Resenha: Apátrida - Ana Paula Bergamasco

quarta-feira, 9 de março de 2011

Nome:  Apátrida
Autor: Ana Paula Bergamasco
Editora: Todas as Falas
Pág. 338
Loja: Séfer

Sinopse: Uma pequena vila na Polônia. Uma menina repleta de vida. Um encontro. Vidas Ceifadas. Sonhos Destruídos. Infâncias Roubadas. As recordações da personagem Irena amarram o leitor na História do Século XX. Baseado no estudo dos fatos que marcaram a época, o palco da narrativa é a conturbada Europa pós Primeira Guerra Mundial, culminando com a eclosão da Segunda Grande Guerra e a destruição que ela provocou na vida de milhões de pessoas. A narradora conduz a exposição em primeira pessoa, e remete o leitor a enxergar, através de seus olhos, o cotidiano a que ficou submetida. É um relato humano, sincero e envolvente que revela a passagem da vida infantil feliz da menina, para o tumulto da existência adulta, cheia de contradições. 





Eu, antes de ler Apátrida, era uma destas pessoas egoístas, que qualquer mínima coisa que dava errado, logo pensava: - Pq comigo? Nada da certo para mim. Odeio essa vida.
E foi ai que li, para meu crescimento de espírito, Apátrida.

Será difícill nas próximas linhas descrever corretamente o valor que este livro trás.

Contando a história de Irena, uma personagem fictícia, que não poderia ser mais real.
Irena é polonesa, nasceu no pós 1º Guerra Mundial e viveu na pele o inferno da 2º Guerra Mundial. Infortúnios lhe foram companhia desde criança. Teve um grande amor Judeu. Viu com seus olhos o holocausto, sentiu na sua pele o frio dos campos de concentração. Amou inúmeras vezes, sofreu inúmeras perdas, e continuo. Não consigo falar sobre ela sem me arrepiar dos pés a cabeça.

Chorei em centenas de passagens, e pedi a Deus por essas pessoas (reais), queria acreditar que todas elas eram apenas ficção e que nada disso existiu. Mas não posso. Cada linha, cada dor, foi sentida e ainda pode ser relatada por muitos de uma geração passada.

Não é um livro fácil de ser lido. É necessário ser forte. Mas ele com certeza mudará sua vida.
Não tem como comentar muito sem fazer spoilers, o livro trás revelações e encaixes da história todo o tempo.
Mas o importante é saber, que só o amor é capaz de fazer alguém lutar até o fim.

A guerra trás devastação, destrói sonhos, famílias, acaba com a dignidade. E onde estava, por Deus, a humanidade?


Historia:
Capa:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

19 comentários:

  1. Oi Andréa! Adorei a resenha! Só ouvi comentários bons a respeito desse livro, estou com muita vontade de ler!
    Tem post novo no blog, dá uma passada lá!
    Beijos, Nath
    @brgnat
    Books In Wonderland - http://booksinwonderland.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela resenha Andréa! Estou ansiosa para ler Apátrida. Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Olá, Andrea, tudo bem?

    Agradeço-lhe a resenha. Fico feliz que o livro lhe trouxe grandes transformações!

    Um grande abraço, Ana

    ResponderExcluir
  4. Estou DOIDA pra ler este livro há tempos, amo historias que se passam na segunda guerra, tenho fascinação por este tema.
    Vou participar do Booktour da autora, não vejo a hora de ler

    Beijos

    chabiscoitoseumlivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Eu QUERO esse livro. Devo me prepar psicológicamente para o que posso sentir em relação aos personagens, mas mesmo assim.

    Beijosbeijos

    Gabyh

    linesuncertain.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Sua resenha está muito boa, Apátrida é realmente maravilhoso, eu escrevi na minha resenha que é o melhor livro que eu já li e um professor de literatura, que não leu o livro, disse que era um exagero desnecessário dizer isso na resenha, eu respeito a opinião dele mas eu estava sendo sincera, eu amei profundamente cada personagem e me emocionei com cada palavra é muito lindo e verdadeiro.

