Resenha: Visão do Além - Charlaine Harris

quarta-feira, 7 de setembro de 2011


Nome: Visão do Além
Autor: Charlaine Harris
Editora: Lua de Papel
Pág. 232
Onde Comprar: Saraiva






Sinopse: Harper Connelly e seu meio-irmão, Tolliver, são especialistas em realizar o serviço (encontrar cadáveres de pessoas desaparecidas), receber o pagamento e partir rapidamente, pois as pessoas que os contratam têm o estranho hábito de não querer ouvir o que eles têm a dizer. E à primeira vista, a experiência com os moradores da pequena cidade de Sarne, nas Montanhas Ozarks, parece não ser diferente. Uma adolescente está desaparecida, e Harper sente imediatamente que ela está morta. Mas os segredos que envolvem este assassinato e a própria cidade são profundos demais até mesmo para que a habilidade especial de Harper consiga desenterrá-los. Ao perceber a hostilidade crescer ao redor deles, ela e Tolliver querem apenas resolver o assunto e ir embora, mas então outra mulher é assassinada e o criminoso ainda não terminou seu trabalho.





Simplesmente Charlaine Harris. O que esperar de uma nova série dessa autora que fisgou muitos leitores inclusive eu mesma? Charlaine Harris é a escritora da aclamada série The Southern Vampire Mysteries (publicado como As Crônicas de Sookie Stackhouse aqui no Brasil) que originou a a famosa série da HBO, True Blood.

Harper Connelly tem uma “profissão” um tanto quando diferente, ela consegue localizar corpos. Não importa quanto tempo faça que tenham morrido, basta Harper se aproximar do local e já pode ouvir o zumbido. Mais incomum que isso é o fato dela conseguir ver os últimos segundos de vida da vítima, nunca consegue visualizar seu assassino (se houver um) mas pode sentir o medo e rever as suas últimas imagens.

Mas Harper não nasceu com esse dom, ela o adquiriu após ser atingida por um raio aos quinze anos. Tempestades ainda a apavoram.
Marcada por má sorte, ainda quando jovem, ela perdeu sua irmã, que foi supostamente sequestrada e até hoje Harper nunca mais teve noticias dela e não considera a possibilidade de encontrá-la com vida.

Tolliver Lang é seu meio-irmão que a acompanha em todos os trabalhos, é seu braço direito. 
O próximo trabalho está em Sarne, uma cidadezinha nas Montanhas Ozarks, onde uma mãe contratou seus serviços. Sybil acaba de perder o filho e a nora e tudo leva a crer que foi assassinato seguido de suicídio. Dell, o filho, já está no cemitério, mas o corpo de Teenie ainda não foi encontrado. A partir daí, segue uma trama policial bem desenvolvida e com um toque sobrenatural.

A escrita dessa série também é feita em primeira pessoa, a protagonista é forte, segura e costuma levar toda situação com bastante bom senso e até mesmo sarcasmo. Característica das protagonistas de Charlaine!

A história toda é muito coerente, mas como uma cinéfila nata em filmes policiais, acabei matando a charada logo de início, e acredito que boa parte de quem curte esse tipo de historia também o fará. Porém, para quem não se importa nesse aspecto, o livro tem uma leitura fácil, com diálogos bem simples e bem desenvolvidos tornando muito rápida a interpretação dos fatos e o desenrolar da trama.

Para quem gosta (ou não) de romance em excesso, aqui quase não temos nada. Existe um caso ou outro dos personagens em segundo plano, do qual não tem quase nenhum foco. Mas Harper e Tolliver deixam no ar uma ligação muito forte, ambos são capazes de tudo um pelo outro. Notei em certas cenas aquele ciúmes, não característico de irmãos, acredito que Charlaine ainda vá explorar esse afeto nos próximos livros.

Senti com esse primeiro volume a mesma sensação que tive ao ler Morto Até o Anoitecer (primeiro volume das crônicas de Sookie), não me satisfez. Esperavam mais. Porém, conhecendo um pouquinho de Charlaine Harris tenho certeza que os próximos volumes serão mais intensos! Aguardo por eles ansiosa!

Obs. Li alguma coisa sobre uma possível adaptação da série para a TV, espero que seja em breve!


História:
Capa:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 comentários:

Postar um comentário

Por Dentro


© Fundo Falso - 2016. Todos os direitos reservados | não responsivo, melhor visualizado no Google Chrome.
Design e programação por Andréa Bistafa | Ilustração original de Marciano Palácio | Tema base: Blogger | Versão 4.0 | Blog no ar desde 11.01.2011.