Resenha: A Última Carta de Amor - Jojo Moyes

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013


Nome: A Última Carta de Amor
Autor: Jojo Moyes
Editora: Intrínseca
Pág. 384
Onde Comprar: Saraiva



Sinopse: Londres, 1960. Ao acordar em um hospital após um acidente de carro, Jennifer Stirling não consegue se lembrar de nada. Novamente em casa, com o marido, ela tenta sem sucesso recuperar a memória de sua antiga vida. Por mais que todos à sua volta pareçam atenciosos e amáveis, Jennifer sente que alguma coisa está faltando. É então que ela descobre uma série de cartas de amor escondidas, endereçadas a ela e assinadas apenas por “B”, e percebe que não só estava vivendo um romance fora do casamento como também parecia disposta a arriscar tudo para ficar com seu amante. Quatro décadas depois, a jornalista Ellie Haworth encontra uma dessas cartas endereçadas a Jennifer durante uma pesquisa nos arquivos do jornal em que trabalha. Obcecada pela ideia de reunir os protagonistas desse amor proibido — em parte por estar ela mesma envolvida com um homem casado —, Ellie começa a procurar por “B”, e nem desconfia que, ao fazer isso, talvez encontre uma solução para os problemas de seu próprio relacionamento. Com personagens realísticos complexos e uma trama bem-elaborada, A última carta de amor entrelaça as histórias de paixão, adultério e perda de Ellie e Jennifer. Um livro comovente e irremediavelmente romântico.




RESENHA POR THAÍS

Ellie Haworth é jornalista e no atual momento vive um relacionamento bastante instável com um homem casado, se questionando constantemente sobre a reciprocidade deste amor.
Certo dia durante uma pesquisa no depósito do jornal onde trabalha, Ellie encontra uma antiga carta de amor, que a leva diretamente aos anos 60, na vida de Jennifer uma mulher casada, com um comportamento impecável perante a sociedade, e vivia uma vida boa ... pelo menos até sofrer um acidente que fez com que ela se esquecesse de muitos momentos de sua vida, inclusive dos momentos com o seu marido, o que a levou a pensar que talvez sua vida não teria sido tão boa assim.

" Quando você me olhava com aqueles olhos ilimitados, deliquescentes, eu me perguntava o que você podia ver em mim. Agora sei que isso é uma visão tola do amor. Você e eu não podíamos deixar de nos amar, assim como a terra não pode parar de girar em torno do sol."

A partir do momento em que conhece o jornalista Anthony O'Hare, Jennifer sente que jamais sentira nada parecido, acaba sendo uma explosão de sentimentos, algo inimaginável. E rapidamente se vê envolvida neste romance proibido, embalado por cartas contendo intensas palavras de amor, o que faz com que haja a imensa dúvida de se entregar a esta arrebatadora história de amor ou prosseguir com a sua vida bem sucedida e sua relação estável, o que era bastante relevante na época.

" Amo você de qualquer jeito - mesmo que não exista nenhum eu ou nenhum amor ou mesmo nenhuma vida; amo você."

" Se eu me permitisse amar você, isso me consumiria. Só existiria você. Eu viveria com medo de que você mudasse de ideia. E, se isso acontecesse, eu morreria." 

Ellie, em busca de respostas sobre esta história tão fantástica, se aprofunda cada vez mais no assunto, fazendo assim a busca das respostas não só do romance de Jennifer, mas sim, da sua própria vida amorosa.

" Saiba que você tem meu coração, minhas esperanças, em suas mãos."

Apesar de amar a tecnologia, sou perdidamente apaixonada pela boa e velha escrita com papel e caneta,  especialmente por cartas, e também amo histórias antigas, especialmente romances, então não preciso sequer mencionar a razão por este livro ter sido comprado não é ? É muito interessante a forma com que tempos tão distintos foram mesclados, e melhor ainda é perceber como o amor sempre teve a mesma intensidade - apesar das restrições e dos costumes - na vida das pessoas. A leitura é bem suave e fácil, tem frases incríveis em especial nas cartas, nos leva a atingir ápices de emoções, e é daquelas histórias que precisam ter um final clichê de tanto que esperamos por isso !
Vi muitas pessoas classificando este como o melhor romance, porém eu depositei grandes expectativas nele, aliás sou meio assim em tudo o que faço, e apesar de não tê-las alcançado não me arrependo por ter lido, e confesso que é uma das capas favoritas da minha coleção.