    ResponderExcluir
  7. Andrea, primeiramente eu quero comentar sobre o seu layout, que lindoooooooooooooooooo! Fiquei apaixonada. Blog maravilhoso. Agora sobre a resenha, Apátrida realmente nos faz ser uma pessoa melhor. Um livro forte e triste que vc tem q estar preparada psicologicamente pra ler. É um livro divino. E cada vez mais tenho medo da humanidade... :/
    Parabéns pela resenha
    beijosss

    ResponderExcluir
  8. Gosto de livros profundos assim, acho que contribuem demais, se bem construídos.
    Ótima resenha, Andréa! =)

    ResponderExcluir
  9. Nossa, depois dessa... estou mais curiosa ainda para ler Apátrida! :D
    Logo conseguirei, já que estou participando de um booktour <3
    Parece linda a história... Adoro livros que se passam na 2ª guerra mundial, dá para criar um contexto fantástico!
    Espero que Apátrida me conquiste mais ainda quando eu terminar de lê-lo!
    Parabéns pela resenha ;)

    ResponderExcluir
  10. Nossa, a história parece forte mesmo.
    Tem tempo que li um livro que me fez chorar tanto =p

    Apesar de triste, o livro parece ser muito bom; com uma história bem... enriquecedora.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Ei!
    Conheci seu blog hj e adorei!
    Tô querendo um livro assim, que me faça chorar livros.
    Apátrida deve ser ótimo!
    Vai entrar para a minha fila de espera de leitura.
    Bjins

    ResponderExcluir
  12. Olá! Tudo bem?

    E estou super curiosa pra ler esse livro. Já vi ele em tantos blogs, mas gostei da tua resenha porque foi bem sincera, sobre a mudança. Sempre é bom saber que um livro pode mudar alguns conceitos.

    Beijo beijo!
    @nine_stecanella
    http://janinestecanella.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Caramba! Chega me arrepiei com essa resenha! Acho que não conseguiria ler esse livro. Sou muito coração mole. Vou chorar horrores! Achei a capa linda demais!
    beijo
    Olivia
    http://paponosense.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Ah .. me deu vontade de ler !!!
    Eu queroo !!! rsrsrs

    PS: Vc me deixou uma mensagem no skoob.. dai vim aqui! rs

    Bjinsssssss

    ResponderExcluir
  15. Linda resenha, ainda não tinha lido nenhuma sobre este livro, mas a sua me fez querer ler Apátrida.
    A capa nã tinha me chamado muita atenção, mas como ja disse mudei de ideia e estou afim de ler este livro.

    Bjs, Fran
    Livros Ao Quadrado

    ResponderExcluir
  16. Andrea :D
    Faz tempo que mudou o template?? Eu nao tinha visto ainda! ushaushuas..

    Ficou lindo *-----*
    O título lá em cima ficou mto bom!! hehehe..

    Qnto a resenha.. eu sou looouca pra ler esse livro!!
    Será uma das minhas proximas compras.
    Todas as resenhas que li falam maravilhosamente bem dele, entao estou pirando pra poder ler logo!! hehe


    Beeijos
    Rapha - Doce Encanto

    ResponderExcluir
  17. Gostei mto da resenha! Entrará na minha lista de compras *_*
    Bjos, Bell- http://multinverso.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Nuss, essa é uma das capas mais lindas de livros que eu já vi. Eu até fiz um post no blog sobre as mais lindas capas de livros e essa capa com certeza está. Depois entra lá e olha! :)

    ResponderExcluir
  19. A humnmanidade estava enganada por um homem, um sociopada, talvez até psicopata. A humanidade, como sempre, está mascarada pela ambição.

    Também lerei esse livro, estou no Booktour da Ana. Fiquei feliz pela conclusão da sua experiência ter sido positiva, ja que também vou passar por ela. =)

    E eu acho IMPORTANTÍSSIMO ler livros que, como este, fazem a gente crescer um pouquinho. Sério mesmo.

    Beijinhos, querida! Adorei a resenha, viu?
    http://felizvrosparasempre.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Por Dentro


© Fundo Falso - 2016. Todos os direitos reservados | não responsivo, melhor visualizado no Google Chrome.
Design e programação por Andréa Bistafa | Ilustração original de Marciano Palácio | Tema base: Blogger | Versão 4.0 | Blog no ar desde 11.01.2011.