dizer que ela não faria Christian feliz,  afirmava que ela não era a pessoa certe para ele, até que Christian chega e começa a despejar em Elena todo o mal que a mesma fez a ele, e neste exato momento Grace, a mãe de Christian aparece após ouvir toda a conversa, e ao descobrir tudo o que sua "amiga" fizera com seu filho, lhe dá um tapa na cara expulsa de sua casa.



Nome : Cinquenta Tons de Liberdade
Pág. 544
Onde Comprar : Saraiva
Sinopse: O que para Anastasia Steele e Christian Grey começou como uma paixão avassaladora e carregada de erotismo evoluiu, em um curto espaço de tempo, para um sentimento mais profundo que transformou a vida do casal. Ana sempre soube que amar um homem com tantas nuances seria complicado, mas nem ela nem Christian tinham noção das dificuldades que enfrentariam para ficar juntos. Mesmo assim, os dois estão se acertando: Ana torna-se mais segura a cada dia, e Christian lentamente permite-se relaxar e confiar nela. Tudo leva a crer que eles estejam caminhando para um desfecho digno de conto de fadas. Mas ainda há contas a acertar com o passado.



Neste livro, Anastasia por fim passou a ser a Sra Grey, estão ela e o marido em lua de mel pela Europa, e é neste volume com o dia a dia do casal mais segredos de Christian acabam sendo revelados, os dois passam muitos bons momentos juntos, mas como nada é fácil na vida do casal, Christian é informado de um incêndio criminoso que ocorreu em sua empresa, fato que ligado a sabotagem do avião anteriormente, indica que a mesma pessoa está por trás dos dois crimes, e ambos correm perigo.
Ao estourar a "bolha" que estavam vivendo em sua lua de mel, voltando para suas respectivas rotinas, Ana volta ao trabalho -  relembrando, propriedade do possessivo Christian - e para não parecer estar levando vantagem por ser esposa do dono, resolve permanecer com o "Steele" ao invés do "Grey" em sua assinatura eletrônica, o que faz com que aconteçam inúmeras brigas entre o casal, como podemos imaginar conhecendo o perfil do rapaz.
Certo dia Christian permite que Ana dirija seu carro, um R8, tudo ocorre tranquilamente até que um de seus seguranças dá um telefonema, informando que eles estavam sendo seguidos, porém saem ilesos. Após os acontecidos, e sabendo quem estava por trás dos atentados, Grey reforça a segurança de toda a sua família.

Durante uma viagem de Christian, Kate convida Ana para tomar um drink, e após muita conversa, uma mensagem de seu marido a reprendendo pela sua saída, Ana volta para casa, e logo quando as portas do elevador se abrem pode ver sinais de destruição, além de um dos seguranças machucados ... e o invasor caído, desmaiado ao seus pés, e então Ana chama a polícia. Rapidamente Christian volta de sua viagem - muito aborrecido por sinal - muito preocupado com sua esposa, mas a mágoa não dura muito tempo, claro.

Com o desenrolar da história cada vez mais é evidente a confiança e o amor entre Christian e Ana, ele se liberta de todos os seus fantasmas do passado, e o relacionamento dos dois passa a ser algo ainda mais sincero. Não pensem que a adrenalina acabou, ainda ocorrem inúmeras coisas que abalam as estruturas do casal, um acidente familiar, a reaparição de Leila e uma outra ex-submissa, um sequestro e ... gravidez e juntamente com ela, uma briga envolvendo Elena. Além do mais quem seria esse criminoso que estaria disposto a acabar com a vida do casal ? Qual influência teriam Elena e as duas ex-submissas no desfecho desta história ? Quem será sequestrado(a) e que consequências este sequestro trará ? Leiam !
* E não percam o Primeiro Natal de Christian quando fora adotado pela família Grey !


COMENTÁRIOS

Confesso que li a trilogia em menos de um mês, o que a curiosidade não faz ? hahahaha
Bom, gostei do livro e sinceramente, classificaria muito mais como um romance do que como um livro erótico, perdão sociedade mas não achei tão absurdo assim. Por ser um fanfic da vampiresca história Crepúsculo, acabei tendo perspectivas parecidas em relação aos personagens, por exemplo : acho a Bella completamente irritante em grande parte da história por sempre estar em dúvida em relação a tudo, ser tão sem graça e dramática, e com Anastasia não foi diferente, porém acrescentando a sua ridícula deusa interior, mas independente disto, não me arrependo de ter lido. Estava ansiosa pelo terceiro livro, pois por fim os fantasmas do passado de Christian seriam revelados, o suspense neste volume seria maior, o primeiro natal na família Grey, as inúmeras mudanças em relação a ele - sim, acredito no amor, e no quanto este sentimento pode mudar alguém, para melhor, claro - e não me decepcionei.
A única coisa que não consigo - não quero - imaginar é um filme baseado no livro ! 

E vocês, o que acharam da trilogia ?

História:
Capa:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um comentário:

  1. Parabéns também acredito que o amor muda as pessoas e adorei sua resenha , amei a trilogia beijos !

    ResponderExcluir

Por Dentro


© Fundo Falso - 2016. Todos os direitos reservados | não responsivo, melhor visualizado no Google Chrome.
Design e programação por Andréa Bistafa | Ilustração original de Marciano Palácio | Tema base: Blogger | Versão 4.0 | Blog no ar desde 11.01.2011.