História:
 Capa:

Resenha : Starters - Lissa Price

domingo, 27 de janeiro de 2013


Nome: Starters
Autor: Lissa Price
Editora: Novo Conceito
Pág. 367
Onde Comprar: Saraiva



Sinopse:Seu mundo mudou para sempre.Callie perdeu os pais quando a Guerra dos Esporos varreu todas as pessoas entre 20 e 60 anos. Ela e seu irmão mais novo, Tyler, estão se virando, vivendo como desabrigados com seu amigo Michael e lutando contra rebeldes que os matariam por uma bolacha. A única esperança de Callie é Prime Destinations, um lugar perturbado em Berverly Hills que abriga uma misteriosa figura conhecida como o Old Man. Ele aluga adolescentes para alugar seus corpos aos Terminais — idosos que desejam ser jovens novamente. Callie, desesperada pelo dinheiro que os ajudará a sobreviver concorda em ser uma doadora. Mas o neurochip que colocam em Callie está com defeito e ela acorda na vida de sua locadora, morando em uma mansão, dirigindo seus carros e saindo com o neto de um senador. Parece quase um conto de fadas, até Callie descobrir que sua locatária pretende fazer mais do que se divertir — e que os planos de Prime Destinations são tão diabólicos que Callie nunca podia ter imaginado...



RESENHA POR THAÍS

Após a Gerra dos Esporos o mundo mudou completamente, pois antes da guerra o governo decretou que as vacinas seriam aplicadas apenas nos maiores de 60 anos chamados pelo livro de Enders, e os menores de 18 anos nomeados por Starters, e qualquer pessoa que estava fora destes dois grupos acabou morrendo, incluindo os pais de Callie. Com tantas mortes, as pessoas que sobreviveram graças a vacina, acabaram indo morar com seus familiares, porém muitos Starters estavam sozinhos e sem ter onde morar, então estes passaram a viver em prédios abandonados, onde acabam tendo como rotina a fome, o frio, as brigas constantes por comida, além de terem que se manter distante dos inspetores, pois os que eram pegos eram levados para instituições que se assemelhavam com cadeias, melhor dizendo, o ultimo lugar do mundo que alguém quisesse viver - mesmo com todos os desafios que a vida vivida nas ruas representasse. E nesta situação se encontravam Callie, seu irmão de sete anos Tyler, e seu amigo Michael (que tem um certo carinho a mais por ela) , que viviam juntos, e encontravam um no outro o apoio necessário para (sobre)viver.

A garota desesperada com a responsabilidade de cuidar de seu irmão mais novo que tem uma doença pulmonar rara, sem ter dinheiro para comprar os medicamentos necessários, e sem a possibilidade de arrumar um emprego remunerado por ser menor de idade, decide ir a Prime Destinations, uma instituição instalada em Bererly Hills que contrata Starters afim de alugar seus corpos para Enders, pois apesar de terem uma vida extremamente longa - grande parte ultrapassa os 150 anos - os Enders já não podem desfrutar tanto a vida, pois seus corpos já não permitem, e por isso investem neste aluguel podendo viver ou reviver grandes aventuras, que não poderiam sem a Prime, o processo é feito através de um chip que é monitorado pela instituição.

