Resenha : Morte e vida de Charlie - Ben Sherwood

sexta-feira, 3 de agosto de 2012



A sessão Convidado trás resenhas e matérias feitas pelos parceiros e colaboradores do blog! Cada post será assinado pelo mesmo. 





Nome: Morte e vida de Charlie St. Cloud
Autor: Ben Sherwood
Editora: Novo Conceito
Pág. 304
Onde Comprar: Saraiva


Sinopse: Um coração dividido entre dois mundos.Em uma pacata vila de pescadores da Nova Inglaterra, Charlie St. Cloud cuida dos gramados e monumentos de um antigo cemitério onde seu irmão mais jovem, Sam, está enterrado. Após sobreviver ao acidente de carro que tirou a vida de seu irmão, Charlie recebe um dom extraordinário: ele consegue enxergar, conversar e até mesmo brincar com o espírito de Sam. É neste mundo místico que entra Tess Carrol, uma cativante mulher treinando para navegar sozinha ao redor do mundo em um veleiro.O destino faz com que seu barco seja apanhado por uma violenta tempestade, trazendo-a assim para a vida de Charlie. Sua bela e incomum ligação os leva a uma corrida contra o tempo e a uma escolha entre a vida e a morte, entre o passado e o futuro, entre apegar-se ou deixar o passado para trás - e a descoberta que milagres podem acontecer se nós simplesmente abrirmos nossos corações.




RESENHA POR THAÍS

"Eu acredito em milagres. "

O pontapé inicial da emocionante história : "Morte e vida de Charlie St Cloud", se dá apartir do depoimento do bombeiro Florio,  que através das experiências vividas em sua carreira, justifica a sua crença em milagres. Em especial um dos casos que mais o marcou, o desastre na ponte sobre o rio Saugus, envolvendo um beagle e dois irmãos.

"... Algumas pessoas diriam que é uma tragédia, e eu entendo. Mas sempre tentei achar o lado positivo nas situações mais desesperados, e é por isso que a história desses garotos permaneceu comigo." 

Tudo começou na sexta feira, 20 de setembro de  1991, Red Sox contra Yankees.
Charlie e seu irmão caçula Sam apaixonados por beisebol, ficaram sozinhos em casa, e conseguiram ingressos para tão sonhada partida,  então pegaram "emprestado " o carro da vizinha que estava viajando, levando com eles seu cachorro. Porém, após o jogo um terrível acidente deixa Charlie entre a vida e a morte, e antes de cruzar o caminho para voltar ao mundo dos vivos, Charlie faz a promessa de sempre ficar ao lado do irmão. Provando que um amor verdadeiro vai muito além da vida, a tal promessa é cumprida fielmente por ambas as partes, Sam decide não fazer a travessia para permanecer ao lado do irmão, e Charlie passa a viver e trabalhar no cemitério Waterside, onde seu irmão está enterrado.Charlie cria um verdadeiro templo para Sam, local que é o cenário do encontro diário dos irmãos que acontece quando o sol se põe, para uma partida de beisebol, com o caçula trazendo sempre consigo Oscar, seu cão e companheiro, mesmo após a morte.
A história toma um novo rumo apartir do momento em que Charlie conhece a destemida Tess, que pretende dar a volta ao mundo a bordo de Querência, seu veleiro.Os dois se envolvem e se apaixonam rapidamente, porém, surge um pequeno enigma em relação a jovem moça, pois antes de entrar para na vida de Charlie, Tess realizou uma ultima viagem de treinamento para a grande volta ao mundo, e nesta viagem seu veleiro foi atingido por uma grande tempestade.Tess passa a ser invisível para o restante das pessoas, e certo dia, no cemitério a moça consegue ver Sam correndo pelo gramado, que até então só era visto por Charlie, que adquiriu após a morte do irmão, o dom de ver a alma das pessoas.
Então surge a grande dúvida , em qual lado dos mundos estaria Tess ? No desenrolar da história, Charlie é obrigado a correr contra o tempo, e tomar uma decisão que envolve escolher entre sua vida daqui pra frente e descumprir sua promessa, ou deixar de lado o seu futuro e permanecer com Sam.

"Confie em seu coração se os mares explodirem em chamas (e viva pelo amor mesmo que as estelas se movam para trás)"

Confesso que fiquei meio apreensiva com o fato do autor alternar a narrativa entre Charlie e Tess, inicialmente achei um pouco cansativo, porém em certo ponto do livro  o fato de mesclar os personagens, se torna crucial pois ambas as partes são devidamente apresentadas para que finalmente possam se encontrar, tomando um rumo inesperado, repleto de reviravoltas.
O livro tem como foco principal a vida, e nos faz rever muitos conceitos, envolvendo não só a questão do amor incondicional que vai além da vida e além do mundo dos vivos e dos mortos, mas também as escolhas que devemos fazer, retratando abertamente o fato de que nem sempre oque desejamos é o melhor que pode acontecer, como um grande exemplo temos Sam preso em seu corpo infantil por longos anos, sem poder aproveitar tudo oque a sua nova fase o proporcionava, e Charlie que deixou de aproveitar a segunda chance que a vida lhe deu, e passou a viver em um cemitério deixando de lado o restante do mundo, presos por uma promessa que ao final, ambos descobrem que o amor que eles sentem um pelo outro sempre foi e sempre será suficiente, que no verdadeiro amor não há despedidas, e o mais importante, conseguem enxergar o fato de que um sempre terá ao outro, pois quando se ama não há dois mundos, afirmação que é provada após a escolha de Charlie, onde cada um passa a viver oque o destino lhes designou, e ainda assim permanecem unidos eternamente por este sentimento.
Como conclusão afirmo que temos a obrigação de prestar atenção nas chances que a vida nos dá, e aproveitá-las da melhor forma possível, mergulhar em nossos sonhos e não deixar que nada apague o nosso brilho.

"Assim é a vida e a morte. Todos nós brilhamos. Você só precisa libertar seu coração , aguçar seus sentidos e prestar atenção. Uma folha , uma estrela , uma canção , um riso. Perceba as pequenas coisas , porque alguém está estendendo a mão para você. Qualcuno ti ama. Alguém o ama."

O escritor tem uma linguagem muito clara e envolvente, oque o torna acessível para todo tipo de público, além de ser extremamente atencioso aos detalhes, o que faz do livro um trabalho exemplar, fatos que nos fazem entender o porque do tamanho sucesso que do livro que originou o filme, responsável por dar vida e cara, a mágica história de Sherwood. Recomendo !

História:
Capa:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 comentários:

Postar um comentário

Por Dentro


© Fundo Falso - 2016. Todos os direitos reservados | não responsivo, melhor visualizado no Google Chrome.
Design e programação por Andréa Bistafa | Ilustração original de Marciano Palácio | Tema base: Blogger | Versão 4.0 | Blog no ar desde 11.01.2011.