✓ Resenha: Descobrindo Todas as Formas de Amor - Roberta Farig

sábado, 20 de setembro de 2014




Sinopse: O amor pode ser encontrado em diferentes formas e situações. Algumas vezes ele aparece nos momentos nunca esperados e de pessoas menos prováveis. Anabella vivencia isso, desde o momento que nasceu. Ela pôde sentir o poder do amor em sua vida, descobrindo da maneira menos provável, que o amor salva. Após ser abandonada por sua mãe de sangue, ela passa a viver com pais adotivos, que deram a ela todo o amor que um filho deve receber. Com o tempo, ela conhece o mundo e passa a perceber as artimanhas que são necessárias para sobreviver. O problema é, que algumas vezes, sua inocência a leva por caminhos difíceis, mas sempre é amparada por alguém, um ser enviado por Deus que a ilumina. O amor de um homem não poderia ficar de fora e a vida trouxe a ela a possibilidade de viver uma intensa e deliciosa história de amor. Só que nada na vida é por acaso e no momento em que ela decide se entregar a esse novo amor, acontece uma reviravolta dolorosa em sua vida, que a faz rever seus planos e conceitos sobre o amor e a vida. 

Título: Descobrindo Todas as Formas de Amor
Autor: Roberta Farig
Editora: Uno
Pág. 180
Melhor preço: Com a autora                                                        
Classificação: 9,1 (Ótimo)




Meu primeiro julgamento para o livro foi: despretensioso. Mas então nas últimas paginas acreditei na pretensão da autora em nos anunciar mudanças drásticas na vida calma de Anabella

Nossa protagonista chama-se Anabella, e aos meus olhos ela é alguém bastante sensata e centrada, uma mocinha politicamente correta, agradável e sem muitos impulsos. A narrativa é na voz dela, e toda a simplicidade da escrita me fez mais conversar com Anabella do que propriamente ler um livro. É bastante envolvente a forma como a autora quis colocar Ana para falar e não simplesmente narrar os fatos. Esse foi para mim o ponto alto, gostei bastante da narrativa.

Ana está prestes a se formar em Administração, está estagiando e ama a empresa da qual trabalha. Ela é boa funcionaria, boa amiga, daquelas que tem as mesmas embaixo das asas, como irmãs. Está dando duro para ser efetivada, é tímida e a última coisa que passaria em sua cabeça é dar bola para o chefe, ainda mais um que ela nunca vira pessoalmente.

"Eu devo estar muito bêbada, só pode. Como tive coragem de enviar um e-mail assim para meu patrão? Falando que estou me preparando para dormir. Devo estar louca de pedra. Vá dormir Anabella e pare de fazer besteiras! - Falei para mim mesma e resolvi que desligaria meu notebook, mas esperaria só mais uns minutinhos. Valeu a pena." Pág. 122

Ana mora com os pais adotivos, e o ponto forte desse primeiro livro é ressaltar as formas de amor que nos envolve. O primeiro explicito aqui é o fraternal, pois Ana transborda amor e gratidão pelos pais. Toda a prioridade de sua vida é agrada-los. É bonito de se ver.

Mas é claro, toda mocinha um dia se apaixona, e isso pode tanto acalentar o espirito como trazer um turbilhão de emoções. Aqui existe aquele colega chato de faculdade que quer te seduzir a todo custo, até o momento que se torna insuportável. Tem aquele bonitão que te salva por várias vezes mas não desperta aquela paixão louca, e tem aquele, o tal que nos deixa de pernas moles e o coração acelerado, lindo de viver, sensato e cavalheiro. Tem uma dose de amor para todos os gostos.

A trama deixa muitas pontas soltas, muitas mesmo. Todo o conteúdo sereno desse livro se quebra no final, e ele acaba bem naquele melhor momento sabe? Naquele penúltimo episódio da série preferida e que só passa uma vez por semana? Essa foi a minha sensação! Tá, eu sei, é uma trilogia gente! 



Esse primeiro volume é bastante tranquilo, agradável e corriqueiro, me fez reviver minha primeira paixão. Sensações sentidas pela primeira vez. As cenas de festas são tão as baladas que estive! O jeitinho da Anabella de seduzir é tão eu (anos atrás! rsrs). Muito muito envolvente a inocência da cena! Apaixonante.

"Deixei-me levar pela música e requebrei junto com minha amiga curtindo o som. De olhos fechados dançando, tocando meu corpo como a música pedia e sorrindo, muito feliz. Ao abrir meus olhos, quem eu vejo parado, fitando-me como um animal faminto, devorando cada pedaço de mim?" Pág. 134

Eu acredito no potencial da escritora e acredito que o segundo volume vem pra quebrar todo esse universo confortável que estivemos até aqui.

A play list é uma delicia! E gente, tem mpb e pagodinho! Eu adoro, e é difícil encontrar pagode nas leituras rs
PS: Só faltou saber qual música do Revelação estava tocando, eu amo Revelação! rs


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

10 comentários:

  1. Oi Andréa!

    Eu adorei a capa, mas não me apeguei tanto ao enredo... acho que é por ser uma trilogia (não sabia disso) e eu estou correndo de começar mais uma! rsrsrsrsrrsrs

    Linda resenha, adorei as fotos dos personagens!

    bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Chorei! Obrigada Andréa por sua palavras, suas colocações e visão do livro simplesmente emocionaram-me. Prometo que a continuação da Trilogia Apenas Amor- 'Só o Amor Pode Curar a Dor' - será um complemento perfeito dando a trilogia um novo gaz. Obrigada mais uma vez queridaaaa. Gratidão eterna ao Blog Fundo Falso!!!!

    ResponderExcluir
  3. Que lindeza, Déa!

    Estou louca para ler este livro, pois conheço bem demais a Ro e sei que ela é totalmente coração. Tenho certeza que é um lindo e emocionante enredo, e que no final leva uma boa mensagem. ;)

    Adorei a resenha.

    Beijos,

    Simone Pesci.

    http://simonepesci.blogspot.com.br/

    http://eoceoi.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Si... vc é suspeita em falar né... amiga de coração!!!! <3

      Excluir
  4. Oie...
    O livro parece ser emocionante!!! Amei a capa e a resenha me fez querer muito ler ele!!!
    Sem contar a playlist que está de arrasar! Embora não seja o estilo musical que mais gosto, tem umas músicas lindas!!!
    Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  5. Anotando aqui para pesquisar mais sobre a autora, cada dia mais apaixonada pela literatura nacional ♥

    Reliquias
    http://reliquiasaline.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Mais um livro nacional entrando para lista de desejados . Esse livro parece bem bacana , mas como acaba e vc fica muito curiosa ou anciosa para o 2º vou esperar lançar todos para ler a serie inteira .Bjus

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito do enredo, não conhecia o livro. Mas me interessei agora!
    A capa não é muito linda, mas o livro parece bom.

    ResponderExcluir
  8. Nao conhecia o livro , mais confesso que o enredo nao me agradou muito , achei a capa bem feinha , !

    ResponderExcluir
  9. Não conhecia esse livro, mas a capa é meio, sei lá, não entendi o que esta na frente, mas eu amo Playlist e acho salvou por causa disso.

    Abçs :)

    ResponderExcluir

Por Dentro


© Fundo Falso - 2016. Todos os direitos reservados | não responsivo, melhor visualizado no Google Chrome.
Design e programação por Andréa Bistafa | Ilustração original de Marciano Palácio | Tema base: Blogger | Versão 4.0 | Blog no ar desde 11.01.2011.