Não vendo saída para esta situação, Callie decide aceitar a proposta da instituição afim de usar o dinheiro para assim melhorar a sua vida, de seu amigo, e principalmente cuidar da saúde de seu irmão. O contrato que Callie assinou era de três alugueis, e em troca ela receberia uma grande quantidade em dinheiro, os dois primeiros alugueis são tranquilos e bem rápidos, porém o ultimo era mais longo, e algo inesperado acontece, uma falha na conexão dos corpos,  sem que a instituição perceba, então Callie acaba acordando antes do tempo, e se deparando com a vida luxuosa da Ender Helena, e isso acontece durante uma festa onde ela se depara com os amigos da Ender que agora estão em corpos de adolescentes assim como deveria ser o caso dela, e durante esta festa acaba conhecendo Blake o neto do governador, com quem  acaba se envolvendo, porém com as falhas que acontecem, as duas assumem o controle do corpo em momentos diferentes, mas o problema não para por aí, Callie percebe que está envolvida em uma enrascada graças a Helena que havia alugado seu corpo já com um propósito,  e acaba descobrindo também que o Velho, dono da Prime tem objetivos que vão muito além do que é realizado atualmente, e juntamente com Helena, Callie terá que impedir que o pior aconteça e ajudará muitas pessoas com tal ato.

Eu esperava muito do livro, e não é que ainda superou minhas expectativas ? Vale muito a pena ler e além da capa e do enredo maravilhosos, ainda vem de bônus o "gostinho de quero mais" que será saciado com o livro Enders, a continuação da obra, quem aí está ansioso(a) ? o/


História:
Capa:

Novidades e Lançamentos de Janeiro

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013


Sessão de novidades váriadas. Literatura, internet, filmes, etc. Fique por dentro!
Não deixe de ler as outras postagens da coluna. Clique aqui!





Olá pessoal, um novo ano começou, trazendo com ele muitos livros novos, tem combinação melhor ?
Confira a baixo alguns dos lançamentos deste mês e os que ainda estão por vir !

Lançamento do dia:

Sinopse: “Grandes Esperanças” é, sobretudo, um romance de redenção e perdão de seus protagonistas: Narra a história de Philip Pirrip, ou simplesmente Pip, órfão criado pela irmã EM um ambiente de pobreza, Pip vive na casa de sua irmã mais velha, casada com um ferreiro do vilarejo. São pobres, mas não miseráveis, porém, o que aflige Pip, e seu cunhado e único amigo Joe Gargery, é a truculência com que são tratados por Mrs. Joe, que inferniza a vida de todos que a cercam. Aos seis anos, PIP comete um crime: ajudar Abel Magwitch, um fugitivo da prisão, a escapar da polícia nas charnecas inglesas, fato que marcaria profundamente seu futuro. Por intermédio do tio de seu cunhado, Mr. Pumblechook, Pip consegue um emprego na mansão de Miss Havisham como garoto de companhia; lá, conhece Estella, filha adotiva de Miss Havisham, seu advogado Mr. Jaggers, Herbert Pocket e outros parentes da solitária e amargurada senhorita.Comprar

Sinopse: Pat Peoples, um ex-professor na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele "lugar ruim", Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um "tempo separados".Tentando recompor o quebra-cabeça de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com o pai se recusando a falar com ele, a esposa negando-se a aceitar revê-lo e os amigos evitando comentar o que aconteceu antes de sua internação, Pat, agora viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida.Compre aqui. Comprar
O jovem britânico Jono Lancaster nasceu com a síndrome de Treacher Collins, uma doença rara que afeta o desenvolvimento dos ossos da face enquanto o bebê ainda está no útero. Por conta do desfiguramento do rosto, ele sofreu de depressão durante a infância e a adolescência; se isolava em casa e chegava a cortar o próprio cabelo para não ter que se olhar no espelho em um local público.
A vida de Jono começou a mudar quando recebeu uma oferta para trabalhar em um bar. O novo emprego deu ao jovem confiança para marcar encontros com garotas e arrumar um novo trabalho, em uma academia de ginástica. Foi onde conheceu Laura Richardson, sua atual namorada. Para difundir a mensagem sobre a importância da aceitação, ele conta sua história de superação nos documentários da BBC “Love Me, Love My Face” e “So What If My Baby Is Born Like Me?”.


Baseado em uma história real, o filme Marcas do destino (Mask, 1985) trata do drama de um menino que, assim como Jono Lancaster, teve o rosto deformado por uma grave doença. Com a ajuda de sua mãe, interpretada pela cantora e atriz Cher, Rocky Dennis enfrenta a dor, a solidão e os preconceitos para emergir como um admirável jovem que se torna uma inspiração para seus colegas e professores. É esse o desafio que August Pullman, protagonista do livro Extraordinário, enfrenta quando passa a frequentar a escola pela primeira vez: convencer seus novos colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é apenas um menino igual aos outros. Primeiro lugar da lista de best-sellers do The New York Times, eleito um dos melhores títulos YA de 2012 nos Estados Unidos, o premiado livro de estreia da americana R. J. Palacio traz à tona a luta contra o preconceito ao contar a história de um menino de 10 anos que nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial. 
Narrado da perspectiva de August e também de seus familiares e amigos, com momentos comoventes e outros descontraídos, Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos, família, amigos e comunidade – um impacto forte, comovente e, sem dúvida nenhuma, extraordinariamente positivo. O lançamento está previsto para fevereiro de 2013.
Aí eu pergunto, só eu estou extremamente anciosa por este livro ?

 
Sinopse : Há alguns meses que Philip Blake, o temido e ao mesmo tempo adorado Governador, organizou Woodbury para que a cidade murada fosse um local seguro no qual as pessoas pudessem viver em paz em meio ao apocalipse zumbi. E paz e segurança é tudo que Lilly Caul, que tenta desesperadamente sobreviver a cada dia que nasce, quer. Porém, mal sabe ela que seguir em direção a Woodbury é estar a um passo do perigo. Uma horda de errantes famintos não é nada perto do que se pode encontrar por lá. Comprar




  

Sinopse: Diagnosticado com uma doença terminal, Jack passa seus últimos dias se despedindo da esposa Lizzie e de seus três filhos. Inesperadamente, uma nova tragédia se abate sobre a família: Lizzie sofre um acidente de carro e morre. Com isso, as crianças são obrigadas a morar com outros parentes. Quando tudo parecia perdido, Jack se cura e reencontra seus filhos. Num verão inesquecível, ele luta para reconstruir a família e reaprende a amar. Comprar 


   


  


Sinopse: Tamara Goodwin sempre teve tudo o que quis e nunca precisou pensar no amanhã. Contudo, de repente, seu mundo vira de cabeça para baixo e ela precisa trocar sua confortávelvida da metrópole por uma cidadezinha do interior. Assim, Tamara logo se sente solitária e louca para voltar para casa. Então, uma biblioteca itinerante chega ao vilarejo, trazendo junto um misterioso livro de couro trancado com uma fivela dourada e um cadeado. O que Tamara descobre ao longo de suas páginas a deixa surpresa. E tudo começa a mudar das maneiras mais inesperadas possíveis... Será possível mudar o amanhã? Comprar






Sinopse: Nora Sinclair é linda, rica, sedutora e acaba de se tornar viúva pela segunda vez. Mas sua vida é repleta de acontecimentos misteriosos, que levantam a suspeita do FBI. Para se aproximar de Nora, o agente John O’Hara finge ser um corretor de seguros com uma oferta tentadora: um seguro de vida no valor de 1,9 milhão de dólares. O plano funciona, mas à medida que passa a conhecer a viúva, ele começa a se perguntar se está atrás de justiça ou diante de uma paixão avassaladora. Comprar




  
    


Resenha: Um Lugar para Ficar - Deb Caletti

terça-feira, 22 de janeiro de 2013


Nome: Um Lugar para Ficar
Autor: Deb Caletti
Editora: Novo Conceito
Pág. 272
Onde Comprar: Saraiva



Sinopse: O relacionamento de Clara com Christian é intenso desde o começo e diferente de tudo o que ela já havia experimentado. No entanto, o que começa como um grande afeto rapidamente se transforma em obsessão, e já é muito tarde quando Clara percebe que as coisas foram longe demais e que Christian está disposto a fazer de tudo para ficar ao seu lado. Então, Clara parte da cidade e Christian fica para trás. Ninguém sabe onde ela está, mas, mesmo assim, Clara ainda luta para se livrar do medo. Ela sabe que Christian não vai permitir que ela suma tão facilmente. Não importa para onde ela vá, nunca será longe o bastante.



 



RESENHA POR THAÍS

A história é narrada por Clara, uma jovem de 17 anos, que sempre fora amável e alegre, porém ao fazer uma escolha errada - ou pelo destino, depende do que você acredita - teve mudanças significativas em sua vida, isso aconteceu quando a garota recusou o convite de uma de suas amigas que foi a um show, para ir para um jogo de basquete onde conheceu Christian, um daqueles típicos garotos dos sonhos sabe, com quem começou a sair, e rapidamente a começar a se apaixonar.

" Uma pessoa dá certos sinais, se apegar rápido demais, se carente, não saber ouvir um "não", ser siumento, cercando você e sua liberdade. Entretanto, às vezes, os sinais são tão pequenos que passam despercebidos. Algumas vezes, eles passam rapidamente, parecem ser sintoma de cuidados, algo que merece aplauso. O ciúme de alguém faz você se sentir bem. Especial. Mas nem tudo é sobre você. É sobre uma mão que está pronta a lhe aprisionar. É sobre a carência deles, sufocando a sua garganta"

E não demorou muito tempo para começarem a namorar, era um relacionamento muito intenso, no início do namordo Christian era tudo o que ela sempre quis, muito atencioso, carinhoso, e claro, estava completamente apaixonado por ela. Tudo parecia perfeito até que o ciúmes entrou neste romance, algo extremamente saudável e comum - quando moderado -, e era exatamente assim que Clara encarava todos os primeiros sinais que ele dava, ela acabou mudando sua personalidade e se isolando para evitar as crises de ciúmes do namorado, sem saber que em um futuro não tão distante esse ciúme juntamente com a insegurança dele, traria a tona o seu perfil psicótico, acabando assim com as características apaixonantes do rapaz que ela conhecera, e fazendo com que parecesse ser tarde demais para por um ponto final nesta relação.

" Você vive momentos banais, mais momentos banais e ainda mais, e então, de repente, algo monumental acontece na sua frente. Você vê o passado e o futuro se colidindo com o presente, seu próprio e pessoal Big Bang, e nada mais será igual a partir dali."

No presente a garota acaba tendo de se mudar com seu pai Bobby, para uma cidade tranquila a beira mar  afim de se manter distante de todos - principalmente de Christian - , onde tenta reconstruir sua vida a partir da estaca zero, e apesar do medo e das lembranças que insistem em a assombrar, Clara encontra um emprego temporário, e nesta mesma cidade acaba conhecendo o encantador Finn, um jovem que trabalhava com passeios turísticos no barco de sua família, muito gentil, educado, atencioso, e bem tranquilo (o oposto de seu ex), que é quem acaba concedendo todo o apoio que Clara necessita e acaba sendo o responsável por grandes mudanças positivas na vida da garota, principalmente em relação ao amor.

Sabendo de Finn, e todas as suas qualidades e que ele fará tão bem para personagem, é até possível desejar  um final feliz neste exato momento não é ? Porém ainda estão por vir grandes reviravoltas, como:  O que Christian fez para que Clara tenha fugido dele? Teriam Clara e seu pai encontrado um lugar para ficar, seguro, e livre de todos os fantasmas do passado? O que aconteceu com Christian? O que ainda pode acontecer com Clara? Vale a pena conferir.

O livro é narrado em primeira pessoa, muito bem escrito e vai sendo alternado entre presente e passado, o que faz com que a história se torne em certos momentos bem cansativa. Apesar de estar longe de entrar para a lista dos meus favoritos, não posso dizer que detestei, pois acho que o assunto abordado é bem interessante, por ser algo que acontece diariamente, e infelizmente todos estão sujeitos a passar por isto.

História:
 Capa:

Resenha: Como Partir O Coração De Um Dragão - Cressida Cowell

domingo, 13 de janeiro de 2013


Nome: Como Partir O Coração De Um Dragão
Autor: Cressida Cowell
Editora: Intrínseca
Pág.  320
Onde Comprar: Saraiva




Sinopse: E a história continua... Será que Soluço vai conseguir completar a Tarefa Impossível, derrotar os Berserks, salvar Perna-de-Peixe de virar comida de monstro E, ainda por cima, descobrir o segredo do Trono Perdido? Bem... é pra isso que servem os heróis não é?"










RESENHA POR LETÍCIA

Após assistir o filme “Como Treinar o Seu Dragão”, fiquei apaixonada pelo filme e resolvi procurar se ele era baseado em algum livro! Quando achei a série, surtei, precisava dos livros! Contei para a minha amiga linda, Thaís, e no dia do meu aniversário olha o que ganho: o último volume que foi lançado da série! Que ao ler entendi o porquê de fazerem um filme baseado na série, o livro é MUITO bom! Chega de elogios e vamos à resenha! 

Soluço Spantosicus Strondus III, é o único viking magricela, pequeno e que não leva jeito nenhum para viking, que se torna um herói. Essa aventura começa quando a filha de uma ladra do pântano se perde em uma tempestade e a tribo dos Hooligans é chamada para ajudar na busca. 

Ao fim do primeiro dia, os vikings encontram-se sem lugar para armar um bom acampamento e acabam acampando na Ilha dos Berserks, onde seu chefe, Oso, o Criminoso Feioso tenta descobrir de quem é a carta amorosa que sua filha, Pirracenta Fei Osona, recebeu, o que é uma ofensa para os vikings, que pode até acabar em morte. 

Soluço descobre que quem escreveu a carta foi Perna-de-Peixe e para salvá-lo, assume a culpa. E qual era o castigo? Será que Soluço conseguirá completar a tarefa impossível? 

Soluço encontra na ilha: Alvin, o Traiçoeiro, seu arqui-inimigo, e sua mãe, que consegue ser mais louca e vingativa que o filho, encontra heróis que há muito haviam sido dados por mortos, descobre a história de seus antepassados e ao descobrir qual é o monstro da ilha de Berserk, traz um destino terrível para todo o mundo viking. Qual será esse destino? O que é esse monstro TÃO antigo que os Berserks haviam aprisionado há tanto tempo? E as aventuras não param por aí! 

O livro, apresar de ser voltado ao publico juvenil, encanta também os leitores adultos, por seu ritmo envolvente e aventuras de tirar o fôlego e suas ilustrações trazem mais humor à história e ajudam o leitor a criar o cenário em suas mentes. 

Pra quem não conhece, abaixo coloquei uma lista com todos os volumes da série. 


Série Como Treinar o Seu Dragão

1 - Como Treinar o Seu Dragão

2- Como ser um Pirata

3- Como falar Dragonês

4- Como Quebrar a Maldição de um Dragão

5- Como Mudar Uma História De Dragão

6- Guia do Herói para Vencer Dragões Mortais

7- Como Navegar em uma Tempestade de Dragão

8- Como Partir o Coração de um Dragão

E tem ainda o título " Como Treinar o Seu Viking", que não entra na contagem de volumes, pois quem escreve é Banguela, o dragão de Soluço, narrando a época em que ele era apenas um menino.


  História :
Capa:

Resenha: O Céu Está em Tudo Lugar - Jandy Nelson

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013


Nome: O Céu Está em Todo Lugar
Autor: Jandy Nelson
Editora: Novo Conceito
Pág. 423
Onde Comprar: Saraiva




Sinopse: "Às 16h48 de uma sexta-feira de abril, minha irmã estava ensaiando para o papel de Julieta e, menos de um minuto depois, estava morta. Para minha surpresa, o tempo não parou com o coração dela. As pessoas continuaram indo à escola, ao trabalho, a restaurantes; continuaram quebrando bolachas salgadas em suas sopas, preocupando-se com as provas, cantando nos carros com as janelas abertas. Por vários dias, a chuva martelou o telhado da nossa casa - uma prova do terrível erro cometido por Deus. Todas as manhãs, quando me levantava, ouvia as incessantes batidas, olhava pela janela para a tristeza lá fora e me sentia aliviada, pois pelo menos o sol tivera a decência de ficar bem longe de nós."






RESENHA POR THAÍS

" Como vou sobreviver a esta saudade ? Como os outros fazem ? As pessoas morrem o tempo todo. Todo dia. Toda hora. Há famílias no mundo olhando para camas em que ninguém mais dorme, para sapatos que não são mais usados. Famílias que não precisam mais comprar um tipo específico de cereal, de xampu. Há pessoas passeando com cachorros, enquanto, por dentro, com o coração despedaçado. Durante anos. A vida toda. Não acredito que o tempo cura. Não quero. Se curar, não significa que aceitei o mundo sem ela."

Apesar de ser uma das únicas certezas que temos nesta vida, a morte é traiçoeira, muitas vezes chega silenciosa, e em um piscar de olhos devasta tudo o que há na vida de quem ficou, sem deixar qualquer vestígio de felicidade, ainda mais quando a vida que é tirada é interrompida repentinamente. Aliás, é neste ponto que se encaixa Bailey, dezenove anos, uma garota cheia de vida, comunicativa, radiante e muito bonita, que morreu de aritmia, durante um ensaio para a peça Romeu e Julieta, deixando Lennie sua irmã mais nova, uma adolescente de dezessete anos que sempre viveu ofuscada pelo de Bailey - por ser o oposto da irmã -, apaixonada por música, pela arte, e pela leitura - prova disso é o fato dela ter lido vinte e três vezes o livro O Morro dos Ventos Uivantes - ; Sua avó e seu tio Big, que foram os responsáveis pela criação de ambas, pois mãe das garotas, uma hippie, havia deixado a família a dezesseis anos.



" A tristeza é uma casa, em que as cadeiras, se esqueceram de como nos segurar, os espelhos de como nos refletir, as paredes de como nos conter. A tristeza é uma casa que desaparece cada vez que alguém bate à porta, uma casa que se vai com o vento, à menor rajada, que se enterra no solo enquanto todos estão dormindo. A tristeza é uma casa em que ninguém pode proteger você, em que a irmã caçula vai envelhecer mais que a mais velha, em que as portas não deixão mais você entrar, nem sair. (Encontrado debaixo de uma pedra, no jardim da vovó)"


A família vive o doloroso processo de luto, porém quatro dolorosas semanas após a morte da irmã, Lennie volta para escola e se dá conta que diferente de sua percepção, tudo continua da mesma forma, a vida de ninguém parou por causa da morte de Bailey. Porém, neste mesmo dia, Lennie conhece Joe, um menino que entrara na escola - e para a banda onde Lennie toca - durante sua ausência, um garoto bonito e atraente, que ao se aproximar de Lennie tem - diferente da maioria dos outros alunos que ficam lamentando pelo ocorrido - um enorme sorriso estampado em seu rosto.

" Você pode contar a sua história da maldita maneira que quiser. É o seu solo"

A garota passa grande parte do seu tempo em sua casa, no quarto que dividia com a imã, onde a sente mais viva, devido a todas as lembranças ali presentes. E para aliviar com sua dor, durante o processo mesmo sem aceitar a morte, está reaprendendo a viver sem sua irmã,  Lennie começa a escrever seus sentimentos ou lembranças de sua irmã no que encontra, como pedaços de papel, copos, papéis de bala (...) e acaba deixando estes pequenos desabafos  "escondidos" nos locais onde os escreveu.

" Quando estou com ele, há alguém comigo em minha casa de tristeza, alguém que conhece sua estrutura como eu, que pode caminhar comigo, pesaroso, de cômodo em cômodo, fazendo com que toda a estrutura, sinuosa de vento e de vazio não seja tão assustadora, tão solitária como antes. (Encontrado em um galho de árvore, do lado de fora do Clover High)"

Toby, que era o namorado de Bailey volta a entrar na vida da família por perto deles se sentir mais proximo da namorada. A proximidade acaba sendo ainda maior entre Lennie e Toby, pois a garota percebe que talvez ele seja o único que esteja sofrendo a morte de sua irmã da mesma forma, e então, só ele poderia a compreender, compreender a sua dor.

 " Não sabia que o amor era assim, como se nos transformasse em brilho."

Quando Lennie está com Joe ela se sente viva, pois o garoto faz de tudo para ajudá-la, principalmente incentivando ela em relação a música, e com isso, os dois acabam criando uma linda relação, e Joe acaba se apaixonando por Lennie.

" (...) Diz meu nome e a sua voz é tão rouca e hipnótica que me faz levantar, arrastando-me por quilômetros de vergonha e culpa. Não quero ir pra perto dele, mas ao mesmo tempo quero. Não faço idéia do que fazer, mas atravesso o quarto, distanciando-me um pouco da tequila e indo para perto dele, ele pea a minha mão e puxa delicadamente.
- Só quero ficar perto de você - sussurra. - É o único momento em que não morro pela falta que ela me faz.
- Eu também - digo, deslizando os dedos pelas sardas em sua face. As lágrimas começam a correr em seu rosto e no meu também.Sento-me ao lado dele e então nos deitamos na cama de Bailey, abraçados."
 
Porém, quanto mais próximos estão Toby e Lennie, mais sentem a presença de Bailey, e apartir disto eles acabam se envolvendo de uma forma que acaba saindo do controle de Lennie, o que faz com que a garota se culpe por estar traindo sua irmã.

Dividida entre dois amores em um momento delicado de sua vida, Lennie se vê completamente perdida. Será que Lennie preferirá estar ao lado de Toby e assim se sentir perto de sua irmã mesmo que a culpa a atormente incessantemente ? Ou ficaria com Joe, que tanto lhe faz bem ? Como será a continuação desta história ? Confira !

" Eu deveria estar de luto, não me apaixonando ..."

Antes de mais nada devo deixar claro que me apaixonei de uma forma inexplicável pelo livro, não só pela história, pelo livro em si, a cor do texto que faz com que a leitura não seja cansativa para os olhos, a capa que pela simplicidade se tornou algo completamente bonito, os poemas escritos de formas tão surpreendentes, os personagens, a história tão bem escrita... poderia ficar elogiando por parágrafos e parágrafos que ainda assim, não seria suficiente. O Céu Está em Todo Lugar é uma daquelas obras que causam uma ressaca literária sabe ? Depois que você termina de ler, fica meio perdido, sem saber o que fazer, sem conseguir ler outros livros por achar que nenhum será tão bom quanto este, ai ai, leva um certo tempo, mas você se cura, fique tranquilo(a).

Meu livro está recheado de post-it, pois muitas partes mecheram comigo, então seria impossível colocar todas as frases neste post, a não ser que eu ocupasse a primeira página inteira.

Eu me emocionei principalmente com o tamanho do amor entre as irmãs, principalmente quando há algo tão doloroso como a morte entre esta relação. Aliás a autora conseguiu fazer com que não fosse uma obra apenas triste, sombria, mas muito bem humorada, e cheia de lições que devem ser absorvida, e a principal é que devemos viver o hoje como se não houvesse amanhã pois nunca sabemos o que pode nos acontecer, o que foi o caso de Lennie que acabou ficando com todas as palavras que não disse para sua irmã em vida, guardadas consigo, e grande parte destas palavras se transformaram em culpa.

Não vou falar muito sobre o restante da história pois vou me empolgar e contar tudo - me conheço - e não quero que isto aconteça pois vocês precisam ler este livro, e dizer se gostaram tanto quanto eu. Só digo que muitas coisas ainda estão por vir, o desenrolar de história ainda reserva muitas surptresas, e o desfecho é ... emocionante.
Comprei o meu quando fiz este post pra vocês e aproveitem que ainda está pelo mesmo valor.
Desculpem pelo tamanho da resenha, mas fiz com muito carinho pra vocês ainda mais por ser o primeiro - de muitos - post de 2013 !


História:
Capa:

Por Dentro


© Fundo Falso - 2016. Todos os direitos reservados | não responsivo, melhor visualizado no Google Chrome.
Design e programação por Andréa Bistafa | Ilustração original de Marciano Palácio | Tema base: Blogger | Versão 4.0 | Blog no ar desde 11.01.2011.